terça-feira, 22 de setembro de 2009

UM GESTO

porque vi várias vezes o filme Ghost - O Espírito do Amor, com Patrick Swayze, Demi Moore e Whoopi Goldberg...

porque é um romance...belíssimo e comovente... e ao ouvir esta versão de Unchained Melody dos Righteous Brothers danço mesmo sózinha e sem sair do lugar, porque apesar de não parecer sou romântica...

Como tal...



Ofereço-te esta melodia com toda a minha amizade!

ACEITAS?

18 comentários:

  1. Olá

    Claro que aceito.

    Peco por ser romãntica de mais.
    Tocou-me!
    Obrigada pelo belo momento!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  2. Também gosto.

    Muito obrigada:))

    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Como assim, não parecer? Pois a mim parece romântica, tem afetividade familiar, apego as coisas simples, nostalgia dos momentos vividos, entre outras coisas, mas principalmente: candura na alma! Acho que já estou aprendi algumas coisas sobre você. Beijus

    ResponderEliminar
  4. Não só aceito, como agradeço.
    Esta melodia também a mim sempre me encanta quando a ouço.
    Pois... Acho que também sou um lamechas (romântico?) incorrigível...

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pela música:)
    É linda:)
    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Obrigado por este momento de ternura tão bonito!

    ResponderEliminar
  7. Aqui em casa, éramos completamente "vidradas" no Patrick Swaize.
    Vê, com ele, (se ainda não viste)"A Cidade da Esperança" (de 1992).
    Ele faz o papel de um médico americano, que parte para a Índia (o filme é passado em Calcutá)...
    Vê porque é mesmo lindíssimo!
    Não o vais ver dançar (algo que fazia divinamente. O Dirty Dancing está roto de tanto ser visto, ainda hoje).
    Vais vê-lo a interpretar um papel notável, e toda a realidade, toda aquela pobreza, vais vê-lo a desenvolver medicina em condições terríveis e como ele se encontra, doído e amargurado pelo que lhe havia acontecido, de como ele decide largar tudo e lava a alma, por se sentir tão culpado...e se descobre.
    Vê-se com imensa emoção, do princípio ao fim.

    Um beijinho enorme e obrigada por este bocadinho das tuas "três Pickles"

    ResponderEliminar
  8. Mona Lisa
    Obrigado por aceitares e deixa lá que não pecas nada em ser romântica de mais:)

    Sideny
    Ainda bem lindona:)

    Beijocas e um bom dia

    ResponderEliminar
  9. Boop
    Obrigado por aceitares ;)

    Luma
    Acertaste em cheio e já me vais conhecendo através dos meus comentários que são autênticos relatórios heheheh, mas dou-te os parabéns pelo teu magnífico blog que gosto muito de ler!

    Beijocas e um bom dia

    ResponderEliminar
  10. Observador
    de facto é super bonita e ainda bem que gostaste:)

    Peciscas
    Ainda bem meu amigo e tu lamechas? não acho, acho-te romântico e tem algum mal? ora bem continua a ser sem qualquer vergonha porque é lindo de se ver e sobretudo de sentir pelos que te rodeiam:)))

    Beijocas e um bom dia

    ResponderEliminar
  11. Wind
    De nada fofinha e ainda bem que gostaste. É linda sim senhora:)

    Sara
    Neste mundo conturbado temos que saber distribuir "ternura" e ainda bem que gostaste:)

    Beijocas e um bom dia

    ResponderEliminar
  12. Cris
    olha a minha fiota, sim já vi esse filme, gostei muito e é de facto deveras emotivo. Apesar de todos eles mostrarem os dotes de Patrick como actor e exímio bailarino a que ficou para sempre na minha memória foi a série televisiva "Norte e Sul":) Gostava dele, mas em termos de "vidração" heheheh continuo no Richard Gere e António Fagundes, menina como estou velha né? lolll
    Obrigadão:)

    Beijos às três e um bom dia

    ResponderEliminar
  13. Ai, sua "maluka"...rssss... quando falei em sermos vidradas no Patrick Swaize, era como dançarino :)
    Quanto à minha "vidração", "vidração", hummmm... nem te digo...lol...aliás, já te disse, uns posts atrás.
    Beijos, muitos.
    A nossa Pickles mais velha anda às voltas com o mestrado. Nem te passa como anda num estado de nervos, menina. A mais nova, 'tá na maior :) Diz ela que "arquitectura é que rula!!"
    Haja paciência para as aturar, digo-te.

    Saudades daqui para aí, Mãezona, muitassssssssss!!!!

    ResponderEliminar
  14. Querida Fatyly

    É bom nunca perdermos a nossa ternura natural... mal vão os que a perdem quantas vezes por razões tão fúteis...

    Adorei!!!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. . aceito sim .

    . aceito como sempre aceitei e aceitarei sempre .

    . porque os teus gestos são ampla.mente genuínos .

    . na dimensão do tempo .

    . beijinhos .

    ResponderEliminar
  16. Cris
    tive que rir à gargalhada...ora bem...e aguenta essa vibração porque o cara é bom dimais:)
    A rapariga vai vencer o mestrado e lá estamos nós "sufocados" pelos nervos deles...e os nossos? e pelos que já passámos? calma miúda:) Ora bem...a mais nova na maior LOLLLLLL sei o que é isso:)
    E quando elas voarem vais sentir a falta desses "momentos de falta de pachorra" mas depois virá a dose dupla, tripla: netos:)))))

    Vicktor
    Sm dúvida meu amigo e os meus gestos sempre foram dos mais simples e naturais e expontâneos e nada de presentinhso XPTO:)
    Ainda bem que adoraste:)

    Paulo.intemporal
    rapazzzzz fico feliz e acredita que sempre foram e serão genuínos:)

    Beijocas e um bom serão

    ResponderEliminar