segunda-feira, 9 de maio de 2011

Giro da Itália - faleceu Wouter Weylandt (belga) dorsal 108

Giro em choque














Ciclista da Leopard-Trek (Luxemburgo) caiu no Passo del Bocco, durante a 3ª etapa, e não resistiu aos ferimentos. Bruno Pires, colega do belga, arrasado tal como toda a equipa.

Wouter Weyland faleceu esta tarde na sequência de uma queda na 3ª etapa da Volta a Itália.

O belga de 26 anos caiu no Passo del Bocco e desde logo perdeu a consciência. Os paramédicos tentaram fazer a reanimação do atleta no local e durante a evacuação de helicóptero realizada para o hospital mais próximo, mas sem resultados.

“Hoje, o nosso colega e amigo Wouter Weylandt morreu após uma queda. A equipa está em estado de choque e triste. Mandamos todos os nossos pensamentos e as mais profundas condolências à família e amigos do Wouter. É um dia difícil para o ciclismo e para a nossa equipa, devemos todos procurar apoio naqueles que nos são mais próximos”, explicou o director da equipa luxemburguesa, Brian Nygaard.

O Eurosport tentou contactar Bruno Pires, colega de Weylandt na equipa que a Leopard levou ao Giro, mas o ciclista remeteu para mais tarde uma reacção por não se encontrar em condições de falar sobre o sucedido.

Como consequência do sucedido a organização do Giro cancelou a cerimónia do pódio no final da etapa. Por agora não se sabe se a Leopard vai retirar a equipa da prova.

Weylandt era profissional desde 2004 e chegou à alta roda do ciclismo pela mão da Quickstep, onde durante vários anos foi um dos lançadores de Tom Boonen. Ficam para a histórias duas vitórias em grandes Voltas: 17ª etapa da Vuelta em 2008 e 3ª etapa do Giro em 2010, que por ironia do destino viria um ano depois terminar precocemente a sua carreira que este ano tinha renascido no projecto luxemburguês dos irmãos Schleck.
Eurosport - Gonçalo Moreira

Era o 9º da geral e prometia! Vi em directo e nem imaginam o cenário. Pobre jovem e que descanse em paz!

12 comentários:

  1. Vi as imagens na televisão e obviamente fiquei chocado. Que Deus o tenha em paz.

    ResponderEliminar
  2. Nao vi a simagens ma screio serem de arrepiar devido À velocidade a que vinha e ao impacto no solo. Arrepiante esta morte
    kis :=(

    ResponderEliminar
  3. Constantino, Guardador de Vacas

    Também estava a ver e pelas imagens e pelas palavras do comentador e nosso ex-ciclista Paulo Martins, conhecedor das situações, disse logo que era grave.
    No aparato da queda e logo com a paragem do carro que deixaram a porta aberta, os três que vinham atrás não se espetaram por uma nesga.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Avogi
    Sim foram chocantes e disseram que teve uma avaria mecânica no pedal direito, embateu no paredão de cimento ou terra do seu lado direito e estatelou-se no asfalto. Coitado do moço e ninguém foge ao destino.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. É triste, muito triste. Morrer a fazer algo que se gosta muito...

    Que descanse em paz.

    ResponderEliminar
  6. Hugo de Macedo
    Subscrevo e não há palavras!

    Um abraço

    ResponderEliminar