terça-feira, 29 de maio de 2012

Campeonato do Mundo de Atletismo - Síndrome de Down, Açores 2012 - MAS ISTO POUCO INTERESSA À IMPRENSA TELEVISIVA E ESCRITA!

O 2º Mundial de Atletismo para atletas com Síndrome de Down conta com o apoio do Governo Regional dos Açores e é organizado pela Associação Nacional de Desporto para a Deficiência Intelectual (ANDDI). O campeonato decorre entre 15 e 21 de Maio de 2012, em Angra do Heroísmo na ilha Terceira, onde estarão reunidos cerca de 150 participantes de 13 nacionalidades. DAQUI



Portugal sagra-se Campeão Mundo nos Açores






Terminou o 2º Campeonato do Mundo de Atletismo IAADS,que decorreu no Estádio João Paulo II em Angra do Heroísmo – Açores, com Portugal a sagrar-se campeão mundial coletivamente destacando-se no medalheiro final com 30 medalhas: 9 de ouro, 12 de prata e 9 de bronze.
No última dia, o destaque vai, mais uma vez, para a açoriana Maria João Silva que bisou ao conquistar o ouro nos 800 metros marcha e em conjunto com as suas colegas de equipa nos 4x400 metros deitando mais dois recordes do mundo por terra.
Francisco Gouveia, nos 800 metros marcha, mostrou o seu excelente momento de forma e Ricardo Pires, no disco, dominou a prova, somando mais duas medalhas de ouro para Portugal. Já Luis Gonçalves nos 200 metros, Susana Castro no salto em comprimento, Elsa Taborda e Francisco Gouveia nos 800 metros, Helena Soares nos 800 metros marcha e a estafeta masculina de 4x400 metros mostraram a sua classe e ganharam cinco pratas. Paulo Henriques, nos 800 metros, fechou o medalheiro com mais uma medalha de bronze.
A realçar que o evento caracterizou-se pelo elevado nível organizacional e competitivo onde ficou demonstrado, mais uma vez, a excelente capacidade que os portugueses têm em ser anfitriões de grandes eventos desportivos.
Em jeito de balanço final, o Selecionador José Costa Pereira, referiu que: Este foi o Campeonato das emoções e que irá ficar para a memória de todos os participantes e todos os habitantes da Ilha Terceira por uma excelente organização a todos os níveis. A vitória coletiva de Portugal e no medalheiro final, assim como, os êxitos pessoais da açoriana Maria João Silva com três medalhas de ouro e três recordes do mundo fizeram-nos festejar com um banho de ouro. Em 2013 teremos o Europeu em Roma e em 2014 o Mundial na África do Sul onde esperemos repetir tamanhos feitos. DAQUI

OS MEUS PARABÉNS A TODOS OS ATLETAS, PAIS E ORGANIZADORES QUE NÃO TÊM AS AJUDAS COMO OS DOS REIS DO FUTEBOL...porque só quem tem alguém na família é que sabe dar o valor a quem é diferente!

sábado, 26 de maio de 2012

BANCO ALIMENTAR - HOJE E AMANHÃ DIA 27!

"A campanha de recolha de alimentos do Banco Alimentar Contra a Fome já recolheu mais bens alimentares que na edição do ano passado.

Segundo a presidente da federação portuguesa dos bancos alimentares, Isabel Jonet, já foram recolhidas 636 toneladas de alimentos, mais 18% que em 2011.

“O primeiro balanço, às 18h00, é muito positivo. Os 19 bancos que estão a fazer a campanha receberam à volta de 600 toneladas, o que representa um acréscimo em relação à mesma hora do ano anterior, mas ainda temos amanhã todo o dia”, afirmou Isabel Jonet."

(Renascença on-line)

SE PUDEREM COLABOREM , porque um simples pacote de leite, ou de arroz poderá fazer a diferença!

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Desafio nº 27 - Sonhar é bom!

Bruce Springsteen

Nunca fui a nenhum concerto porque a vida não me permitiu e com o passar dos anos aumentou em mim a fobia a multidões!

Sei que Bruce vem ao Rock-in-Rio, bilhetes caríssimos e juro que se pudesse ia mas tinha que levar pelo menos 3 homens que fizessem uma barreira protectora.

