quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

No Novo Ano

que o bom senso há muito arredado das mentes dos nossos governantes, renasça das cinzas, proteja a nossa jovem democracia e que 2009 seja um ano com menos desigualdades.
Aqueçam o vosso coração no braseiro da esperança, sonho e sorriso!
Agarrem-se aos varandins dos vossos sentimentos e lutai com garra, educação, paciência, humanismo, solidariedade e coragem!
Enquanto escutam este poema que sempre me acompanhou
Namoro - Viriato Cruz, musicado/cantado por Fausto



Sirvam-se







terça-feira, 30 de dezembro de 2008

A velha pergunta...

O que Fizeste o Dia Inteiro dentro de Casa?
Um homem chegou a casa, vindo do trabalho, e encontrou os seus três filhos a brincar do lado de fora, ainda vestindo os pijamas. Estavam sujos de terra, cercados por embalagens vazias de comida entregue em casa. A porta do carro da sua esposa estava aberta. A porta da frente da casa também. O cão estava desaparecido, não veio recebê-lo.

Enquanto ele entrava em casa, achava mais e mais confusão e desarrumação. A lâmpada da sala estava fundida, o tapete estava enrolado e encostado na parede. Na sala de estar, a televisão ligada aos berros num desenho animado qualquer, e o chão estava atulhado de brinquedos e roupas espalhadas. Na cozinha, a pia estava a transbordar de pratos; ainda havia café da manhã na mesa, o frigorífico estava aberto, tinha comida de cão no chão e até um copo partido em cima do balcão. Sem contar que tinha um montinho de areia perto da porta. Assustado, subiu as escadas a correr, desviando-se dos brinquedos espalhados e de peças de roupa suja.

"Será que a minha mulher passou mal?" pensou. "Será que alguma coisa grave aconteceu? "

Foi então que ele viu um fio de água a correr pelo chão, vindo da casa de banho. Lá ele encontrou mais brinquedos no chão, toalhas ensopadas, sabonete líquido espalhado por toda parte e muito papel higiénico na pia. A pasta de dentes tinha sido usada e deixada aberta e a banheira transbordava água e espuma. Finalmente, ao entrar no quarto de casal, ele encontrou a sua mulher ainda de pijama, na cama, deitada e lendo uma revista. Ela olhou para ele, sorriu, e perguntou como tinha sido o dia dele.

Ele olhou para ela, completamente confuso, e perguntou que diabos havia acontecido em casa, com toda aquela barafunda?

Ela sorriu e disse: - "Todos os dias, quando chegas do trabalho, perguntas-me: Afinal de contas, o que fizeste o dia inteiro dentro de casa?"

-"Sim..., e daí ?"

-"Bem... hoje eu não fiz nada!"
(recebido por email)

domingo, 28 de dezembro de 2008

Feliz 2009

porque o velho mundo mudou para melhor
CANTINFLAS CRUZANDO EL MURO EN LA FRONTERA



danças comigo?
Kaoma - Lambada

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Partilha de Sonhos de Abóbora











