sexta-feira, 30 de outubro de 2015

PAI NATAL - uma história verdadeira das muitas que vivi!



Durante vários anos, na época do Natal eu e um amigo meu, tirávamos duas semanas das férias anuais, para trabalharmos noutras coisas. O que tínhamos em comum era a “necessidade” e uma grande "amizade".
Na véspera de entrarmos de férias, disse-me: Maria, sabes que este ano vou fazer de Pai Natal, a figura que tanto gostas? O quê? Vou visitar-te!!!
Como ele conhecia-me tão bem e sabia que sempre fui brincalhona e alegre, disse logo: vê lá o que vais aprontar, tu não me lixes...gargalhadas! Eu?????!!!
Recordo-me que nesse ano "estive duas semanas de férias" numa loja a fazer embrulhos e laçarotes! No final do dia lá fui visitar o Pai Natal, num dos grandes centros comerciais de Lisboa! Xiiii quanta canalha! Onde me vim meter!
Pus-me na fila das crianças e logo um segurança delicadamente disse: Não pode estar aí, tem que estar deste lado da corda, ao lado da criança que trás.Não tenho nenhuma criança, a criança sou eu e deixe-me ao menos uma única vez na vida falar com o Pai Natal. Riu-se, talvez pensando, coitada é louca! E fiquei!
O meu amigo ao avistar-me acenou disfarçadamente!
À minha frente uma garota lindíssima, puxou-me o casaco! Baixei-me ao seu nível e perguntou-me em surdina, numa conivência: que vais pedir ao Pai Natal? Eu? vou pedir um bonequinho pequenino igual a ele. E tu? Num sorriso de orelha a orelha disse-me baixinho: uma Barbie! E vais sentar-te no colo dele? Aí tremi, que responder? Coitado do meu amigo!!!olha não, porque como sempre comi a sopa toda, cresci muito e sou pesada. Ficou satisfeita com a resposta e sorriu!
Ela lá estava no colo do Pai Natal sussurrando ao seu ouvido as hipotéticas prendas. Quando saiu, fui até junto dele e numa risada total fui a delícia da petizada e possível chacota dos adultos porque não era todos os dias que uma mulher, de cabelos todos brancos ia falar com o Pai Natal, como uma criança! Mas o certo é que ninguém tirava os olhos de nós. Assentei-me a seu lado (no colo não, dou barraca naturalmente, mas seria demais).
Sussurrei-lhe: oh pá és um homem de sorte, no meio de tanta luta, tens a teus pés e em fila interminável o que de melhor há no mundo: as crianças e a esta Maria concretizaste um sonho: falar com o Pai Natal! Vim aqui para te dar força e dizer o que sempre soubeste: não estás só!!!! e dei-lhe um grande abraço.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Não me canso de divulgar esta forma de solidariedade

Fui buscar duas caixas destas, a custo ZERO



Nestes dias, depois de ver peça a peça, se tinham botões, se não tinham buracos, tal como diz a mensagem na caixa que "DEVEMOS DAR COMO QUEREMOS RECEBER", enchi uma com roupa e outra com peluches, estes encontrados num saco junto de um contentor. Lavei-os, estiveram a secar e tão perfumadinhos que ficaram.

Fui agora entregar as caixas nos CTT, igualmente a custo ZERO!

Acreditem que fiquei com a alma cheia!

sábado, 24 de outubro de 2015

PARABÉNS MINHA MÃE

PELOS TEUS 86 ANOS.

Mais logo estaremos juntos os mesmos de sempre em teu redor, o que mereces minha mãe. Hoje vais sair de casa porque assim combinámos.

Amo-te minha mãe e ontem pus na tua jarrinha as flores que tanto gostas!


MUDANÇA DA HORA - INVERNO



No dia 25 de Outubro de 2015, tem início o período de “Hora de Inverno”.

