sábado, 31 de outubro de 2009

O Presidente norte-americano



Barack Obama, anunciou sexta-feira o fim da proibição para os doentes de sida de viajarem para os Estados Unidos, veto que permanecia em vigor desde 1987 (há 22 anos)!DAQUI

Só posso bater palmas e dar os parabéns a este Presidente da Esperança Mundial!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Gosto de Publicidade...

e por vezes dou asas à imaginação e sonho, ah como é bom sonhar e sorrir!

Ora vejam

ficaria com o carro e dispensaria o recheio ...


ficaria com o recheio e dispensaria o carro

domingo, 25 de outubro de 2009

MUDANÇA DA HORA






















Nesta madrugada os relógios atrasam uma hora às 02:00 em Portugal continental, entrando-se na chamada Hora de Inverno, proporcionando mais uma hora de sono ou de trabalho, conforme o caso.

sábado, 24 de outubro de 2009

Palavras para a Minha Mãe

















mãe, tenho pena. esperei sempre que entendesses
as palavras que nunca disse e os gestos que nunca fiz.
sei hoje que apenas esperei, mãe, e esperar não é suficiente.

pelas palavras que nunca disse, pelos gestos que me pediste
tanto e eu nunca fui capaz de fazer, quero pedir-te
desculpa, mãe, e sei que pedir desculpa não é suficiente.

às vezes, quero dizer-te tantas coisas que não consigo,
a fotografia em que estou ao teu colo é a fotografia
mais bonita que tenho, gosto de quando estás feliz.

lê isto: mãe, amo-te.

eu sei e tu sabes que poderei sempre fingir que não
escrevi estas palavras, sim, mãe, hei-de fingir que
não escrevi estas palavras, e tu hás-de fingir que não
as leste, somos assim, mãe, mas eu sei e tu sabes.

José Luís Peixoto, in "A Casa, a Escuridão"

Parabéns minha Mãe e hoje recebe 80 beijos, beijos meus que sabes como são! Logo à tarde, "os mesmos de sempre, de sempre? não, há mais um rebento o teu bisneto" estaremos à tua volta.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Se somos...














Porque não temos esta postura com os nossos familiares, amigos e até desconhecidos?

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Passos...














A vida é pautada por pequenos passos, por vezes titubeantes, outros mais decididos, outros marcados pelo peso de preocupações, doenças, suportáveis e por vezes tão insuportáveis.
A história de cada um de nós é feita por passos que damos e quem teve a feliz sorte de chegar "mais além", olha para a sua e interroga-se: O que já passei e como foi possível ultrapassar isto e aquilo?
Se fosse hoje não conseguiria.
Mas conseguem porque o mal é esbarrar em vez de saltar ou contornar, na parede desmotivadora que teimosamente que nos querem impor.
Mas conseguem se mudarem o discurso de "que neste país é tudo mau" e mesmo perante uma doença que poderá atingir qualquer um de nós, penso muitas vezes, apesar dos pesares, quem dera que muitos tivessem o nosso Serviço Nacional de Saúde!
Mas conseguem se deixarmos o cinzento e pegarmos numa cor mais alegre e com ela dar brilho ao nosso "eu" e assim também ajudarmos os outros!
Mas conseguem se aprenderem que a vida é pautada por pequenos passos.
Vamos?

domingo, 18 de outubro de 2009

Até mudarem sem nada dizerem como é hábito





a nova temporada começou ontem e continuará aos sábados na RTP1 às 21,15h.

Anatomia de Grey

















A nova temporada estreia dia 20 de Fevereiro, às 22,45h na RTP2.

sábado, 17 de outubro de 2009

Atentos...












Todos os dias temos "segundos de felicidade" basta que os valorizemos para deixar o ar cabisbaixo dando à vida um sentido mais alegre!

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Hoje convidei uns amigos

para passarem a tarde comigo. Já fiz um pão-de-ló, uns salgadinhos, apanhei uns cajús, goiabas e mangas e pus mais umas tangas. Ora a jarra já tem umas flores do campo e tenho a cubata limpa com o chão de areia todo direitinho. Mas faltam as bebidas mas se tiverem sede, bebem água de côco ou vão ali à nascente do ribeiro. Também limpei o pó aos meus dois quadros e respectivos rodapés, saboreando cada palavra que escrevi em tempos:












Procuras-me sempre quando estou triste, toma um beijinho mas não abuses, seu convencido!

















Hoje já bebi leite a mais, vou guardar este para o meu amigo que sei que não tem nada!

Com tudo pronto fui-me sentar à sombra do velho cajueiro que acalmou a minha ansiedade, porque raramente recebo visitas. Será que vão gostar do lanche? e que dirão da toalha tão velhinha? E os quadros serão pirosos?
Através das folhas o vento sussurrava baixinho: não ligues ao exterior e preocupa-te sim com os "gestos" vindo do teu interior.