Com três quilos de abóbora que comprei, açúcar, farinha, óleo e ovos que uns vizinhos deram-me na semana passada quando esvaziaram a dispensa porque foram para outro país passar uns meses com os filhos e fico eu de plantão à sua casa, nem imaginam a pilha de sonhos que fiz.
Eu parecia a dona dum boteco num self-service e de pratos cheios fiz a distribuição pelos vizinhos de cima, de baixo, da esquerda e direita, pelo mecânico e clientes, por um grupo de 4 jovens que estavam ali sentados à espera do habitual de todos os dias, à varredora da rua que ficou a deliciar-se, uma dose para levar logo para os meus e uns quantos para eu comer amanhã.
Toda eu era abóbora, farinha e com o cheiro intragável de fritos.
Já tomei uma banhoca, arejei a casa, estou cansada, vou almoçar e daqui a nada irei ter com os meus e animar a minha neta que ontem se fartou de chorar porque o seu gato Riscas foi atropelado e morreu. A mais nova não percebeu nada e
Bóbó nhum sei porque a mana e a mamã estão a "xuar" o Riscas estava só a domir.
Bóoooo estou triste.
Claro linda mas deixa lá e vais ver que um dia aparece outro gato mas tens que lhe dar outro nome.
Sabes Bó ele agora é mais uma estrelinha pequenina no céu e está ao pé do teu Pompom, porque as estrelinhas grandes são as pessoas que morrem.
Sabes mais do que avó, é isso mesmo linda.
Pois sei Bó e agora não vou chorar mais, mas tenho saudades dele e já disse ao Pai Natal.
Disseste? Mas como?
Ai Bó, tu não percebes nada, oh Bó antes de adormecer falei com ele e disse-lhe: Pai Natal eu não quero muitas prendas, só uma, um puzzle de 1000 peças porque a de 500 já sei de cor.
Ai sim linda e é um gato?
Eu não digo Bó, eu amo-te muito, mas não ouviste o que eu disse pois não?, achas que o Pai Natal trás gatos? ele só tem dois animais e são renas Bó, renas ouviste Bó?
Sim eu já as vi. Olha lá linda sempre foram visitar aqueles meninos que conhecem e que durante o ano vão lá?
Sim Bó e demos uns brinquedos todos "arranjadinhos" e um bolo que a mamã fez. Não dei o puzzle das 500 peças porque agora ando a ensinar a mana.
Gostaram? e levaram os 6 carrinhos que a avó mandou?
Sim levámos também e gostaram muito Bó, beijinhos Bó, mãeeeee toma a Bó Chefe linda, xau Bó!

Entre a realidade e o imaginário sempre foi o lema da minha vida e "A Razão dos Avós"* é ajudarem que os pais actuais não percam o rumo do conceito verdadeiro da família, da partilha, de sentimentos íntegros, neste mundo cão!

Só tenho pena de não vos pôr na boca de cada um de vós, um dos meus sonhos de abóbora, que, para além de comerem mais meia dúzia, ponderem e pensem que todos nós podemos e devemos mudar alguma coisinha na correria dos nossos dias!


* título do livro de Daniel Sampaio e que recebi como prenda de um grande amigo meu.
- a foto é do google

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Apesar dos pesares

toda a minha vida lutei com garra vivendo um dia de cada vez, enfrentando-os com a esperança, sonho, sorriso e doçura. Sentimentos que talvez consiga ilustrá-los com esta imagem

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Obama eleito figura do ano pela TIME


A escolha não surpreende, depois da extraordinária vitória presidencial de Barack Obama. (Sapo)



E aguardo com muita esperança que este jovem consiga mudar a América e fazer uma aliança mais humana e menos bélica com o mundo!

No Parlamento Europeu de uma Europa a 27, há gente a mais, inoperante e desacreditada que deveriam já ter arrumado as chuteiras dando o lugar aos jovens possuidores de novos horizontes

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Parabéns Odele e Flávia e

ao dar de caras com o post de Odele, não posso e nem consigo dizer o quer que seja apenas "simbolizar" o que nos une, o que nos faz lutar para uma resolução judicial e apesar de haver um oceano a nos separar e não nos conhecermos pessoalmente, consigo dizer, gritar bem alto:

Eu abraço-vos
Eu amo-vos
Eu estou sempre do vosso lado


Obs2: Coincidentemente também faço aniversário hoje, junto com Flavia.
Filha: Eu sei que já te disse isto muitas vezes, mas como você dizia que gostava de ouvir, vou repetir: Você foi e continua sendo, o melhor presente de aniversário que eu já ganhei.




para que ACREDITES, com toda a minha simplicidade...pega as flores que apanhei no campo da amizade, sonho, esperança e sorriso recheadas de abraços sinceros

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

SE...



Eu abraçasse
Tu abraçasses
Ele abraçasse
Nós abraçássemos
Vós abraçásseis
Eles abraçassem


não haveria tanto frio "no corpo e na alma" e vou-me enroscar no teu abraço.

Posso?

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Dia Mundial Contra a Sida



Ninguém nunca está tão bem que não precisa de ajuda, nem nunca está tão mal que não possa ajudar alguém.

(frase bíblica ou evangélica)

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Ao alcance de todos...


