sábado, 25 de abril de 2009

Ainda hoje faço do MEU SONHO UM GRITO

25 de Abril...SEMPRE, SEMPRE, SEMPRE...

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Parabéns a Telma Monteiro



que se sagrou campeã europeia de Judo em 57 kg ao vencer a final dos europeus que decorrem em Tiblissi, na Geórgia.

sábado, 18 de abril de 2009

No meu Baú

encontrei dois poemas lindíssimos, de um poeta que conheci pessoalmente mas apenas fixei o seu nick da altura e que nunca mais soube nem li nada dele.
Escrevia lindamente e a sua "autoria versus assinatura" era bem peculiar...




















A Surra das Sandálias

É espantoso e impressionante como
Aquela menina tão pequenina
Arrasta facilmente tão grande saca.
Tão cheia, tão gorda, tão amarela,
Que já não parece ser aquela
Que ao estendal serviu fortuna.
Parece a nova dimensão dos sonhos
Que invadem de energia quem os cria e
Paralisam quem deles escarnece e desmerece.

Nunca param. Jamais se cansam.
Uma puxa porque acredita,
Outra segue porque é vassala,
E fazem o som que jamais se cala.

O da saca arrastada é a melodia,
O ritmo é das sandálias de Maria
E a euforia emerge do feronoma
E da energia dos sonhos que um dia
Viram o sol no estendal do quintal
Pela mão da poesia pendurados.

E rua após rua,
Esquina após esquina,
Rendidos à pequenina
Finalmente acordados,
Aos sonhos dá-mos razão
E à razão dá-mos sonho.
Enfim, vive-se
A arte chegou à vida.

E Eu ali pasmado assistira
Ao Tudo a ser transformado
Pela Luz que naquele dia
Pintara as ruas por onde Maria
Arrastara a saca da magia,
Surrando as sandálias.

Estendi os olhos e 'inda vi
A mão puxar a saca no canto.
A Infanta dobrara entretanto
Mais uma esquina da vida.
Partira d'onde Eu ficara,
Já sem lágrimas e cobarde,
Colado ao desencanto
E ao canto do Eu Nada.

Ainda oiço a música,
O balanço, a melodia.
É o eco do sonho da vida,
Da insatisfação incontida.

Partiu-me o sonho na saca
E com ele os pincéis e as tintas.
Os amigos e as pedras da rua
Também. Ficou-me ninguém.
E foi no discurso do silêncio
Que Eu ouvi:
Por hoje chega,
Entro na saca e
Durmo aqui.
EuNada_RetalhosMil, 2003-03-13.
Esta é a letra de dizer nada.
Do nada que ora é o mais que nada dizer,
Rebento se nada digo.
Rebento se digo nada.
Dizer nada diz tudo.
Eu nada retalhos mil.

e este foi um comentário que deixou num poema, mas não me recordo de quem:

A Dimensão de Dois Braços
Deixo-te aqui um abraço...
Podia ser outra coisa, mas...!
...afinal um abraço bem recebido,
Tem a dimensão em altura de
Uma araucária e em largura de
Um estádio de futebol cheio de
Amor.
EuNada_RetalhosMil, 2004-05-21

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Duas notícias que me fizeram rir...

ÁRVORE COM 5 CM RETIRADA DE PULMÃO HUMANO









Moscovo, 15 Abril - Um pequeno pinheiro com cerca de 5,1 cm de altura foi removido cirurgicamente de um pulmão de um paciente numa operação inédita e que deixou os cirurgiões incrédulos.
Os médicos haviam diagnosticado um cancro a Artyom Sidorkin, de 28 anos, quando este começou a tossir sangue e a queixar-se de dores insuportáveis no peito.
Mas, quando iniciaram a cirurgia para extrair o tumor, os médicos depararam-se com uma pequena árvore, em perfeito estado, a crescer no pulmão do paciente.
“Tive que piscar os olhos três vezes, achava que estava a ter uma miragem”, afirmou o cirurgião Vladimir Kamashev do Hospital Izhevsk na Rússia.
Os médicos acreditam que Artyom inalou uma pequena semente que germinou no seu pulmão e que as dores que o paciente sentia eras resultado das folhas em forma de agulha do pinheiro a espetarem no tecido.
"Era muito doloroso. Mas, para ser sincero, não sentia nenhum corpo estranho dentro de mim", explicou o doente.

Quando ouvi a notícia tive que rir juntamente com o cirurgião que mostrando imagens, descrevia o "insólito". O jovem já está bem e a trabalhar, mas há com cada uma...


O Cão D'água Português da família Obama vai se chamar Bo











O jornal afirma que as meninas decidiram chamar o cachorro de Bo porque seus primos têm um gato com o mesmo nome, e porque seu avô materno, já falecido, tinha o apelido de Didley, como Bo Didley, falecido cantor de rock americano.

Não sabia o significado de "Bo" e pela ordem de ideias, a avó seria Bó...que coincidência e logo a minha neta sempre me chamou Bó.
Estou junto da família Obama

domingo, 12 de abril de 2009

Ser diferente e humano* é












abraçarmos quem se abeira de nós, independentemente da raça, sexo e idade!

* aceitei a opinião da maria arvore e tem razão, o que agradeço!

Opinião ainda mais abrangente de Lizard King
Infelizmente ser diferente e humano...é isso mesmo ser diferente, a minoria, é ter garras para desafiar o normativo, para seguir ideias, ideais e linhas directivas tão simples como "usar diariamente" o "se faz favor e obrigado" com desconhecidos...ser diferente e humano é ter capacidade de tresmalhar o rebanho e estar tão bem em companhia própria, como em alheia...

sábado, 11 de abril de 2009

11 de Abril de 1998











Faz hoje 11 anos que partiste e sinto muito a tua falta, pelo pai e homem que foste.
Não há dia que não me lembre de ti, das nossas conversas, dos teus conselhos, uma mais valia na minha forma de estar e encarar a vida!
Não eras nada lamechas nem de "honrarias" e com o meu maior sorriso de que tanto gostavas, deixo aqui a tua flor preferida com uma frase que sempre me ouviste dizer: amo-te Pai!

sábado, 4 de abril de 2009

Parabéns minha filha











Hoje é o teu dia e foste o meu horizonte de esperança num cenário tão negro, sofrido e destruído!

Obrigado pelas minhas netas!


SIRVAM-SE

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Parabéns minha filha
















Apesar de a casa estar mais vazia, não me sinto só, apenas balanço-me no tempo olhando o jardim que plantei.

Hoje é o teu dia, vou almoçar contigo e ver como cresceu a "vida que tens dentro de ti".

Como o tempo passa meu amor!


SIRVAM-SE