segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Vasculhando Sótãos...

Cidade do Cagalhão - de: O PreDatado - 20/12/2003

Não vou falar das outras cidades. É nesta que me movimento, srª D. Maria Emília.. É na cidade de Almada que faço a minha vida, Srª D. Maria Emília. Talvez a senhora só se movimente a pé quando acompanha tudo quanto é autoridade governamental para fazer inaugurações. Mas eu, srª D. Maria Emília não tenho carro com motorista de serviço para me deixar onde eu quero e por isso tenho de me deslocar a pé. Mas esse não é o mal.. O mal é o meu pescoço e a minha cabeça srª D. Maria Emília. Pode perguntar o que têm os seus pés a ver com o pescoço e com a cabeça? Então eu explico srª D. Maria Emília... é que eu não consigo andar a pé em Almada sem andar a olhar para o chão.. nem imagina quanto isso me dá cabo do meu já bem mal tratado pescoço. Não, não tenho medo de mostra a cara srª D. Maria Emília... tenho os impostos em dia! Só que ao contrário de outras pessoas, não posso afirmar "Saio à rua de cabeça levantada". É que se o fizer acabo por pisar tudo quanto é cagalhão de cachorro por essas ruas de Almada. (Já agora a titulo de parêntesis lhe digo que me queixo da cabeça, porque este meu movimento de andar sempre a olhar para o chão não me deixa ver os postes de electricidade nem os sinais de transito, e vai daí ... é cada galo na cabeça). Pois srª D. Maria Emília, a Srª até pode argumentar que não são os seus cãezinhos que cagam na rua. Pois bem. Mas os meus é que não são, porque eu nem tenho cães. Também lhe posso afirmar, sem qualquer possibilidade de ser desmentido, que eu não sou Presidente da Câmara. A srª D. Maria Emília é que é. Se não há leis que obriguem os donos dos cachorrinhos a limpar a merda que eles fazem, então srª D. Maria Emília, mande limpar os passeios. E todos os dias, não é só quando há inaugurações (ou eleições), entende? Mas se há leis, faça cumpri-las. Eu é que já não aguento mais as dores de pescoço!!!

PS. 1. Hoje tive a infeliz ideia de levantar a cabeça para cumprimentar na rua um dos seus vereadores, meu conhecido. Resultado: Caguei os sapatos!

PS. 2. Este recado é também para o sr. Alfredo Monteiro. É que, apesar de eu fazer praticamente toda a minha vida diária no concelho de Almada, resido no do Seixal. E, sr. Alfredo Monteiro, sorte minha eu não conhecer nenhum vereador do seu elenco. Já viu quantas vezes eu teria de limpar a merda dos pés por dia?


A merda do costume - de: Kruzes Kanhoto - 21/03/2008















Por insistência de alguns leitores, na verdade foi só um (...) volto hoje ao tema que notabilizou este blog e fez dele o décimo mais lido de Estremoz. O que até nem é mau porque apenas há nove e um deles é só para imbecis, perdão para convidados.

Como se constata, as autoridades a quem compete fazer cumprir a lei quanto à circulação de canídeos na via pública manifestam uma tolerância inusitada relativamente aos donos dos ditos. Não há notícia da aplicação de uma única coima por os animais passearem na via pública sem açaimo e/ou sem trela, nem tão-pouco por os donos não recolherem os dejectos que os seus amados bichinhos vão largando na via pública. Que por acaso até é de todos.

Meus irmãos















Portugal é lindo mas só uma "parte deste tamanho" é isento de "poias de cães", mas não se preocupem porque onde ides passar foi tudo revisto e removido!

(meu)

(não pus os links porque não deu, mas os blogues estão na barra lateral)

domingo, 28 de novembro de 2010

sábado, 27 de novembro de 2010

Marinho Pinto reeleito com maioria absoluta











Como bastonário incomou muita gente, alterou e pôs ordem na "Ordem dos Advogados", criticado e perseguido por vários para não dizer imensos ilustres da nossa praça, que em debates disseram o que disseram e afinal algo mudou neste país.