Já me perguntaram muitas vezes como consigo estar sempre a sorrir e o que é que eu faço para andar sempre contente.

Por defeito de fabrico os meus genes negam o negativismo das coisas e ao sorrir contagio quem me ouve, quem me rodeia e ao sentir isso, fico ainda mais feliz.
Quem sempre viveu em "crise financeira" é o melhor economista e gestor da sua vida económica e emocional.
Não é por acaso que vejo pessoas de parcos recursos, com percalços da vida, muito mais felizes tornando o seu espaço maior e aconchegante e pessoas mais abastadas, sem percalços mas tão tristes e arrogantes que tornam o seu espaço pequeno e desconfortante.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Alegria partilhada!


Deixo o tempo escrever no livro da minha vida. Nele constam folhas manchadas e tristes, outras belas e floridas e as mais especiais mantenho-as de cores vivas onde a alegria, o acreditar e o meu sorriso se pode pegar, acariciar e levar para onde eu quiser.


Ontem eras tão pequenina e sabes o quanto lutei por ti oh meu doce metro e quarenta e quatro de altura.
És forte, risonha, muito risonha, lutadora e trabalhadora, tal como a tua irmã.

Que surpresa tão boa e independentemente de tudo, as coisas boas devem ser partilhadas, como as más que nos aliviam o espírito.
Não queria acreditar na "boa nova" e as lágrimas de alegria foram tantas que nos inundámos uns aos outros na comunhão familiar que nos une.
"Bó a tia tem um bébe na barriga como a mamã teve a mana? sim linda e como também tu lá estiveste! Ai, ai Bó não me lembro nada de mim, só da mana".
Estás mais longe daqui mas nunca deixámos de estar tão perto e vai correr tudo bem!

VOU SER AVÓ PELA TERCEIRA VEZ.

domingo, 23 de novembro de 2008

O que sinto quando te leio...

Mensagens Para Orkut - MensagensMagicas.com

neste mundo de cabos...e saio tão cheia de TUDO!
Obrigado e desculpa se alguma vez a minha frontalidade foi inconveniente!

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Vasculhando Sótãos...







(À menina Flávia, por tudo aquilo que ela nos ensina, ali deitada em sua cama)



Quando o sorriso de uma criança se cala
Enquanto os sonhos escorrem pelo ralo,
E a dor da mãe é de um silêncio tão alto
Que grita mais que a dor do próprio parto;

Quando o viver passa a ser na lembrança
Daquilo que foi ou que poderia ter sido:
O primeiro passo, a primeiro dente caído
O dia de debutante, o dia da formatura...

E que agora foi para sempre apartado
Pelo descaso de uma triste fatalidade,
Pela imprudência de um mal terceiro
Que impunemente negligencia a vida.

Quando tudo isso ocorre dia após dia
Com José, Flávia, Pedro ou Maria...
É para que se aprenda alguma verdade,
Seja de solidariedade ou mesmo justiça:

Temos mãos que podem criar mudanças,
Coração e sentimentos capazes de unir,
E uma mente com a sabedoria necessária
Para aceitar aquilo que nos foi confiado.

Postado por Ramon de Alencar
Post de Odele de 30/11/2007


Nada é impossível de mudar










Desconfiai do mais trivial ,
na aparência singelo.
E examinai, sobretudo, o que parece habitual.
Suplicamos expressamente:
não aceiteis o que é de hábito como coisa natural,
pois em tempo de desordem sangrenta,
de confusão organizada, de arbitrariedade consciente,
de humanidade desumanizada,
nada deve parecer natural nada deve parecer impossível de mudar.

Bertolt Brecht
Post de Wind - 24 de Novembro de 2004











Perdida na neblina, forte e densa...
Porém, não se perdeu meu pensamento.
Pois quanto mais distante, mais se pensa,
Alguém que não se esquece um só momento!

Ousei sonhar... (que estava tão propensa!).
Dormindo e acordada, um sonho lento,
Nostalgia a me envolver, suave e imensa,
Levou-me para as nuvens, como o vento.

Procurei uma ilusão no nevoeiro,
Como se eu fosse, a tão doce menina,
Que se perdeu no ar, em algum lugar...

