sexta-feira, 24 de junho de 2011

DETESTO VIDROS!











Alguém sabe dizer-me a razão de eu bater com a cabeça nos vidros das portas e por vezes nos de uma montra qualquer?

Depois se diz "empurra" eu "puxo" e se diz "puxe" eu empurro".

ARREEEEE que é por demais!

(foto Google)

Já estive com gelo na testa!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Assunção Esteves eleita Presidente do Parlamento








A deputada do PSD Assunção Esteves foi hoje eleita Presidente da Assembleia da República, tornando-se na primeira mulher a ocupar este cargo.

Ex-juíza do Tribunal Constitucional e ex-eurodeputada, sucede ao socialista Jaime Gama.

PARABÉNS!

domingo, 19 de junho de 2011

terça-feira, 14 de junho de 2011

Sou Dadora há 35 anos e esta notícia é REVOLTANTE

E MOSTRA BEM O DESCALABRO EM GASTOS DESNECESSÁRIOS que todos somados LEVARAM PORTUGAL AO ESTADO DE COMA!!!!!!

Tiro-lhe o meu chapeú Dr. Álvaro Beleza e oxalá que o novo governo oiça as suas "reclamações"!!!

Portugal destrói plasma e compra ao estrangeiro devido a problemas com concurso












O presidente do IPS, Álvaro Beleza, confirmou desta forma a notícia hoje avançada pelo Jornal de Notícias de que "metade do sangue doado vai para o lixo" e que está a marcar este Dia Mundial do Dador de Sangue.

"É Portugal no seu pior", desabafou aos jornalistas Álvaro Beleza, que desde fevereiro dirige o IPS e, desde então, já alertou as autoridades para a situação, segundo disse.

Em causa está a utilização do plasma, componente do sangue que é recolhido anualmente.

Portugal utiliza 400 mil unidades de sangue, das quais 90 mil de plasma para uso direto nos hospitais.

Devido a um problema com o concurso para a inativação e fragmentação do plasma, este é destruído e há dez anos que é assim.

Para Álvaro Beleza, a situação é revoltante e, para já, poderá ser parcialmente resolvida através da utilização dessas 90 mil unidades de plasma pelos hospitais.

No entanto, enquanto a questão concursal não se resolver, as restantes mais de 300 mil unidades de plasma continuarão a ser incineradas e Portugal a pagar 70 milhões de euros na sua aquisição a outros países.

Nas contas de Álvaro Beleza, mesmo que em matéria de plasma Portugal não se torne para já autossuficiente, o aproveitamento do plasma do sangue recolhido poderia gerar poupanças na ordem dos 15 milhões de euros anuais.

O especialista espera que este problema se resolva rapidamente e que o mesmo não abale a confiança dos portugueses, bem como a sua generosidade e vontade em doar sangue.

Para já, avança a campanha "Dador Salvador" que visa incentivar a recolha de sangue o mais cedo possível, de preferência a partir da maioridade.

Para tal, unidades móveis do IPS vão estar nas praias de Monte Gordo, Carcavelos, Quarteira, Póvoa do Varzim e Figueira da Foz.

Nesta campanha, o IPS espera recolher cerca de quatro mil unidades de sangue.

(De: SIC NOTICIAS - 14/06/2011)

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Mudar não custa...o que custa é sabermos mudar!













Quando trabalhava, os advogados(as) tinham nos seus gabinetes algumas plantas que traziam. Na nossa sala também havia e como almoçava lá dentro o que levava de casa, no tempo que restava tratava delas.
Certo dia um dos advogados trouxe uma planta pequenina e quase morta, igual à da foto (do Google), que na minha terra era conhecida pela "a planta dos mudos", coincidente com a atitude de muitos perante o mau feitio que lhe era reconhecido.
Não faço a mínima ideia onde é que ele a arranjou, trouxe terra e um vaso maior e pediu-me o favor se podia tratar dela, testando-me para ver se pagaria da mesma forma como ele nos tratava, né?

Se ele tinha "escola" eu já tinha "universidade" (gargalhadas).

Assim foi, mas disse-lhe: Dr. o senhor sabe que as plantas gostam de alegria, simpatia, respeito e carinho? Eu faço com muito gosto, como faço a todas as outras plantas e flores, mas o senhor tem que mudar um pouco a sua maneira de ser, para bem da pobrezinha e do pessoal que o atura. Faça um esforço e verá que será mais feliz, sorridente e até ela irá sobreviver.

Ainda recordo a gargalhada sarcástica que ele deu, como a dizer: vai, vai!!!

Só sei que a danada arrebitou, rebentou por tudo que era ponta e do vaso passou para um vasão e quando me vim embora deixei-a ficar num tamanho que só visto.

Quem (e na sua ausência era eu que marchava) trabalhava com ele foi notando a sua mudança.

Eu mudei a planta e esta mudou aquele homem. Terá sido? Não sei, sei que aprendi e fiz ao longo da minha vida, que em vez de virarmos as costas ao que nos incomoda ou até a quem se julga que tem o "rei na barriga", tivermos uma postura contrária e verdadeira, ou até traduzido num gesto como este...qualquer cenário poderá tornar-se diferente.

Na minha forma de ver o que me rodeia, um trabalho, os vizinhos, os companheiros(as) de um café, das viagens diárias em transportes públicos, das horas infindáveis nos Centros de Emprego, nos Centro de Saúde, nos Hospitais, num super ou hiper-mercado e até na própria família por vezes de costas voltadas, tudo junto formam a sociedade...a a actual está muito doente, triste e façamos o que pudermos para darmos e dar-lhe a volta, em prol do nosso bem estar e dos outros!