Foi conversa de sábado e claro quando disse isto, logo os meus genros de 1,86m disseram que me acompanhariam, mas um está fora de questão, as seis "costelas" estão coladas de fresco, já regressou ao trabalho doidinho por ir de moto...mas ainda tem "sinal de proibição"!

No meio de tanta risada, digam lá quem se ofereceu para ir comigo?

Enquanto pensam...deixo duas que não me canso de ouvir e dançar sozinha

I'm working on a dream
Though sometimes it feels so far away
I'm working on a dream
And i know it will be mine someday


e agora acelerem, pulem, que faz bem às articulações

You sit around getting older
There´s a joke here somewhere and it´s on me
I´ll shake this world off my shoulders
Come on baby the laugh´s on me

sábado, 19 de maio de 2012

As mulheres aspiram a casa para dentro dos pulmões












As mulheres aspiram a casa para dentro dos pulmões
E muitas transformam-se em árvores cheias de ninhos - digo,
As mulheres - ainda que as casas apresentem os telhados inclinados
Ao peso dos pássaros que se abrigam.

É à janela dos filhos que as mulheres respiram
Sentadas nos degraus olhando para eles e muitas
Transformam-se em escadas.

Muitas mulheres transformam-se em paisagens
Em árvores cheias de crianças trepando que se penduram
Nos ramos - no pescoço das mães - ainda que as árvores irradiem
Cheias de rebentos.

As mulheres aspiram para dentro
E geram continuamente.
Transformam-se em pomares.
Elas arrumam a casa
Elas põem a mesa
Ao redor do coração.

Daniel Faria
de Homens Que São Como Lugares Mal Situados (1998)

foto Google

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Memórias que ficam - 4

- "O actual sistema partidário está, progressiva e sistematicamente, a liquidar a noção de cidadania, não permitindo a emergência de pessoas que, podendo ser úteis ao País, o não são, porque não fazem nem querem fazer parte dos aparelhos políticos."

- "O prazo de validade dos cidadãos mais velhos tornou-se, nas sociedades ocidentais, cada vez mais curto, transformando a idade num factor essencial de avaliação curricular.
Ao contrário de algumas sociedades orientais, nas quais os veteranos, embora possam ter abandonado, já, as funções executivas, continuam a transmitir o seu saber noutro tipo de cargos onde a experiência representa um factor de mais-valia"

Helena Sacadura Cabral




(Google)

domingo, 13 de maio de 2012

quinta-feira, 10 de maio de 2012

terça-feira, 8 de maio de 2012

Coisas que me tiram do sério!

Ontem assisti a algo que me incomodou no Centro de Saúde enquanto aguardava pela minha consulta.
Entrou um casal com ar de intelectuais, na casa dos cinquenta anos, ele com mais manias do que ela, não cumprimentaram e foram ao balcão.

Às tantas oiço: Pois é minha senhora, se fosse toxicodependente, preto e outros, não pagaria nada, mas como somos portugueses tenho de largar 10 euros e sentaram-se mediante o olhar de todos.

Há avisos na sala para que se desligue o telemóvel ou os ponham no silêncio!

Ao lado de mim estava um preto que só abanou a cabeça.

Pus-me a pensar nesta tristes figurinhas de merda numa sociedade que é a nossa.

Toca um telemóvel e de quem? pois claro! Foi de imediato avisado pelo médico que vinha chamar o seu utente.

Passaram-se 3 horas e o tal "garanhão" perguntou quem estava para a médica X. Respondi EU e o preto levantou a mão e...a seguir sou eu!

A Senhora importa-se de eu ir primeiro porque...nem deixei acabar...

Primeiro boa tarde, segundo não deixo porque sou toxicodependente, preta e chinesa, mas paguei 5 euros. O que o senhor disse foi para nós ouvirmos e se tinha a reclamar fale com o ministro, e respeite quem está na sala, já que nem se deu ao trabalho de ver!

A médica chamou-me e eu disse ao preto, vá o senhor primeiro que eu vou a seguir e assim foi para "fúria do tipo" ... não devia ter feito isso. Cale-se por favor de uma vez por todas, ainda não parou de barafustar e não parece que estar doente, já que paciência tem limite, por acaso reparou na idade do preto? reparou na sua perna e pé? e olhe que ele também pagou 5 euros! Ficou vermelho que nem um pimentão e a mulher enquanto ali esteve não abriu a boca para nada, o monólogo que se ouvia na sala era apenas "dele".