Após o que viveu, não quer se achar...
Amar é ver de novo o sol nascer,
Em meio à espessa névoa, sem querer!

Tere Penhabe
Santos, 05/02/2008

domingo, 9 de novembro de 2008

Parabéns Minha Neta


Hoje fazes 3 aninhos. No teu primeiro aniversário tiveste a mamã doente, no segundo eras tu minha linda que lutavas contra a "tossi" e uma malvada bronquiolite. Como me custou nesse dia assistir às duas sessões de ginástica respiratória.
Mas hoje estarei na tua festinha e como é doce, terno, apaixonante ouvir-te perguntar ao longo destes dias:

- Bóbó quées vir à minha feta? quées? Faço tês anos e espetas os teus dedinhos.


Como sempre disse, a história repete-se embora com personagens diferentes:
Por verem nos outros garotos, as minhas filhas gostavam de roupa de marca. Marca? não havia dinheiro. Por exemplo, comprava nas retrosarias a etiqueta da marca e pregava nas calças de ganga compradas na feira. Os miúdos 4/5/6/7 sabem lá distinguir as marcas e tanto rebentam o bom como o menos bom e deitar dinheiro à rua nunca foi a minha apologia de vida.
Já crescidas descobriram e entenderam que foram felizes e afinal as marcas pouco ou nada interessam sobretudo quando o dinheiro não dá para mais!

Esta minha neta adora o raio da gata Kitty. Nunca comprei nada (nem os pais) porque uma simples t-shirt de manga comprida com a gata estampada custa quase 20 euros, em peluche quase 18 euros e por aí fora. Nem pensar!
Comprei-lhe um conjunto nuns saldos: calça e uma camisola "cuderosa" por 5 euros. Ao passar numa loja chinesa vi uma carteirinha com duas gatas numa aplicação de tecido. Comprei, descosi as gatas de 50 cêntimos, lavei-as para ver se desbotavam e apliquei-as na camisola e numa perna da calça.
Pouco ou nada me interessa o não ser da "marca" só sei que vai gostar e isso já me faz muito feliz.
Amo-te muito minha neta!

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Burros ao volante!


Um belo dia vai um homem de carro quando passa por ele em sentido contrário uma mulher que faz sinais de luzes e grita:
- Cuidado...BURRO!
À qual o homem respondeu de imediato:
- GRANDE P**A!
Seguindo viagem satisfeito consigo próprio pela resposta bem dada a mulher, até que, e logo na primeira curva, ao sair dela depara com um burro a atravessar a estrada com o qual acaba por chocar.
Morreu o animal mas a besta continua viva.
(recebido por email)

Já me aconteceu com uma vaca, e hoje foi com um cavalo que estava ferido no focinho e já tinha conhecido melhores dias.
Fui insultada uma vez mais e retornei ao mesmo caminho para ver se o bicho continuava especado naquela curva tão perigosa, mas o que vi foi a carrinha e os quatro machões atolados num monte de lama no lado contrário. Nada de grave!
O palerma do condutor reconheceu-me e pediu-me desculpa!
Acho que a maioria dos condutores só aprende "regras de civismo" batendo com as trombas na torneira. O pior é quando lixam a vida aos outros!
Tal como as guerrinhas de não deixarem entrar na fila do pára-arranca, não respeitar velocidades, não beber, não fazer manobras perigosas, não respeitar a sinalização etc.!

Chiça que é por demais!

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

A Razão dos Avós - Daniel Sampaio

Porque tenho todos os livros deste psiquiatra, porque foram uma ajuda importante no meu papel duplo de mãe e pai, será a minha prenda de Natal e de aniversário a mim própria.



"É de especial interesse para avós, pais e educadores, que nestas páginas poderão encontrar algumas respostas às suas inquietações."






Igualmente nas esquinas da vida as voltas foram trocadas, sou quatro vezes avó com algumas inquietações (o avô paterno continua num lar, totalmente dependente), e como tal, irei ler para aprender um pouco mais e ganhar forças para a minha tarefa gratificante mas não repartida, até ao dia do embarque marcado pelo destino no meu passaporte de vida.

