quinta-feira, 29 de março de 2012

Poeira do deserto continua a chegar a Portugal

Portugal está a ser afectado por uma nuvem de poeira do deserto, que afecta sobretudo as faixas etárias mais sensíveis, como idosos e crianças, e pessoas com problemas do foro respiratório.

Apesar de curta, a fraca precipitação ocorrida na semana passada deixou um leve exemplo deste fenómeno. Tratou-se de uma "chuva suja", visível nas ruas, carros e um pouco por tudo sobre o que caiu. Amanhã é esperada mais chuva assim.

Garganta seca e olhos lacrimejantes podem ser consequência destas poeiras oriundas do Norte de África que agora pairam sob o território nacional. Embora não seja um fenómeno raro, o período de tempo é geralmente mais curto (dois ou três dias) e os níveis mais baixos.

Estas poeiras, aliadas aos elevados níveis de pólen registados nesta altura, tornam-se uma receita pouco desejada para os grupos de risco, principalmente para pessoas com problemas respiratórios como asma, ou com alergias.

Como forma de se prevenir destas agressões, é aconselhado não se realizem actividades físicas ou esforços intensos ao ar livre.

(Rádio Ocidente)

Será que irão pagar portagens, provocar o agravamento da carga fiscal, dos combustíveis, da água e da electricidade?

Ou irá entupir S. Bento e Belém é que só irem para lá, já é um grande exercício físico e querem ver que ainda terão de ir ao SNS receber oxigénio?

Com isto o actual ministro da Saúde, ou melhor o actual GESTOR da Saúde já deve ter uma explicação sobre o que ocorreu em seis dias, ou será que já deu e eu não ouvi?

Mas para gáudio de todos eles...mais se seguirão e assim serão menos pensões e encargos para o Estado.

Mórbido? Não, apenas realista porque se fosse com familiares deles outra música soaria!!!!

terça-feira, 27 de março de 2012

Vamos sorrir - 16

Esta imagem foi do melhor que já vi nos últimos tempos que diz tudo... mas apesar dos pesares...tive que rir!














(recebida por e-mail)

sexta-feira, 23 de março de 2012

Mudança da Hora
















Este Domingo - 25/03/2012 os relógios vão adiantar 60 minutos, num acerto para a chamada Hora de Verão.
Assim, à 01h00 os ponteiros avançam até às 02h00 em Portugal continental e na Madeira.
Nos Açores a alteração será feita à meia-noite de domingo, passando para a 01:00.

"Segundo o director do OAL, Rui Agostinho esta decisão tem sido sempre aceite e o resultado “é mais positivo do que negativo”.

“Em termos económicos não há grande diferença, mas do ponto de vista da vida das pessoas, em particular nos países mais a norte da Europa, tem sido considerado benéfico".

Por mim acabaria com esta treta! APRE!

quinta-feira, 22 de março de 2012

António Aleixo - sempre actual!











Co'o mundo pouco te importas
Porque julgas ver direito.
Como há-de ver coisas tortas
Quem só vê em seu proveito?

À guerra não ligues meia,
Porque alguns grandes da terra,
Vendo a guerra em terra alheia,
Não querem que acabe a guerra.

Há luta por mil doutrinas.
Se querem que o mundo ande
Façam das mil pequeninas
Uma só doutrina grande.

Tenho fé nas almas puras,
Embora viva enganado;
Não troco esp'ranças futuras
Pelas glórias do passado.

Que importa perder a vida
Em luta contra a traição,
Se a Razão, mesmo vencida,
Não deixa de ser Razão?

Enquanto o homem pensar
Que vale mais que outro homem,
São como os cães a ladrar,
Não deixam comer, nem comem.

Eu não tenho vistas largas,
nem grande sabedoria,
mas dão-me as horas amargas
lições de filosofia.

Foste mordido como eles,
Sofreste, e sem que o recordes,
Agora mordes naqueles
Que sofrem quando lhes mordes.

Há muitos que são alguém...
Mas no mundo onde alguém são,
Nunca seriam ninguém,
Se alguém não lhes desse a mão.

Sei que pareço um ladrão...
Mas há muitos que eu conheço
Que, sem parecer o que são,
São aquilo que eu pareço.

Nada direi, mas, enfim,
Vou ter a grande alegria
De a Arte dizer por mim
Tudo quanto eu vos diria!
















Quantas sedas aí vão,
quantos colarinhos,
são pedacinhos de pão
roubados aos pobrezinhos!

Vós que lá do vosso império
Prometeis um mundo novo,
Calai-vos, que pode o povo
Q'rer um mundo novo a sério.

Quando não tenhas à mão
Outro livro mais distinto,
Lê estes versos que são
Filhos das mágoas que sinto!