Cada um que tire a sua ilação.

PARABÉNS DR.MARINHO PINTO e nunca deixe de ser a figura controversa mas frontal, verdadeira e "sem medos" que foi durante o anterior mandato.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Engodo ou será impressão minha?





Não há nenhum programa de entretenimento desde a RTP até à TVI que não instiguem o consumidor a ligar para o 760..., "e ligue, insista, cole o número no espelho, na porta, vá lá, quanto mais insistir verá isto e mais aquilo, e...e...no final ainda pode ganhar um carro".
Para ter uma ideia vi "pedaços" de quase todos e raramente apresentam assuntos com conteúdo cultural mas muitos de "baixo astral"!
Não tenho pachorra para os ver e muito menos embarcar em telefonemas para os 760...
Só fiz três chamados 0,60€ + IVA, "no apelo para ajudar a Madeira, o Haiti, e outro julgo da AMI" e não me recordo se foi inserido nestes programas ou em "directos".
A culpa não é dos programas pois os concursos têm "regulamentos" e só embarca quem quer!
Em todas as operadoras há pacotes "com chamadas gratuitas" mas nenhuma contempla o 760..., já que é de todo o interesse que ninguém diga nada a ninguém, ou que explique por exemplo a quem tem mais dificuldade em perceber o engodo, que o exagero deste tipo de chamadas, numa tentativa desesperada de...pode levar a facturas astronómicas e sem qualquer resultado de ser o(a) feliz contemplado!
Embora com as mesmas dúvidas e probabilidades, se querem tentar a sorte, que joguem 2€ por semana no Euro Milhões, no final do mês serão 8€ (que parte reverte para instituições da Stª.Casa, será?)) e não alimentar burros a pão-de-ló porque sempre fui muito céptica com este tipo de concursos e ou votações para concorrentes!

Como também nunca joguei nas máquinas dos casinos, nem faço a mínima ideia como são, só sei que se perde muito dinheiro, ou seja...não compensa!

A meu ver, e se estiver enganada corrijam pf, já está tudo previamente cozinhado!

domingo, 21 de novembro de 2010

Sintra troca iluminação de Natal por apoio social



"O aumento dos pedidos de ajuda levou algumas juntas de freguesia de Sintra a abdicarem da tradicional da iluminação de Natal para, em vez disso, comprarem bens alimentares e ajudar famílias carenciadas." (Diário Digital/Lusa)



Adoro o Natal, mas aplaudo de pé uma medida que subscrevo inteiramente.

Porque o exemplo tem de vir de cima, lamento que sejam apenas "ALGUMAS" (já tiveram o meu protesto) quando deveriam ser "TODAS AS JUNTAS DE FREGUESIA DE NORTE A SUL DO PAÍS".

O mesmo aplicaria ao tradicional fogo de artificio do fim do ano que para mim o som, maldito som que não esqueço é como "brincar às guerras"!

Sim é verdade, temos pela frente uma outra guerra, mas se cada um de nós "bater o pé junto da sua Junta e Câmara Municipal" por esta e outras medidas e denunciar/lutar contra a roubalheira que se sabe mas que teimosamente continuam a viver à grande e à francesa à custa de quem agora envergonhadamente "estende a mão", ACREDITO que sairemos do buraco onde nos meteram.

O mesmo deveremos fazer perante instituições - como funcionan, quem são, e o que fazem? e aqui englobo também todas as religiões versus igrejas!

Concordas? então mãos à obra e não "guardemos para amanhã o que poderemos fazer hoje!

(foto de Pedro Macieira-Blogue Rio das Maçãs)

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Gosto...














Gosto de observar o mundo que me rodeia, fechar os olhos, adormecer a transformar o que vi. É um exercício quase diário mas que não abro mão!

Gosto muito de mim como sou, com imensos defeitos e qualidades mas com "um sótão" arrumado, organizado e bem resolvido dentro de gavetas que só são abertas pela positiva, porque as outras teimo em que fiquem perras.