Hoje vou ao colégio tomar o "mata-bicho" com as duas e logo à noite vou ficar um bocadão com elas para os papás irem namorar.
Banhoca, paparoca, brincadeira e alguns videos já guardados aqui e que gentilmente me foram enviados, até que as venham buscar.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Barack Obama - Novo Presidente dos EUA

Barack Obama actualmente com 47 anos,
sabe que encontrará um legado difícil, mas rodeado com o que de melhor a América tem, irá fazer a mudança para que seja um país menos belicista e mais humanista e deixo algumas palavras suas:


"Celebramos esta noite, mas sabemos que os desafios que o amanhã trará são os maiores de nossa era: duas guerras, um planeta em perigo, a pior crise financeira num século", destacou.

Obama recordou ainda os soldados americanos no Iraque e Afeganistão.

"Há novos trabalhos para criar, novas escolas para construir, ameaças a conter, alianças que reparar".

Parabéns a todos os americanos que uma vez mais deram uma lição ao mundo, queriam mudança e fizeram-no dando o seu voto.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Tive que rir à gargalhada...



Num avião que estava prestes a despenhar-se, viajavam 5 passageiros, mas só existiam 4 pára-quedas.
O 1º passageiro diz:
- Eu sou Kobe Bryant, o melhor jogador da NBA, e os Lakers precisam de mim, por isso não posso morrer.
Assim, apanha um dos pára-quedas e atira-se do avião.
O 2º passageiro, era Hillary Clinton que diz:
- Eu sou a mulher de um ex-presidente dos EU, sou senadora do Estado de NY e uma potencial futura presidente.
Assim, apanha o 2º pára-quedas e também se atira do avião.
O 3º passageiro, George W. Bush, diz:
- Eu sou o presidente dos EU, tenho grande responsabilidade sendo líder de uma super-potência, e sou o mais inteligente presidente da história americana, pelo que o povo americano não permitirá que eu morra.
Agarra o 3º para-quedas e atira-se do avião.
O 4º passageiro era o Papa João Paulo II, que diz para o 5º passageiro, uma aluna da escola primária com 10 anos:
- Eu sou um homem velho e fraco e já não me restam muitos anos, e como católico sacrificarei a minha vida e deixarei que sejas tu, minha menina, a ficar com o último pára-quedas.
A menina sorri e diz:
- Não há problema, há um pára-quedas para mim e outro para ti!
O mais inteligente presidente da história americana levou a minha mochila da escola.

(recebido por email)

sábado, 1 de novembro de 2008

Goiabas










Indo pela rua, não sei bem porquê, senti o cheiro das goiabas da minha terra. Parei, tal gato farejando ao sabor do vento, e verifiquei que vinham de umas bagas de uma árvore.
Completamente diferentes das goiabeiras, não as apanhei nem as comi como é óbvio, mas por momentos e apenas pelo olfacto matei saudades de um fruto da minha terra ficando de alma cheia e com um sorriso plantado no rosto!

sábado, 25 de outubro de 2008

Mudança da Hora





Na próxima madrugada os relógios atrasam uma hora às 02:00 em Portugal continental, entrando-se na chamada Hora de Inverno, proporcionando mais uma hora de sono ou de trabalho, conforme o caso.

Nos Açores a mudança da hora ocorre às 01:00 locais (02:00 em Lisboa).



Com a mudança da hora amanhece mais cedo mas em contrapartida anoitece mais cedo, o que pode provocar pequenas perturbações devido a alterações de ritmos, sobretudo em crianças.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Parabéns minha mãe!

Hoje fazes 79 anitos. Sei que não queres nada e com amargura dizes que não queres ninguém, porque sabes que tens a tua prol separada mas que todos te irão telefonar e logo à tarde irei dar-te um abraço enorme em nome de todos. Depois também sei que terás as tuas vizinhas, amigas sempre presentes.
Depois, no sábado iremos almoçar a casa da tua neta onde nos juntamos os oito de sempre, eu, tu, as duas netas e netos e as duas bisnetas!
Também não queres bolo nenhum!
De qualquer forma...











