sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Hoje apetecia-me...



















Posso?














e porque a VIDA é feita de NADAS, vamos a banhos de espuma positiva!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

VIROSE - fruto da época!

Surgiu uma virose da época nos garotos com duração de 24/48h - dores de barriga, várias vezes na casa de banho (período que pode ser transmissível) e uma semana após pode surgir nas crianças mais debilitadas, dores nas articulações começando pelos pés e uma leve conjuntivite, mas sem febre alguma. Tem um nome pomposo: Artrite reactiva (ao desgraçado vírus).

As minhas netas foram brindadas. A mais velha felizmente ficou bem, mas a "magrela" como se não bastasse a operação a que foi sujeita,(a tal debilidade mais que normal por ter sido há tão pouco tempo) teve brinde a dobrar "as dores nas articulações" com direito a incharem e consequente mal estar do caneco.

Foram no sábado às urgências preocupados com o inchaço a nível dos joelhos, na articulação de um dos braços e conjuntivite. Vista, revista e com análises à mistura, confirmaram a virose. Mandaram lá ir hoje à pediatra ver a evolução e UFAAAAAAA está quase debelada. Irá tomar algo que não fixei e sobretudo um reforço vitamínico.

Pode brincar, passear mas uma semana longe do rebuliço da escolinha, só lhe fará bem e para que servem as avós? Tal e qual...amanhã vou entrar ao serviço!

APRE e porque já chega de pedragulhos no meu caminho, a partir de hoje quero e exijo

domingo, 24 de outubro de 2010

PARABÉNS MINHA MÃE

















Numa vida já com vários patamares, hoje completas 81 anos. Adoro-te minha mãe e tu sabes bem disso.

O ano passado não quiseste ninguém e "os de sempre" apareceram "com tudo" sem dares por isso e ficaste comovida com a surpresa.

Esta ano tinhas tudo planeado teres a mesa posta e a casa cheia, mas a vida pregou-nos a partida com o teu genro que ainda está hospitalizado mas já quase bom e com a ida de ontem da tua bisneta (minha neta) novamente às urgências hospitalares.

Eu sei mãe, não houve tempo nem disposição para nada, mas fiquei triste, muito triste.

Mas hoje depois de ter ido a casa da filhota e ver a gaiata, fui ter contigo e dei-te aquele abraço em nome de todos e todos tiveram o cuidado de falar contigo.

Quando tudo estiver mais calmo o que está quase, havemos de fazer uma almoçarada e desta vez não será adiada.

Beijos minha mãe!

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Oh português quando é que abres os olhos?

Treino para a próxima "mega" manifestação versus festarola da CGTP e UGT, onde uma vez mais todos se irão aproveitar de um dia em beleza esquecendo-se que no final do mês serão menos euros que entram nos bolsos e nas autarquias que irão pagar o transporte até à capital. Também poderão aproveitar para ver e apreciar o enorme estaleiro Lisboeta! Mais, não se esqueçam de devolver as "bikes" que irão ser recolhidas no fim!













O TGV de Sócrates que foi perdendo carruagens num país de "sacanas e ladrões" que nunca foram incriminados e os que foram...continuam a desfrutar da sua vidinha e rendimentos à custa de uma justiça que só funciona para quem rouba tampas de sarjetas ou para quem bem doente tem que ir trabalhar de maca!













O Ministro da Administração Interna Rui Pereira, bastante competente, sempre atento com a diminuição da criminalidade, dispensou o seu "carrão" e optou por este veículo mas precaveu-se não vá ser surpreendido com a sua alucinação e desvario mental!















Portugal irá ter novo rumo, longe dos actuais oportunistas políticos a todos os níveis, mas para isso o povo deverá virar "político ou estar mais dentro da política para que na hora do tira-teimas, saber o que fazer com o boletim de voto!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Leitura que Recomendo

"Morrer é só não ser visto - Inês de Barros Baptista














A morte é a Curva da Estrada

A morte é a curva da estrada,
Morrer é só não ser visto.
Se escuto, eu te oiço a passada
existir como eu existo.