Gosto de estar a par do que se passa nos meus dois países - o que me deu colo e o que me acolheu, mas sinceramente por já ter visto a mesma dança política e actual, já não tenho pachorra de os ouvir e não sofro por antecipação.

Gosto dos meus e por eles virava tigre assanhado e violento.

Gosto deste Senhor e do que o seu sorriso me transmite e como gostaria de o ver perto nem que fosse por segundos, agora que estará dois dias em Portugal e dizer: ainda bem que há homens como tu e deixo como exemplo "partes de um artigo muito interessante que li" de quem pensa como eu :












"Com a eleição histórica do primeiro negro a ser presidente da maior potência mundial, os Estados Unidos da América e o mundo se curvaram diante do sorriso de Barak Obama. Craque em oratória e dono de um carisma contagiante, Obama teve uma trajetória meteórica na política americana, alcançado a presidência dos Estados Unidos em pouco mais de dez anos de carreira política.

(...)Precisamos vencer preconceitos e mudar radicalmente os paradigmas atuais. Nossa sociedade precisa urgentemente diminuir a distância entre as classes sociais, a fim de que cada um tenha acesso à sua parte do “bolo”.(...)

Espero que o “sorriso de Obama”, nos ajude a trilhar esse caminho.

Julian Faria. (DAQUI)

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Rentrés políticas...



















e o POVO é que PAGA!

sábado, 13 de novembro de 2010

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Procedimentos!



















Dizes mal de tudo
que faz a sociedade,
dos familiares, dos amigos
até dos vizinhos
que não conheces
dos animais, da natureza
até do que não percebes!

Faz tu melhor
o que apontas aos outros
Faz tu melhor
no espaço que ocupas
Faz tu melhor
sem mágoas e lamentos
mas dando exemplos!

Pega na pá com o coração
amanha a terra do teu ser
ao teu jeito verás
que tudo na vida
tem a sua razão de ser!

Que ninguém é perfeito
que a tua imperfeição
é maior, bem maior
do que d'aqueles
que queres ver
no chão!

e Eu? sim eu...
imperfeita como sou
sempre fiz
da areia da praia
a minha cama
do mar calmo ou bravio
o meu lençol
ilumino o meu caminho
com o brilho do sol!

Nas noites escuras
peço à lua um carinho
e com um sorriso
de criança
num corpo envelhecido
adormeço na esperança
que aprendas comigo!

Fatyly
(2008)

terça-feira, 9 de novembro de 2010

PARABÉNS MINHA NETA




















pelos teus lindos cinco aninhos. Esta semana continuarás comigo, mas hoje vou levar-te à escola para lanchares com os teus coleguinhas e com a mana, e cantarem os parabéns com muita, mas muita alegria.

A mamã vai lá ter e depois ao jantar será com o papá.

Amo-te muito meu amor!

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Pão por Deus!



















Um dia em que a pequena anda de porta em porta a pedir. Muitos recusam e outros, nomeadamente nos meios mais pequenos, vê-se os velhotes sentados à porta à espera dessa lufada de ar fresco.

Lembro-me do grupo das minhas que tantas vezes o fizeram e hoje por aqui são pouquíssimos os que aparecem.

Sempre soube desta tradição mas só há bem pouco tempo li a sua verdadeira origem na Wikipédia que é a seguinte:

"(...)Com o passar do Tempo, o Pão-por-Deus sofreu algumas alterações, os meninos que batem de porta em porta podem receber dinheiro, rebuçados ou chocolates. Esta actividade é principalmente realizada nos arredores de Lisboa, relembrando o que aconteceu no dia 1 de Novembro de 1755, aquando do terramoto de Lisboa, em que as pessoas que viram todos os seus bens serem destruídos na catástrofe, tiveram que pedir "pão-por-Deus" nas localidades que não tinham sofrido danos.(...)"

Se vos baterem à porta não neguem porque felizmente ainda há pardais puros e inocentes e "Faça o que puder, com o que tiver, onde estiver.(Theodore Roosevelt)" .

Também quero, truz, truz...amigo ou amiga...Pão por Deus, o que me darás?

(imagem Google)