Mas o que tu não sabes mãe é que vais ter um bolo de aniversário com velas e tudo, que virá do norte o teu filho e nora, e de Lisboa a tua filha, genro e netos. A outra e o marido não virão. Paciência!
Desta vez queres fazer uma feijoada
à tua moda e hoje levar-te-ei o que me pedistes.
Mas o que tu não sabes é que a tua neta teve a mesma ideia da feijoada por saber que os tios adoram e aflita perguntou-me e agora mãe? deixa a avó fazer para os oito e tu farás para mais seis.

É norma que quando nos juntamos cada um leva alguma coisa para não pesar só na carteira de um e metida nesta confusão da distribuição já fiz as devidas sugestões.

Um resto de dia feliz minha mãe e sabes que te amo muito, mas no sábado será melhor e terás o teu champanhe preferido para festejares a melhor prenda que te podemos dar: teres o teu rebanho à tua volta embora com algumas ovelhas tresmalhadas.

domingo, 19 de outubro de 2008

Vasculhando Sótãos...

do mfc








Ao olhar para esta foto, por um pequeno pormenor, lembrei-me imediatamente de uma das brincadeiras de meninice predilectas... era o jogarmos às escondidas (também se brincava aos médicos e enfermeiros, mas isso é outra história!!). Primeiro arranjar um local diferente que não fosse óbvio; em segundo lugar tinha que ser relativamente perto do sítio onde nos "livrávamos", no caso de sermos descobertos, correndo primeiro que o descobridor para o sítio pré estabelecido. Eram horas naquilo!! Ampliem a foto e tentem descobrir o pormenor que me fez recordar tudo isto.
31/10/2005


da Mushu












Destrava línguas
Compadre compre pouca capa parda porque quem pouca capa parda compra pouca capa parda gasta. Eu pouca capa parda comprei e pouca capa parda gastei.
Fom fim fe femana....
10/07/2005

do Toze















Prato do Dia
Robalo à Provençal
27/02/2006

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Porque usas esse nickname?





(foto do google)







Fatyly - Acabadinha de nascer foi o diminutivo dado pelo meu pai. Ficou colado até hoje a esta "pestinha".
Os "y" foram criados por mim na idade do armário ou da parvoeira. Tinha mais estilo, mais afirmação junto dos colegas e amigos, na época em que existiam os famosos "livros de autógrafos".
Parvoice ou não também aqui na internet só foi aceite assim, porque negava os "i".

Agora é a tua vez...ora diz lá!

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Curtidos pelo tempo











Eles detestam calçado e elas adoram aneís de prata.
Ambos são tão magros mas não param quietos.
Eles já percorreram o suficiente para dizer que deram cinquenta e sete vezes a volta ao mundo.
Elas sorriem, tão felizes porque sempre os acompanharam.
Casal perfeito, cansados e gastos mas que continuam o seu caminho.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

A Casa...




... cantava com as minhas filhas num jogo inventado por mim: fazer e apagar os desenhos, em que a maioria das letras saiam da minha imaginação.
Tempos que não voltam mais mas sabe bem ver e ouvir a passagem do testemunho desses momentos inesquecíveis!

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Outubreiras...










Fui cantar as Janeiras
para os lados de S.Bento
que não façam asneiras
e dêem-nos mais sustento!

A mim se juntaram mais
o governo ficou aflito
fugiram todos aos ais
ao som do meu apito!

Sei que não canto bem
mas entrei no parlamento
adivinhem quem lá vem
uma rabanada de vento!

Alto aí Sr. Vento
onde julga que vai?
vou ver se afugento
aquele que é o pai!

Mas que cadeiras fofinhas
agora é que os percebo
andaram a fazer sestinhas
e mentiras que não concebo.

Preferimos ficar cá fora
vendo quem vai entrar
vamos todos cantar agora
as "Outubreiras" a berrar!

Abre o teu olho oh Camões
diz ao Pessoa que venha cá
pede a Al Berto os melões
o Zeca que os mande p'ra lá!

Peguem todos no "Magalhães"
e nas Novas Oportunidades
correr com tantos aldrabões
imperar a "lei" das verdades!

Portugal vai serenar
sair deste turbilhão
e de novo vai voar
com o sonho no coração!










