domingo, 21 de janeiro de 2018

Enquanto muitos marinam nas desgraças eu aprecio a arte MUKIMONO!

A capacidade de o Japão nos surpreender com a sua arte é inesgotável.

Esta, o Mukimono, tem vários séculos e exemplos contemporâneos de mestria.

O artista Gaku é disso exemplo. Exímio na arte de esculpir fruta e vegetais.



Visto AQUI

sábado, 13 de janeiro de 2018

Resolvidos os problemas do andar debaixo eis o resumo de uma semana:))

1- Filme do momento

Ontem à noite na RTP, José Rodrigues dos Santos anunciava que após o intervalo do Telejornal se iria falar do “filme do momento”. Dos Santos estava redondamente enganado. Ele referia-se ao “A Hora Mais Negra”, fita que retrata um período particular da vida de Winston Churchill. Este não é, de todo, o “filme do momento”; não é o mais badalado e, situando-se algures nas décadas de 40 e 50 do século passado, dificilmente retratará o “momento” que é o agora.

Restam-me muito poucas dúvidas: o justo merecedor do epíteto “filme do momento” chama-se “Três Cartazes à Beira da Estrada”.

DE: Samuel Úria e se quiseres continua a ler AQUI

Gostaria muito de poder ver este filme que pelo trailer...promete!

2- Não me apetece falar, opinar, ouvir ou ler sobre política e discursos da treta sobre a gripe, PSD e eleições no mesmo, CTT, Auto-Europa, justiça, vespa asiática, futebol e mais futebol, assaltos e mortes na estrada. Sobre este último assunto digo apenas que a solução das mortes nas estradas e ou com fuga do condutor não passa pela redução da velocidade de 50 para 30, mas de penas mais severas a todos os níveis a quem conduz sobre efeito do álcool, drogas, excesso de velocidade, sem carta de condução etc, etc.

4- Na terça-feira fui às seis e meia da manhã (chovia a potes) às urgências básica daqui e para espanto meu...só lá estava um senhor e fui atendida de imediato. Nada de grave nem gripe, mas algo bem chato e incomodativo. Um médico cinco estrelas. Fui à farmácia e vim para casa. Não guardo para amanhã o que posso fazer hoje e quando algo me acontece pego logo em mim e vou aonde devo ir. Mas as filhas caçaram-me (malditos telemóveis) e queriam logo ir ter comigo ao que eu disse que não pois já estava na farmácia! Deitei-me às 21h e só acordei às 8h:))) Já passou!

5- Na quinta fui à filha e visitar a minha mãe. Continua muito ansiosa pela próxima consulta do dia 15, como é natural mas não posso fazer nada para que acalme.

3- Já começou o OPEN DA AUSTRÁLIA para onde irei sempre que me apetecer e claro visitar os vossos espaços:)

BOM FIM DE SEMANA

sábado, 6 de janeiro de 2018

Apregoam para o uso das tecnologias e quando as mesmas são surdas e mudas????

Sou eu que pago tudo do que a minha mãe precisa e estou sempre atenta à sua conta na Caixa Geral de Depósitos onde recebe a sua reforma e a pensão do meu pai.

Informei-me das taxas e taxinhas impostas pelos novos gestores e a minha mãe está isenta dos 5 euros trimestrais cobrados "para manutenção da conta".

Eis que em Dezembro foi-lhe retirado 18 euros como "anuidade"! CAIXA-DIRECTA? em Manutenção! Telefonar? toca, toca e ninguém atende.

Fui ao banco e sinceramente fico incomodada com o que os funcionários, que sem culpa alguma, ouvem de muitos clientes que por vezes roçam uma tremenda falta de respeito e educação. Perguntei a que se referia o tal débito e antes disse que preferia falar com o ou os "gestores daquilo tudo", uma vez que a minha mãe estava isenta. Levava a papelada dos preçários e depois de muitas folhas aparece a tal anuidade sem qualquer explicação.