Foram chegando um a um. Vinham alegres como eu previa e como não sou de cerimónias fizemos um ataque cerrado aos salgadinhos, pão-de-ló e outros "ós"!

Todos olhavam para os meus quadros e disseram coisas tão belas que enquanto saboreava uma "maria mole e um pé de moleque" vindo do lá de lá do oceano, registei o que disseram entre diálogos e pensamentos em voz alta,"num mundo de cabos que por vezes dá-nos cabo dos cabos":

O meu neto intemporal...Bó Chefe não conhecia estas fotos e que "cumplicidade" e este do biberon fez-me lembrar "um primeiro passo para a independência".

A Odele com os dedos sobre a boca no seu ar tão doce, sussurrou que "ternura, amor e encantamento", mas tens que me emprestar "para eu pôr à frente de pessoas duras para amolecer os seus corações." Empresto sim senhora, mas posso ir contigo para dar no duro até amolecer?

A Kao mais caladinha e sucinta afirmou com a cabeça "Ternura e Aconchego" e quem a ouviu sentiu as suas palavras.

O Observador e o Vicktor, ambos no seu observar e pensar acutilante falavam enquanto assavam uns chouriços e farinheiras que trouxeram: que "ternura e, de certa forma, um regresso ao passado, embora longínquo"!
Sim, sim "a ternura natural nas crianças pelos seus semelhantes e pelos animais, mas que infelizmente a máquina trituradora que é a sociedade actual vai destruindo essa naturalidade", caso contrário "teriamos um mundo mais valioso".

A Wind, que diz ser "poupadinha nas palavras" igualmente linda como todos os meus convidados, também achou uma "Ternura e Fofura".

À minha frente a avogi "com uma lágrima no canto do olho", relembrou "a época em que os seus filhos eram pequenos" e bateu forte "a saudade de voltar ao "seu rural" onde "a filha" já lhe deu 3 netos, o mais novo com apenas 1 mês" mas que "todos convivem com os seus 4 cães". "Saudade...saudade".

Para aliviar um pouco a "saudade", a Vi Leardi exclama sambando "pungente inocência...helás, o que mais perdemos" e juntando-se a sideny no seu gargalhar fantástico confirma em alta voz... "Ternura, amor, Que saudade".

O Peciscas chegou um pouquinho atrasado, mas todos guardámos um pouco do pouco que ficou. O seu cumprimento "bateu cá no fundo" porque num abraço sincero disse:
"Linda a festa. Lindas as tuas palavras. Linda essa gente que tiveste á tua volta.
E muita mais gente aí poderia ter estado.Pois tens por aqui muita gente que te ama.
Mais do que os salgadinhos , o pão-de-ló e os outros ós, o que vale mais ainda é essa tua encantadora personalidade."

Juntou-se à malta e ali ficámos horas a fio e alguém pegou numa viola dando uns acordes ao estilo de Santana...

"Maria...Maria"...e a cubata abanou toda!

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

DESAFIO


















que proponho a ti que me lês: o que sentes quando olhas para estas fotos?

Mediante as respostas depois farei dois posts.

Aceitas?

sábado, 10 de outubro de 2009

Gatos...














Este era o nosso Pompom que morreu com 20 anos. O veterinário disse que era extremamente "felino e que iria ser grande e forte" e foi de facto.
O homem não domina os gatos, somos nós que temos de nos adaptar e respeitá-los como "felinos".
O seu miado era tão diferente de todos os que ouvia!
Foram imensas histórias que ficaram para recordar e talvez a mais relevante é que mordia (explicável na gaveta que encerrei de vez)todo o "homem" que se abeirasse de mim, desde o meu pai, os genros até ao desgraçado que veio arranjar a máquina de lavar, etc.
Tinha que o fechar na marquise, mas "ah deixe-o à solta..." e de tão felino que era...aparecia do nada e zás!
Tinha 3 meses quando as minhas filhas apareceram com ele. Foi sempre saudável e tratado como mais um elemento da família onde nada lhe faltou.Mas também foi uma prisão para mim, daí tantos animais serem abandonados como são!

Se tivesse sido um cão, iriam de volta com ele, porque um cão é bem diferente de um gato, embora respeite quem tenha cães em apartamentos!

Perguntam-me frequentemente se não quero outro e a minha resposta é e será sempre: NÃO.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Prémio Nobel da Paz - 2009










Segundo o Comité do Nobel, Obama recebeu o prémio «pelos seus extraordinários esforços de reforço da diplomacia internacional e cooperação entre povos».