Os relógios irão ser atrasados 60 minutos às 2h00 da madrugada de Domingo em Portugal continental e na Região Autónoma da Madeira, passando para a 1h00.
Na Região Autónoma dos Açores a mudança será feita à 1h00 da madrugada de Domingo, dia 25 de Outubro, passando para a meia-noite (00h00).

domingo, 18 de outubro de 2015

Uma pequenina amostra das consequências do temporal de ontem

Não culpo a natureza, culpo sim a incúria dos ser humano.

Numa zona de pinhal fizeram um jardim com vários aparelhos de ginástica. Bonito, mas sempre vazio. Fui assistindo às obras e e consequente "desbaste das raízes de pinheiros centenários". Que cabecinhas pensadoras da era moderna, valha-me Deus!
Gastaram uma pipa de massa sem pensarem nas eventuais consequências e eis o resultado.

Portugal, neste caso Sintra... no seu melhor!

DESPORTO - Moto, judo e basquetebol

Miguel Oliveira "muito feliz" com triunfo na Austrália que deixa luta pelo título em aberto



"Acabei de me aperceber que o campeonato ainda está em aberto", afirmou o jovem piloto, que ascendeu ao segundo posto do Campeonato do Mundo (204 pontos), estando a 40 pontos do britânico Danny Kent (Honda), atual líder, quando faltam duas provas para o final do Mundial.

Miguel Oliveira terminou as 23 voltas do circuito de Phillip Island em 37.34,742 minutos, à frente do espanhol Efrén Vázquez
(Honda) e do sul-africano Brad Binder (KTM), que foi terceiro. de: SAPO24

Telma Monteiro: "É histórico para mim"

Judoca do Benfica repete a conquista de 2012.



Telma Monteiro conquistou "ontem" a medalha de ouro no Grand Slam de judo de Paris, a quarta da sua carreira num torneio desta categoria, depois de ter ganhado também na capital francesa em 2012.
de: SAPODESPORTO

Benfica vence 'clássico' com FC Porto

Equipa de Carlos Lisboa estava a perder por 12 pontos ao intervalo, mas uma exibição de luxo no 3º e 4º período permitiu aos 'encarnados' a reviravolta.



Nuno Oliveira do Benfica em ação no 'clássico' do basquetebol nacional

de:SAPODESPORTO

sábado, 17 de outubro de 2015

Os meus "NADAS" da vida!

Ontem foi dia de SOS-Avó. Como sempre fui cedo e ainda fui levar um bocadinho de ar marítimo nas ventas. Ficaram por lá a canseira de "há governo, não há governo, resgate de emigrantes, vários processos mediáticos e as querelas entre Sporting e Benfica". A meu ver cansa e o que me preocupa mais é o facto de tanto falarem mostrando sempre as mesmas imagens, pode causar a "banalização". Primeiro ficamos de pé atrás, assustados, solta-se a solidariedade e de repente o que resta dessa "banalização"? A indiferença pura e dura!

- Como é possível quinze dias depois se ande a discutir quem irá governar? A sede do pote é de tal ordem que mete NOJO! Quando terminará esta cegada? Já são crescidinhos não são? Então entendam-se por favor!
- As guerras do futebol como se fosse isso o mais importante. Sei apenas que esse mundo é recheado de coisas pobres, vergonhosas e estúpidas. Algo que deveria dar alegrias aos adeptos é o mundo que se sabe! Então entendam-se por favor!
- Saí Sócrates, não sai Sócrates e afinal saiu! Salgado anda numa salganhada e pimba, pimba toma lá resmas de salgados. Já não falo noutros, mas inquieta-me os processos de gente desconhecida que aguardam e desesperam! Que justiça meu Deus, as rodas continuam quadradas, empenadas e fico-me por aqui! Um país à deriva!
- Quanto à minha solidariedade continuará até onde os meus braços chegam!

Pedi às netas para tirarem estas fotos ao Sr, Lucky, mas gritaram logo: Avó tens de ir lá para dentro, porque ele não pára quieto e está sempre de olho em ti.Não o deixei entrar em casa e conseguiram tirar estas.