Fiquei boquiaberta com a informação: Os 18 euros são cobrados anualmente a quem não faz compras anuais no valor de 600 euros. Como? Sim...pagamentos, farmácia, água, luz, vestuário etc. mas os levantamentos não contam!
Mas a Caixa sabe perfeitamente que a minha mãe está num lar e todos os meses é feita a transferência para pagamento do mesmo. Então a culpa é do cartão multibanco? Ficou entupido e agradeci mas que isto vai ser devolvido ai vai, vai, porque 18 euros é um rombo na "grande reforma" que aufere e para mim é algo enganador...não tiram de uma forma tiram de outra.

Falo disto porque muitos podem não saber e ou nem darem por isso. É assim que ganham milhões roubando tostões? Pois é!!!!

Agora percebo porque é que muitos velhotes voltaram aos velhos "Vales de Correio" e acabaram com as contas.

Também recebe um pequeno apoio da ADSE para o Lar. Tudo tem corrido pelo melhor e sem qualquer imprevisto. Mando o original do recibo do lar em carta registada com aviso de recepção. Quando recebem por exemplo o de Janeiro é logo desbloqueado e creditado na sua conta o de Dezembro.

É outra coisa que controlo e verifico na ADSE-DIRECTA. Está já em pagamento o de Dezembro e esqueceram-se o de Novembro, que está lá mas "paradinho da costa". Abro o documento e está tudo em ordem e não vejo a razão para tal situação.

Já mandei três e-mails ou pedidos de esclarecimento directos e até agora nenhuma resposta, Outros tantos para o "geral" e nada de resposta.

Terá vindo por carta? Nada recebi (por aqui não têm havido problemas com a entrega de cartas) e telefonar fora de questão porque toca, toca e ninguém atende.

O funcionalismo no seu melhor...embora não avalie tudo e todos pela mesma bitola!

Pobre dos velhos de quem não tem quem olhe pela sua conta, deveres e comparticipações a que têm direito.

Neste país são mesmo "descartáveis"!!!!

Já não digo o mesmo no que toca ao Hospital Fernando da Fonseca (Amadora Sintra). A sua consulta externa foi adiada por duas vezes pela greve e na terceira mandei e-mail e pedi ao Lar para mandar também porque a minha mãe estava muito constipada e febril. Isto em Novembro e pedi/pedimos para remarcarem para Janeiro. Dois dias depois tive/tivemos resposta que a mesma seria a 5 de Janeiro de 2018. Recebi igualmente a carta a confirmar.
Fui ontem à consulta, foi muito bem atendida apesar do tempo que esperámos e está tudo bem! A
eles o meu maior OBRIGADO!

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

domingo, 31 de dezembro de 2017

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

sábado, 23 de dezembro de 2017

PARA TODOS VÓS...




E COMO FAZEM PARTE DA FAMÍLIA EIS OS NOSSOS GUARDIÕES



domingo, 17 de dezembro de 2017

domingo, 3 de dezembro de 2017

PAUSA

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

terça-feira, 21 de novembro de 2017

sábado, 18 de novembro de 2017

M80 | Cuca Roseta - The Show Must Go On (Queen)

Uma versão que adorei ouvir e acho que se Freddie Mercury fosse vivo bateria palmas de contente!


terça-feira, 14 de novembro de 2017

«Quem não tem cão caça com gato»

Fiz esta prenda de Natal para cada neto e acho que irão gostar:)

domingo, 12 de novembro de 2017

sábado, 11 de novembro de 2017

POR DECRETO! (Também vi o debate e fiquei pasma)



No telejornal da SIC Notícias de 8 de Novembro, no frente-a-frente com Mariana Mortágua do Bloco de Esquerda, o deputado do PSD António Leitão Amaro, afirma, sem pestanejar e sem se rir, que o anterior Governo [PSD/ CDS] proibiu a legionella por decreto.

(IMAGEM)

Por José Simões


...............................................................................................