António Aleixo in... Este livro que vos deixo... I - Casa das letras

Fotos:GOOGLE

segunda-feira, 19 de março de 2012

DIA DO PAI














Pai, estejas onde estiveres só te posso agradecer teres sido o pai que foste e sinto muito a tua falta, o mesmo dizem as tuas netas, porque foste o pai que elas não tiveram e o maior cúmplice como avô.

Xau pai, até um dia!

A TODOS OS PAIS DEIXO O MEU MAIOR XICORAÇÃO E QUE LUTEM PELOS VOSSOS FILHOS E SEJAM PAIS A 100% porque o tempo passa rápido e o trabalho é preciso, mas acima de tudo estão esses seres maravilhosos que puseram no mundo e havendo vontade há tempo para tudo!

domingo, 18 de março de 2012

***














Aquele que pensa que é demasiado grande para fazer trabalhos pequenos é talvez demasiado pequeno para fazer trabalhos grandes.

(Autor desconhecido)

sábado, 17 de março de 2012

Sorri e pula comigo:)

Há músicas que de tão simples e alegres que são leva-nos a trautear e dançar ao seu ritmo.

No tempo das filhas havia duas ou três que passavam o tempo a cantar e recordo-me do Sabão Crá-Crá dos Mamonas Assassinas, depois a Mila já não me lembro de quem, para além de outras músicas mais que célebres como dos U2, Queens etc.!

Agora é esta e gosto...e estou empenada pois ontem foi um festival:)

domingo, 11 de março de 2012

segunda-feira, 5 de março de 2012

O MEU MAIOR OBRIGADO PELAS VOSSAS PALAVRAS e UM APELO IMPORTANTE!

O meu genro está a ter uma recuperação fantástica e outra coisa eu não esperaria já que azar têm limite.

Não teve mais qualquer lesão além das vértebras, que segundo os médicos já nem se põe a questão de haver lesão pulmonar ou arterial por parte de "osso partido". Ontem já se levantou, andou e claro lentamente devido às dores que segundo ele já são mais suportáveis. Ele é muito calmo e disse à minha filha que foi apenas um trambolhão e logo que possa irá trabalhar de moto como sempre fez.

Hoje fará mais um Rx e por ser asmático fará também outro exame qualquer que não sei dizer!

As netas têm feito desenhos para o pai, mas já estão mentalizadas que só o verão quando vier para casa, que segundo os médicos poderá ser para o final desta semana. Agora não facilitam a entrada o que eu acho muito bem! Os inúmeros amigos, incluindo colegas e chefias, compreendem e depois farão uma escala de visitas lá a casa!

O que faz uma avó para além de pular, saltar, contar histórias, fazer a paparoca etc? É ter grandes conversas, responder às inúmeras perguntas e sobretudo avisar os cuidados e comportamentos que deverão ter quando o pai vier, porque irá precisar de repouso + repouso e sobretudo não ouvir os berros quando andam à trolha e massa.

Ontem tinham as pilhas carregadas e sentada a observar as correrias e tropelias que faziam no quintal, fiquei deveras cansada:)

A minha filha está calma e disse-me algo: mãe, temos tido azares, mas muito sorte porque tudo tem acabado em bem. Esta provação serviu para "solidificar" ainda mais o nosso amor e sentir os verdadeiros amigos.

Tudo faz parte da vida!

APELO:
Quando se depararem com um acidente, demovam sempre que o(a) sinistrado(a) se levante e se mexa, porque felizmente a solidariedade dos portugueses é grande, mas deverão ter sempre isso em mente. Enquanto aguardam pelos socorros, dar palavras de conforto e sossego e no que toca a motos, levantar apenas o visor do capacete.
Foi o que não sucedeu com o meu genro, dois homens de boa fé ajudaram a levantar-se e sentaram-no num banco no passeio, o que piorou, mas também já passou e não vale a pena marinar no "SE", porque já faz parte do passado e vamos em frente.

sábado, 3 de março de 2012

Para todos que me acompanham!

Estou quase ausente porque o meu genro na quinta às 20h teve um acidente de moto quando regressava do trabalho. No local que foi tinha mesmo que vir muito devagar, caiu sozinho, mas caiu mal e fez traumatismo tórax grave com seis costelas partidas. Ontem à noite já passou para a enfermaria, comeu bem, está bem e claro que, como tudo na vida, leva o seu tempo. Acredito e faço acreditar que tudo irá correr bem.

Estou de retaguarda à filha e netas, daí a minha ausência e já lhe disse que vou mandar uma bisnaga de haraldite para colar as costeletas.

Um beijo a todos e desculpem