Fatyly - 2008

Mais uma letra: do Paulo

Como vai este país
tu bem sabes sim senhor
chega-te a mostarda ao nariz
e arrasas seja quem for

Se eles pensam que és ceguinha
e que te enganam de um pé prá mão
poderão experimentar a vassourinha
com toda a força no alto da pinha
até chegaram com a cabeça ao chão

E que não se atrevam a duvidar
da experiência que é só tua
que mesmo no meio da rua
os podes fazer calar
e pensar em governar

Já não entras em conversas da treta
nem em quaisquer ovações
porque neste planeta
onde Portugal é perneta
se semeiam desilusões

Por isso há muito foste eleita
pela blogosfera em geral
para cortares qualquer maleita
nem que tenhas de ficar desfeita
desta governação infernal

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Pensamento meu...











Nunca é demais saber esperar por melhores dias que já vislumbro no horizonte!

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Recordar é viver!

Anos 60/70...ai, ai se aquela mangueira, coqueiro, cajueiro, gagageira ou até a goiabeira falassem eu hoje era um batido de frutas!

domingo, 28 de setembro de 2008

Paul Newman



























Ontem morreu um dos meus actores preferidos.
Vi quase todos os seus filmes e mesmo velhote fez um papel magnífico "Nas palavras que nunca te direi". Lia sempre as suas "irreverências" e uma delas era que jamais deixaria o seu cigarro.
Em Agosto deste ano e depois de uma secção de quimioterapia a um cancro do pulmão quis ir para casa onde vivia com a sua mulher com quem era casado desde 1958.
Tinha 83 anos!
Obrigado Paul pela obra que deixaste e que não me canso de ver!

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Pensamento meu...














Sem nunca abrir mão do que acredito, miro o alvo certo e chuto os problemas da vida que teimosamente nos atordoam a todos!

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Aprendi que...











"A Vida é mais simples quando pensamos menos nela"!
frase de:Paul Pearsall

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Dia Europeu Sem Carros

Um dia é absurdo...
quando deveriamos pensar...
E no exagerado do consumo?...
pense antes de comprar...





















imagens do noVitá - 10/09/2009

domingo, 21 de setembro de 2008

Ana e o Rei!

Um filme de 1999 que estive a ver e gostei muito!














Sinopse
Em 1860, a inglesa Anna Leonowens (Jodie Foster), viúva, viaja até o Sião para ser tutora dos 58 filhos do Rei Mongkut (Chow Yun-Fat). Divergências, choque de culturas e até o início de um romance marcam o relacionamento entre Anna e Mongkut.
Foi graças a este "amor" num choque de culturas que foi abolida a escravatura.

Ficou-me na cabeça uma frase dita pelo rei:

"Quando uma mulher tem a cabeça cheia, o seu silêncio é ensurdecedor!"

sábado, 20 de setembro de 2008

Pensamento meu...














Sempre gostei de observar o que me rodeia, adormecer a transformar o que vi num exercício quase diário.

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Tabuletas de Portugal!

Quem disse que a vida está cara?










Aqui o Domingo deixou de ser dia!

domingo, 14 de setembro de 2008

Roger Waters e Scorpions

Mother


Still Loving You

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

11 de Setembro de 2001

O dia em que o mundo parou e mudou para pior...









O meu silêncio às vítimas deste dia tão trágico e a todas que neste anos tombaram e tombarão inocentemente pela maldita "sede de vingança".

But...I HAVE A DREAM!!!!

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Chapeú de uma vida!













Não foi um problema, mas uma enxurrada deles!
Nunca baixei os olhos do céu azul e radioso da esperança, agarrando com força e determinação o cabo do lutar, do ser capaz, do acreditar, do vencer, do sorrir, vendo o cinzentismo de cada um escoar valeta abaixo!
Uma vez mais fechei o meu chapéu porque a Vida é feita de "gomos" uns mais doces e fáceis e outros bem difíceis de serem tragados, mas há que valorizar o que é bom, aprender com os erros e a viver um dia de cada vez!

Mesmo que não acredites, luta e verás que o sol volta sempre a brilhar


Queres o meu chapéu ou já tens um?


(foto roubada descaradamente da Vi)