ATENÇÃO: quis deixar um comentário aos autores que iria publicar por ter achado excelente, salvaguardando todos os seus direitos autorais, mas não consegui por não saber como...
Caso vejam e não queiram, agradeço que me deixem um comentário que retiro de imediato.
OBRIGADO

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Mãe. minha mãe!

No passado dia 24 de Outubro fizeste 88 anos. Fui-te buscar com uma amiga minha que já não vias há anos. Foi um almoço fantástico onde falaste de tudo e mais alguma coisa sobre o teu passado e do presente.

Sei mãe que sofres e só vejo a tua enorme fragilidade. Tudo farei por ti mas à mínima coisa que te digo levo na corneta, porque preocupaste mais com os outros do que contigo própria. Há coisas que não tens razão alguma e por alguma razão já nem te contrario. És bem tratada e sobretudo respeitada e ai de quem não o fizer!

Fomos ao Hospital Fernando Fonseca, no dia 13 de Outubro à consulta do pacemaker . Porque havia greve foi zero e vi bem o estado em que a minha mãe ficou.

Foi adiada para amanhã (igualmente greve) e já me telefonou a pedir para alterar porque não lhe apetece ir e volta a repetir num desatino completo...

é para te poupar filha, pega cadeira, tira cadeira, empurra cadeira, pegas na tralha como a bengala:), o saco do lanche, procuras estacionamento, andas p'ra frente e para trás, bolas. Fazes demais filha e eu sem poder fazer nada! Deus não me dá ouvidos porquê? ao que eu respondo de imediato: Ó mãe entenda-se com o seu patrão lá de cima e talvez o "porquê" não passará por o andar a chatear demais?:))) Só a assim consigo que ela sorria:)

Se me perguntarem se sou feliz em ver a minha mãe num lar, respondo logo que Não porque preferia vê-la na sua casa. Foi decisão sua e não quis dar ouvidos a ninguém, como não me deu ouvidos em 2014 e 2015 quando arranjei uma casa térrea para as duas, embora soubesse bem que teria medo de ficar sozinha, não cumpriria as regras da medicação e sobretudo da alimentação.

Mas também vos digo que nunca teve tantas visitas como agora e não sai mais vezes porque não quer!
Mas também vos digo que as visitas das outras colegas falam todos com ela e ontem quando lá cheguei estava lambuzada com uma fartura, um mimo do filho de uma senhora.
Mas também vos digo que ainda bem que ela não repara nas suas enormes falhas, contradições e repetição em termos de memória.
Mas também vos digo que refinou e muito no que toca a mim numa de levar por todos, de obedecer, ouvir e ficar de bico calado o que por vezes é superior às minhas forças e digo-lhe o que entendo dizer.

Mas também vos digo que enquanto tiver forças tudo farei por ela e continuarei a ir sem dias e horas marcadas e muito menos, apenas nas horas das visitas!

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

MUDANÇA DA HORA






No domingo dia 29 de Outubro, não se esqueça de acertar o relógio, durma mais uma hora.

Às 2h da manhã, os relógios devem ser atrasados para a 1h em Portugal Continental.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

500 fogos num só dia...500 raios ou O RAIO QUE OS PARTA A QUEM PROVOCOU ESTA TRAGÉDIA?



Fotografia partilhada por Hélio Madeiras

Nas redes sociais, houve quem dissesse que era montagem esta fotografia de um cenário que parece pós-apocalítico partilhada por Hélio Madeiras no Facebook a partir do quartel dos Bombeiros Voluntários de Vieira de Leiria. Mas é bem real. E tornou-se viral.

Uma das zonas mais afetadas pelos mais de 500 fogos que deflagraram neste domingo – segundo Patrícia Gaspar, porta-voz da Proteção Civil, o “pior dia de incêndios do ano” – o distrito de Leiria continua a braços com 12 incêndios que consomem grandes áreas florestais, incluindo o Pinhal de Leiria.

DE: JORNAL I