DISTRAÍDO


MAL ME VIU


EM ALERTA MÁXIMO


Por volta das 15 horas o tempo começou a ficar farrusco e o céu muito carregado.



Hoje e neste preciso momento está um temporal dantesco e só espero que a árvore não se parta e entre janela a dentro da minha casa.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Post nº. 1.000

ARCA DE NOÉ

Recebi o seu chamado
num apelo à sobrevivência
por ser um simples galo
acordo com frequência!

Não faz mal podes entrar
com a tua digna galinha
vamos todos embarcar
vem aí muita chuvinha!

Mas eu sou o mais depenado
de todos os que por lá havia
talvez até o mais fraquinho
porque fui eu o escolhido?

Há perguntas sem resposta
não sou eu que vou julgar
feio e fraco pouco importa!
soubestes repartir e amar!

Eu nasci assim e assim serei
mas tenho pena dos que ficam
olhe Noé ainda não embarquei
vou fazer algo nos embicam!

Lá estás tu galo depenado
embarca tu e larga os outros
já fizestes muito no mundo
deixa ficar os monstros!

Ainda tenho algum tempinho
nada como tentar e ajudar
hoje estou bem acordadinho
amanhã posso não cantar!

Fatyly - 19/09/2004
(participação numa ciranda de poetas)

domingo, 11 de outubro de 2015

ALTA DEFINIÇÃO - Com JOSÉ CARLOS PEREIRA

Obrigado Daniel Oliveira por mais uma excelente entrevista

Desconhecia por completo a vida "dolorosa e sofrida do mundo das drogas" deste jovem. Força rapaz que tens TUDO para dar certo!

Pelo testemunho directo e vivenciado por jovens vizinhos, jamais aponto o dedo, não há como ajudar...tem que se dar o tal clik que é falado neste video. Alguns estão em tratamento mas outros continuam nessa cavalgada.

Mas o mais doloroso do que assisto quase diariamente é que a família, sobretudo os pais, são as maiores vitimas.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Depois de umas eleições desastrosas e confusas,hoje, o tal dia seguinte, comemora-se a Implantação da República Portuguesa. Lembrei-me desta pérola!

Agradecimento à Corja

"Obrigado, excelências.
Obrigado por nos destruírem o sonho e a oportunidade
De vivermos felizes e em paz.
Obrigado
Pelo exemplo que se esforçam em nos dar
De como é possível viver sem vergonha, sem respeito e sem
Dignidade.
Obrigado por nos roubarem. Por não nos perguntarem nada.
Por não nos darem explicações.
Obrigado por se orgulharem de nos tirar
As coisas por que lutámos e às quais temos direito.
Obrigado por nos tirarem até o sono. E a tranquilidade. E a alegria.
Obrigado pelo cinzentismo, pela depressão, pelo desespero.
Obrigado pela vossa mediocridade.
E obrigado por aquilo que podem e não querem fazer.
Obrigado por tudo o que não sabem e fingem saber.
Obrigado por transformarem o nosso coração numa sala de espera.
Obrigado por fazerem de cada um dos nossos dias
Um dia menos interessante que o anterior.
Obrigado por nos exigirem mais do que podemos dar.
Obrigado por nos darem em troca quase nada.
Obrigado por não disfarçarem a cobiça, a corrupção, a indignidade.
Pelo chocante imerecimento da vossa comodidade
E da vossa felicidade adquirida a qualquer preço.
E pelo vosso vergonhoso descaramento.
Obrigado por nos ensinarem tudo o que nunca deveremos querer,
O que nunca deveremos fazer, o que nunca deveremos aceitar.
Obrigado por serem o que são.
Obrigado por serem como são.
Para que não sejamos também assim.
E para que possamos reconhecer facilmente
Quem temos de rejeitar."

