quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Falando da Gripe



"A gripe asiática teve origem na China, mas em menos de 10 meses espalhou-se por todo o mundo. Entre 1957 e 1958, cerca de um milhão de pessoas morreram. A OMS admite que esta gripe possa ter afectado até 80 por cento da população mundial."

Sobre a actual pandemia da gripe A (H1N1) muito se tem falado e a meu ver o Ministério da Saúde tem sido exemplar.
"Pandemia" significa "Surto de uma doença, neste caso viral, com distribuição geográfica muito alargada" mas não significa que a mesma seja mais letal. Isto tem trazido imensa confusão às pessoas e o pior de tudo é que na falta de informação gera-se o "pânico" e numa de "tá-se bem meu" não tomam os devidos cuidados para não contaminar os outros ou para não serem contaminados.

Na segunda-feira quando nos juntámos na minha mãe, falou-se da febre ou gripe asiática de 1957. Aí ela contou o que ocorreu na nossa casa: A minha irmã mais velha apanhou, pegou à minha mãe e por sua vez a mim e ao meu irmão (os mais novos ainda não eram nascidos) e estivemos todos de molho. O meu pai e a nossa MR não apanharam e trataram de nós. Morreram milhares de pessoas!
Fui a mais atacada e se fosse hoje teria tido o rótulo " prognóstico reservado". No meio da converseta saiu-me esta: possa mãe eu era a pior em tudo até nisso? sinceramente não me lembro de nada, tinha eu 4 anos! Ah pois eras filha e pregaste-me um grande susto porque morreram milhares de pessoas!

Na actual Gripe A previa-se que iria afectar os mais velhos a partir dos 55 anos o que não está a ocorrer, excepto se têm por base complicações graves como cancro, etc. Os cientistas debruçam-se sobre a hipótese - ainda nada comprovado - de quem teve a gripe asiática de 1957 possa estar mais imune ao virús da Gripe A, já que este é uma mutação do virús de 1957.
Aguardarei pela evolução!

Não tenho medo, mas preocupo-me com os meus, faço a minha vida normal sem entrar em paranóia tomando as devidas precauções mais que divulgadas, as mesmas que sempre tive e ensinei como indicadores de uma boa educação.

"Noto que já muitos tomam precauções e respeitam os outros, mas foi preciso o porco ensinar ao humano para não ser porco!!!!

14 comentários:

  1. Sinceramente por enquanto não estou muito preocupada, mas um pouco receosa por Setembro e Outubro, devido à minha profissão, que sabes qual é e ao contacto que tenho:)
    Achei imensa piada à tua última frase.lololol
    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Todo o cuidado é pouco.

    Há que evitar a gripe A.

    Falo por mim que nâo queria nada que me batesse á porta.

    Com os problemas que tenho de saúde nâo vai ser nada bom.

    beijocas

    ResponderEliminar
  3. Preocupada?
    Mais com os pequenitos!

    Até agora nada se alterou, mas o pior ainda não chegou, não é?
    A ver vamos!

    ResponderEliminar
  4. Cronologia das grandes gripes mundiais:

    - Gripe Espanhola: 1917/18
    - Gripe Asiática: 1957/58
    - Gripe de Hong Kong: 1968/69

    Qualquer uma delas com elevado grau de mortalidade.

    E andamos nós, agora, quase em paranóia com a Gripe A(H1N1)...

    Cautela e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém mas vamos com calma.

    ResponderEliminar
  5. Lembro-me bem da asiática, até porque não a apanhei e tive uns dias de férias extra já que o meu liceu encerrou uma ou duas semanas.
    Quanto à gripe A, para além dos cuidados essenciais, que fazer?
    A gente não se pode meter dentro de uma redoma.
    E há por aí muita especulação e alarmismo e, se calhar, muitos interesses obscuros escondidos.
    Vamos a ver no que isto tudo dá...

    ResponderEliminar
  6. Wind
    Concordo contigo mas a meu ver hoje estamos todos expostos e só me preocupa o pânico que poderá originar o entupimento de "uma boa triagem".
    Mas até pode ocorrer que o virús queira ir dar uma volta ou "adormecer"lolll

    Sideny
    Tens razão mas ACREDITO que ela não te baterá à porta, já chega os problemas que tens e vai correr tudo bem linda, não desanimes sim?

    Boop
    Os cientistas dizem que poderá haver maior fluxo em Outubro e como já disse só tenho receio do pânico que se possa genelarizar, porque será uma época de gripes e a confusão instalar-se. Acho que se os pais respeitarem as regras como sempre respeitaram, embora reconheça que há quem facilite demais: as crianças com febre, ou que tiveram durante a noite e mesmo de manhã não tendo (deverão aguardar um dia ou dois)não devem ir para o colégio... tudo vai correr bem e até poderá ocorrer que o virús desapareça pura e simplesmente.
    Com a gripe das aves, mais letal porque transmitia-se até pelo consumo da carne, previa-se que...e foi travada a tempo.

    Beijocas a todos e tenhamos calma

    ResponderEliminar
  7. Observador
    A "paranóia" instala-se sempre que aparece um virús novo que o nosso organismo não reconhece e claro que sim, há que haver calma já que a comunidade cientifica está a corresponder e este será mais um a ser combatido, para não dizer irradicado. A natureza é assim!

    Peciscas
    Para além dos cuidados especiais que devemos ter sempre, julgo que são mais EDUCACIONAIS:) não há mais nada a fazer e viver a vida normalmente e o que for soará!

    Beijocas e tenhamos calma:)

    ResponderEliminar
  8. Mfc
    Também eu, aliás como sempre enfrentei tudo com a calma necessária caso contrário...enfim!

    Beijocas e obrigado

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. Querida Fatyly

    Por cá vou tomando umas "pastilhas" do Sol da Caparica e dos ares do Pinhal d'El Rei e escrevendo o que a inspiração dá e fotografando ao ritmo da imaginação.

    Ahhhh! E numa partilha permanente de quereres e sentires à volta de uma mesa, numa viagem, mesmo cavalgando na imaginação...

    Um dia destes uma amiga perguntou-me se eu já tinha aderido à moda das vénias... ao que eu respondi "Não! Beijinhos, sim!".

    Um beijinho grande.


    notinha: o meu avô materno foi uma das vítimas da gripe espanhola, conhecida também por pneumónica, em tempos e sítios onde os meios de cura eram inexistentes...

    ResponderEliminar
  11. Bem, cautelas e caldos de galinha, nunca fizeram mal a ninguém.
    Há que tomar os cuidados necessários, sem exageros.
    Pelo menos é o que eu tento fazer, já que sou considerada uma "pessoa de risco" e sendo assim, não quero que corras o risco... de me perder.(lol).
    Um abraço grande e virtual, até ver.

    :D

    ResponderEliminar
  12. Vicktor
    tens razão as pastilhas da natreza são as melhores e como sabem bem os beijinhos não é?
    A pneumónica...outro flagelo:(

    Beijocas e obrigado e com calma venceremos tudo:)

    ResponderEliminar
  13. Kao
    Hoje tive que ir ao Centro de Saúde pedir uma receita para a minha mãe e enquanto esperei apreciei( como sempre faço) o comportamento das pessoas...e mudaram bastante, a começar pelas janelas das salas totalmente abertas, onde por vezes mal se podia respirar!
    Claro que devemos ter precuações, mas "as normas actuais" já as pratico desde miúda pela boa educação que tive e CLARO QUE NÃO TE QUERO PERDER, POUPA-ME SIM? E AGUENTA-TE PÁ loll

    Beijocas e força que não vai ser nada de grave

    ResponderEliminar