A terra é feita de céu.
A mentira não tem Ninho.
Nunca ninguém se perdeu.
Tudo é verdade e caminho!

Fernando Pessoa


"Num livro corajoso, a jornalista reúne aquilo a que chama 13 histórias de «lutos positivos». O título é retirado de um verso de Fernando Pessoa e Inês de Barros Baptista usa-o para retirar o fatalismo que considera estar associado à morte.

«Sem querer ser pretensiosa», a autora espera que o livro ajude as pessoas a lidarem com a inevitabilidade da morte, dizendo que ela, a morte, não tem de ser necessariamente o fim. Pode mesmo ser o início de outro tipo de «relação», como disse numa conversa desassombrada com a Lux." in Lux.pt
.......................
Falo da morte como falo da vida, aceito a morte como aceito a vida, porque ambas estão ligadas e falar da morte ainda é tabu, porque conscientemente ou inconscientemente julgamo-nos imortais. Já tive imensas percas e faz parte de mim fazer bem, ajudar, conviver em vida e quando partem como eu também um dia partirei, choro, revolto-me naturalmente mas instala-se a paz de que fiz tudo enquanto foram vivos e estejam onde estiverem, para mim uma autêntica incógnita, nunca me incomodaram. Falo deles como se estivessem presentes e sem "filmes fantasiados", por exemplo do meu irmão, do meu pai e dos gémeos com quase 7 meses de gestação que morreram ainda dentro de mim e que me neguei a ver o "horror" em que estavam não tendo feito sequer o funeral, mas sim entregue "aos estudantes de Medicina" (não me recordo o nome exacto da entidade de então). Com este último caso fui severamente criticada por alguns católicos fanáticos a quem mandei comer erva!

Adorei ler este livro por ser uma autêntica reflexão com casos reais e não romanceados. Foi perceber um pouco mais como pessoas tão distintas (ninguém é igual a ninguém) que ficam, lutaram e lutam após a perca de quem lhes é tão querido, torneando o trauma dantesco numa "obrigação" tenho que continuar a viver e não apenas sobreviver, onde todos nós (des)crentes
(porque ninguém está livre de passar pelo mesmo) construímos e acreditamos e ou agarramo-nos a ALGO (a que eu chamo fé) sendo a plataforma de superação e aceitação.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Para pensar mas não desanimar...

A Senhora magrela bem que avisou...mas estava amarrada a outra senhora que é quem manda e no que deu internamente?

















1- Pedantes, birrentos, mentirosos e já cheios de "tanto roubarem", para taparem o "buraco que fizeram" optam pela forma mais fácil e carregam naqueles que tentam fugir, mas não conseguem e não procuram os "verdadeiros evadidos fiscais"














2- Um deles lava laranjas a ver se será o próximo "desgovernado"...














3- Outro encurralado e numa acalmia vergonhosa, engendra como não perder o isco das mordomias do seu status assim como dos seus familiares e amigalhaços enquanto...
















4- Portugal, ironicamente PS...


















(foto recebida por email)

5- Já faço parte do ramalhete dos velhos, mas passei tantas crises e a pior foi uma guerra. Ajudo os meus no que posso e digo e faço "o que tantas vezes disse e fiz": Há que dizer aos filhos um Não explicativo, passear num jardim, à beira mar, deixar o carro em casa,dar uma volta de bicicleta, levar comer de casa, fazer bem as contas antes de... ou seja cortar no que podemos cortar...porque melhores dias virão mas JAMAIS devemos deixar de pintar a vida de Esperança,

domingo, 10 de outubro de 2010

Eureca...para o dia 10 do 10 do 10:)

Já não me lembrava o que o meu avô me ensinou e eis que dei de caras com este video. Tal e qual e com folhas de várias cores vai ser lindo...oh se vai, com nova "forma" de entreter as netas que adoram toda a espécie de animais e estar farta de vários tipos de aviões, barquinhos e armónios!

Há dia o jardim parecia um aeroporto e um porto:)))

sexta-feira, 8 de outubro de 2010