Joaquim Pessoa

domingo, 4 de outubro de 2015

Ontem houve o despejo de duas casas e limpeza de três lojas fechadas há mais de 20 anos! Hoje o cenário era e é este e não se consegue circular pelo passeio.Trouxe de volta o meu lixo. Que falta de TUDO, só ao bofetão!



(fotos minhas)

Eleições Legislativas 2015 cujas campanhas foi do pior dos últimos quarenta anos!

Gastaram-se milhões de euros nas campanhas que "foi mais do mesmo". O marketing funcionou lindamente, porque há que confundir e manter o povo na ignorância, o que me entristece profundamente. Este vídeo é bem elucidativo

https://www.facebook.com/RabiscosdeumMaldisposto/videos/537858056364446/
(enviado por email)

Fui votar às oito e um quarto onde "o diabo perdeu as botas". Por estar a decorrer as festas ou feira medieval nas duas ruas principais, o lixo no chão era por demais. Chovia e andar sem "escorregar na falta de civismo de muitos portugueses" foi uma prova de equilibrismo que nem vos passa pela cabeça. Ao cruzar-me com uma senhora que me chamou porque ia para a mesma mesa de voto pediu se podia dar-lhe o braço porque estava com receio de cair no "besunto dos passeios". Claro que sim e fomos devagar, devagarinho, quando eu queria era ir na "gáspea". Conversamos e deparei-me com o que é mostrado no vídeo. Expliquei-lhe o melhor que sei e nunca numa tentativa de a influenciar. Entrámos, despachei-me e esperei por ela. Chovia ainda mais. Bem mais baixa do que eu, dei-lhe o braço, peguei no seu chapéu de chuva e fui sempre de modo a protegê-la mais porque a "mim tanto me fazia"! Deixei-a na porta do seu prédio e queria pagar-me um café. Disse que não porque queria ir para casa. Queria dar-me o chapéu de chuva o que não aceitei. Agradeceu muito e com lágrimas nos olhos, deu-me um abraço do tamanho do mundo dizendo que... talvez tivesse sido a última vez que tinha cumprido "o seu dever cívico". Possas como bateu fundo.

Ó meu Deus Tu e os teus testes diários:)


quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Ainda dizem que a história não se repete?



Como quase sempre, hoje acordei muito bem disposta, depois de dias, semanas, num desatino com a minha mãe. Compreendo-a perfeitamente e aceitei novamente a sua decisão de não sair da sua casa. Ponto final definitivo.

Às sete da manhã, fui dar a minha volta a pé, apanhando ar fresco e sol, resmas de sol nas ventas. A um quilómetro daqui, sentei-me num banco de jardim a ver os "peeessariiiiinhos". Eu e a natureza e a natureza e eu. Nisto toca a porcaria do telemóvel.

Bom dia avó Dread estás bem? Olha é só para te dizer que já estou melhor e vou para a escola e nunca te esqueças que gosto muito de ti. Atenção minha neta desliga o telemóvel. Eu sei avó! No alto dos seus 10 anos anda fascinada/deslumbrada com a nova escola, porque isto de andar no 5º ano tem muito que se lhe diga e sobretudo por ter finalmente um telemóvel. Conta-me tudo ao mais ínfimo pormenor. O contrário da mais velha que detesta o telemóvel e só usa para me chamar em SOS e ou para dizer aos pais que já chegou a casa. Conversas? Apenas telegráficas:)

Pus-me a pensar. Ainda dizem que a história não se repete? Tenho duas filhas: o 8 e o 80 em tudo e não é que tenho dois netos 8 e dois netos 80?

Vinha em passo largo quando oiço a charanga das campanhas e eleitorais e dei meia volta porque já não tenho pachorra para "tanta lábia, promessas falsas, ataques serrados e o futuro? terá desaparecido do horizonte desta gentinha?"

NO ENTANTO NÃO SE ESQUEÇAM DE IR VOTAR NO PRÓXIMO DOMINGO DIA 4 DE OUTUBRO. Certo?