Mais uma hora e tal, entrada e saída de dois enfermeiros e quando o preto saiu, foi ajudado e sentou-se de novo ao meu lado, agradeceu-me com dois beijos e disse-me baixinho: ai menina não sei para onde vou, mas havia de haver mais gente como a menina! Mas se estava tão mal devia ter falado. Não vale a pena menina!
A médica não me chamou até chegar os bombeiros para o levarem com todas os formalismos e papelada.
Já sentado na cadeira disse-me adeus com os olhos cheios de lágrimas...e eu acenei-lhe com o meu famoso inté e que ia correr tudo bem ao qual ele correspondeu com um sorriso tão rasgado. E no mais alto que pode desejou a todos as melhoras!

Entrei e a médica encostou-se na cadeira e disse tu és mesmo de garra e fizeste muito bem porque este desgraçado está num sofrimento que ninguém sabe e vai seguir agora para o hospital. É da tua terra! Então Drª.? há dois anos acompanhei a mulher dele até morrer e ele só cá vinha buscar a medicação.
Já não vinha cá desde então e aparece-me neste estado sem dizer que precisava de uma urgência. Pois Drª. na volta queria que fosse a senhora a vê-lo! A Doutora de facto ama a sua profissão, outro qualquer mandaria para baixo, depois tinha que ir não sei onde apanhar a injecção e soro, esperar pelos bombeiros à chuva e ao frio...porque lá em baixo nunca há cadeiras e ninguém se levante para dar lugar a quem mais precisa!

Quando saí disse boa noite a todos e vim-me embora a pé e chorei todo o caminho. Caramba...tudo aquilo me incomodou tanto, porque raio sou assim? Porque hei-de deparar-me como pessoas tão intolerantes e desumanas e RACISTAS?

Ironia do destino

Hoje fui tomar o meu café habitual o mais longe possível pois sabe-me bem andar bem cedo. Nem reparei no casal que estava no balcão. Quando ia pagar disseram-me que já estava pago e mediante a minha cara...olhei para o lado e quem vejo?

"O fulaninho" e a sua mulher.

Obrigado, mas não era preciso...não minha senhora obrigado eu e ela nós!

Não lhes disse mais nada e saí.

Acho que ontem plantei mais uma árvore de "gestos simples mas humanos"

domingo, 6 de maio de 2012

MÃE...

Empresta-me os teus sapatos!

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Desafio- Nº 26















- Vocês riem de mim por eu ser diferente, e eu rio de vocês por serem todos iguais. (Bob Marley)


- No mundo há riqueza suficiente para satisfazer as necessidades de todos, mas não para alimentar a ganância de cada um. (Gandhi)


- Mais do que de críticos, os jovens necessitam de modelos.(Joseph Jobert)


- A educação torna as pessoas fáceis de guiar, mas difíceis de arrastar; fáceis de governar, mas impossíveis de escravizar.(Henry Peter)


- Antes de iniciares o trabalho de mudar o mundo, dá três voltas pela tua casa. (Provérbio chinês)


- Quando apontares um dedo, lembra-te de que há três dedos virados para ti. (Provérbio inglês)


- Os homens pensam que possuem uma mente, mas é a mente que os possui.
Há pessoas que amam o poder, e outras que tem o poder de amar. (Bob Marley)


- Os grandes só parecem grandes porque estamos ajoelhados (Che Guevara)


foto GOOGLE

terça-feira, 1 de maio de 2012

Memórias que ficam - 2

1º. de Maio DIA DO TRABALHADOR

e a mensagem de esperança ao longo de então tem sido delapidada, destruída, esmagada onde os sucessivos governos abastecem-se à nossa custa.

















Portugal mudou muito, nalgumas coisas para melhor noutras para bem pior e na actual governação COM BONS EMPREGOS passámos a meros números num xadrez de um constante cheque-mate sem qualquer pingo de vergonha e puseram milhares...

!


















1º. de Maio de 1994, morreu o meu piloto preferido de Formúla 1 - AYRTON DE SENNA!