Claro que custa mudar, mas é nesse esforço individual que nos devemos focar para podermos chegar ao colectivo e se possível "conhecer um pouco mais os meandros dos políticos, que são homens e mulheres como nós, com defeitos e qualidades"!

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Vamos Sorrir - 6












Domingo de Sol. Joãozinho e Maria tomam banho de mangueira no quintal, nus. Cansada de ver Joãozinho a brincar com o seu "brinquedo", a Maria diz:
- Joãozinho, também quero mexer no teu brinquedo!
- Nem pensar! Já partiste o teu, agora queres partir o meu?


Zézinho chega a casa e entrega ao pai o recibo da mensalidade escolar.
- Meu Deus! Como é caro estudar nesse colégio.
- E olhe, pai, eu sou o que menos estuda da minha classe!


Numa aula de filosofia:
- Hoje é o dia mundial das boas acções, portanto, o Zézinho , o Pedrinho e o Paulinho, que eram os três "melhores" alunos da turma - vão lá fora praticar uma boa acção, e voltam para contar aos colegas o que fizeram, está bem?
Os miúdos lá foram e passado quase uma hora voltaram.
- Então Paulinho, qual foi a boa acção que praticaste? - Eu ajudei uma velhinha a atravessar a rua!
- Muito bem, e tu Pedrinho? - Eu também ajudei a velhinha a atravessar a rua!
- Ah sim? E tu Zézinho? - Pois ... Eu também ajudei a velhinha a atravessar a rua!
- O quê? Os três!?!? Então e demoraram tanto tempo porquê???
- Não havia meio de o raio da velha TROIKA querer atravessar a rua!...

(recebido por e-mail)

quarta-feira, 8 de junho de 2011

A genuidade das crianças!




(enviado por e-mail)

terça-feira, 7 de junho de 2011

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Não é hora de olhar para o passado...mas sim para o presente!

Ao fim de tantos anos o resultado eleitoral de ontem foi a vergonha das vergonhas, porque todos os partidos perderam e 41% de abstencionistas? O povo refila, geme e abstém-se?

A festarola à vitória do PSD, a meu ver, foi mais pelo derrube do "teimoso socialista" e será que teremos mesmo mudança para melhor? Huuuummm quem tem ideias como tem com algo que adquirimos como o SNS, não vislumbro "nenhum coelho saído de uma cartola"! Tal como comparar uma AD com o actual PSD, mas anda tudo doido?
Se Sá Carneiro fosse vivo e com o feitio que tinha, mandava-os à merda com toda a certeza!

A meu ver TODOS OS PORTUGUESES (incluindo o governo que for eleito) têm agora o enorme fardo de fazer cumprir o que acordaram com a TROIKA para pôr Portugal dentro dos carris, mas há que fazer uma limpeza e desinfestação de PARASITAS A TODOS OS NÍVEIS de cima para baixo e nunca de baixo para cima!

Há que haver DIÁLOGO entre o empregador e empregado. Produzir mais para criação de riqueza e mais emprego, ser-se bom profissional a todos os níveis e sobretudo não se acomodarem aos subsídios estatais. Parar é morrer e vamos em frente!

Hoje ao ver um bocado do telejornal da SIC, andaram a perguntar na vizinhança, e aos curiosos que se plantaram ao pé do prédio onde PPC mora para verem bem de perto, o que sentiam agora ao terem-no como 1º. Ministro? Tristes figurantes ou figurinhas que mostram bem o nível dos portugueses.

Se Passos Coelho morasse aqui, com toda a certeza que me daria bem com ele, como me dou com todos os que tenho sem andar na casa de cada um, excepto num grito de um SOS e a uma pergunta dessas eu só responderia apenas isto: MAIS SEGURANÇA, porque agora teremos polícia à porta!

Não desanimo, não entrarei em manifestações aparvalhadas, apertarei o cinto e jamais me tiram a esperança de um futuro melhor para todos os que ainda não abandonaram o barco.

Vamos-nos unir e lutar sem perder o sorriso, o tino e a vontade de vencer!

sábado, 4 de junho de 2011

quarta-feira, 1 de junho de 2011

DESAFIO Nº.13

Aceitei o desafio da "Avogi e as Pulgas", para dizer 10 coisas que mais gosto através de fotografias, que gosto muito apesar de não ter nenhuma da minha autoria por não ter máquina fotográfica. Gosto de muito mais coisas, ou seja VIVER e NADA MATERIALISTA! Foi difícil, mas aqui vai:

1- De mim e da minha família!








2- Desporto, excepto futebol, halterofilismo, corrida de cavalos e luta livre!













3- Irreverente compulsiva: sentar-me desta forma num banco qualquer e saborear a chuva ou sol, sem chapéu, e observar o comportamento de quem passa ou simplesmente a natureza


















4- Candeeiros em forma de lanterna!


















5- Sonhar e jamais abrir mão dos meus sonhos!















6- Atitude que nasceu e morrerá comigo a todos os níveis!



















7- Andar descalça em casa, no campo e à beira mar em qualquer altura do ano!


















8- da minha Praia Grande em Sintra













9- Da minha terra vermelha que me viu nascer - LUANDA -, passando pelas praias, gentes e frutos!














10 - e do Pai Natal e de toda a ternura que vem de quem veste a sua pele com OPTIMISMO, SORRISO e ACREDITAR!!