«Só raramente uma pessoa consegue, como fez Obama, capturar a atenção de todo o mundo e dar ao seu povo esperança para um futuro melhor», disse o Comité no seu anúncio.

«A sua diplomacia é fundada no conceito de que os que lideram o mundo devem fazê-lo com base nos valores partilhados pela maioria da população mundial».

O Comité afirmou ainda que atribui especial importância ao esforço de Obama em trabalhar por um mundo sem armas nucleares.

«Obama criou, enquanto presidente, um novo clima na política internacional. A diplomacia multilateral recuperou uma posição de destaque, com ênfase no papel das Nações Unidas e de outras entidades internacionais». (Fonte SOL)

Não poderia estar mais de acordo e contra tudo e contra todos, até dos mais conservadores foi UM JUSTO VENCEDOR.

Parabéns Obama e continua a trilhar o caminho que te propuseste e Maisnada!!!!!

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

***














"Devemos aceitar a decepção finita, mas nunca perder a esperança infinita."
Martin Luther King, Jr.

"Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se de que um amador solitário construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais o Titanic."
Luís Fernando Verissímo

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

A vida ou a saúde perfeita de um filho.*

Odele uma vez mais fez este POST digno de ser lido.



Como leio os comentários, resolvi transpor para aqui o do meu/nosso MESTRE António Peciscas:

"Como a querida amiga Fatyly (oh,até corei com essa do Mestre!) já referiu, já passámos das 40 mil (40 046 neste momento).
Mas hoje, que aqui recordas esse momento grande da nossa luta que foi a Blogagem Colectiva de 15 de Setembro (2008), eu quero deixar aqui um desabafo.

Eu preferia, um milhão de vezes não ter feito esse vídeo.
Eu desejaria nem sequer ter conhecido esse sorriso encantador da Flavia.
Teria sido melhor não ter sabido da existência dessa mulher enorme que é a Odele.
Já que eu fiz o vídeo porque conheci a Flavia e a Odele.
E conheci-as por causa do absurdo e criminoso acidente que todos conhecemos.
Sabendo o que sei hoje, teria perdido a oportunidade de trazer para a minha vida gente bonita, que a coloriu de afectos.
Mas, algures, bem distante daqui, continuaria a brilhar um sorriso gaiato, continuariam a florescer os sonhos de uma jovem de longos e sedosos cabelos, quem sabe se trilhando uma carreira de artista musical.
Como eu gostaria de não ter sido "obrigado" a fazer esse vídeo|

Segunda-feira, Outubro 05, 2009"

São pessoas como vós que me fazem enriquecer como ser humano! Bem hajam e obrigado eu pelas vossas lições de VIDA e postura neste mundo de cabos!!!!

* título - última frase do post de Odele

Decidido...


















Eu vou sempre em frente e ninguém me demoverá do que ACREDITO e do meu SORRISO!

domingo, 4 de outubro de 2009

BOM DOMINGO













Hoje estarei em Fátima, "ao colo" da MR que me amparou mal nasci. Curtida pelo tempo fica tão feliz quando vê um dos seus meninos e até aceitou vir almoçar.

Acreditem ou não, levo todos no meu coração e todos serão incluídos nas minhas "conversetas naquele Santuário onde sinto tanta paz"!

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Tudo tem o seu tempo...













Quem não tem problemas?
Mais fragilizados ou sensíveis quantas vezes ouvimos uma palavra ou fazemos um gesto na hora errada?
Quantos reconhecem o erro e são incapazes de proferir um pedido de desculpa?
Cada um de nós tem o seu mundo e nesse emaranho de sentimentos saibamos distinguir as ilhas, respeitar a zona costeira e esperar pela maré mansa, já que tudo tem o seu tempo...

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Do que me fui lembrar...

















Quando me deparei com estas fotos rebobinei o passado até ao meu grupo, grupo que "pintava a manta".

A primeira: num pontão, seria o vencedor quem viesse a correr e saltasse por cima de todos até à água. Começavam por três deitados que aumentava até seis conforme o salto fosse bem sucedido. Ora saltar 3 não é o mesmo que saltar 6, mas havia quem conseguisse e eu lembro-me que única vez que consegui o desgraçado que estava na ponta esticou o braço e ia dando mau resultado. Quando saí da água, já que éramos todos por um e um por todos, o pobre levou umas berlaitadas que ainda hoje se deve lembrar.

A segunda: nunca no areal seco, mas no molhado os famosos desafios da bola, bolas sempre improvisadas por nós porque não havia dinheiro para mais. Balizas feitas de cocos que por vezes se confundiam com a bola e podem deduzir "os estragos nos pés", mas qual quê...bola p'ra frente e toca a brincar.