sexta-feira, 9 de novembro de 2012

PARABÉNS MINHA NETA

PELO TEU SÉTIMO ANIVERSÁRIO.



















Hoje fui tomar o pequeno almoço contigo e com a mana e logo à noite apagarás as sete velas com os papás, avó e a bibó. Os tios e primos não podem porque a varicela ainda não fugiu.

Que sejas muito feliz...meu amor!


29 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigado amigo e aquele abraço sincero e verdadeiro:)

      Eliminar
  2. Olá

    Parabéns a neta e que o resto do dia seja feliz:)

    beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga e aquele abraço sincero e verdadeiro:)

      Eliminar
  3. Parabéns para a jovem.
    E votos de muita pachorra. É que aturar uma avó como tu ... é dose.
    :)

    Beijinhos para ela e aquele abraço para ti.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amigo e hoje que andei com elas por aqui que sou mais conhecida que eu sei lá, metiam-se com elas e diziam isso mesmo e elas em coro nãoooooooo esta a avó é um doce. Coitadas não têm mais nenhuma nem nenhum para servir de comparação lolll

      Aquele abraço sincero e verdadeiro

      Eliminar
  4. Muitos parabéns para ela e todos da família:)
    Divirtam-se hoje:)
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada amiga e diverti-me imenso na escola com elas e com mais três que também não tinham nenhum dos avós e meu Deus como estão crescidos, um deles, o mais irrequieto da turma que me apelidou de avó dread...muitos abraços me deu e estás a ver eu com cinco em cima? Pois foi:)
      Cheguei à pouco e agora vou dormir porque estou derreada é que os netos estouram heheheheheh

      Aquele abraço sincero e verdadeiro

      Eliminar
  5. Os parabéns para a tua neta. Que a vida lhe sorria sempre e que Deus jamais cesse de iluminar o caminho dela.

    Os parabéns também para avó babada pela neta que hoje faz anos. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amigo e acredita que Deus está sempre connosco e quando ela há dois anos esteve bem mal que mais duas horas não haveria nada a fazer...eu, acreditando no que acredito... conversei (não sei rezar o tradicional) e barafustei com Ele, depois de adormecer a mais velha, dei uns pontapés num pufe e Ele ouviu-me:):):)

      Sou 4 vezes babada, mas estou super rebentada porque hoje foi o dia inteiro com elas e tenho pena de não ter forma de mostrar as pedras pintadas que me ofereceram como prenda dos avós e os desenhos que fizeram durante a tarde. Estão já super crescidas e portaram-se lindamente:)

      Aquele abraço sincero e verdadeiro

      Eliminar
    2. Quem crê em Deus jamais estará só. :)

      Sabes, eu temo um pouco (um pouco, como quem diz...) pelo futuro dos putos dos dias de hoje, não sei o que é que será da vida deles daqui a um bom par de anos, pois se nós que ainda somos jovens (trintões) e já estamos como estamos, como é que será quando for a vez deles de "assumir as rédeas"? Isto cada vez mais parece uma roleta russa e o melhor que temos a fazer é mesmo depositar o futuro nas mãos de Deus. Afinal de contas, nós tudo podemos perder nesta vida... mas a esperança e a fé são sempre as únicas coisas que teimam em permanecer connosco. Quem crê em Cristo crê que Ele nos garante o cêntuplo ainda nesta vida e que podemos já viver amostras do Paraíso. Ele prometeu-nos tudo.

      Como é que uma mulher forte como tu pode estar super rebentada? Estás-te a chamar velha? O que ontem não terminaste, termina hoje. E se queres que eu te diga, chegar a velho hoje em dia é cada vez mais um privilégio, com tanto jovem por aí a perder a sua vida de forma tão estúpida... Pudera eu chegar à tua idade e ainda respirar saúde e ter motivos para sorrir apesar de todas as inconstâncias e incoerências no caminhar do nosso dia-a-dia.

      Beijinhos e bom fim-de-semana.

      Eliminar
    3. Este sim, é o FireHead que gosto de ler.
      Aliás, o nosso Amigo até é um tipo porreiro.
      Estou a falar a sério. É o que penso, logo digo.

      Abraço a ambos.

      Eliminar
    4. Fire
      Fui catequista durante 7 anos numa época em que se ensinam coisas absurdas e rituais aparvalhados. Começava sempre com 20 garotos, ensinava o que os manuais diziam mas contrariei muita coisa que faltar à missa não é pecado, porque ou se vai de vontade ou contrariado e para sair a dizer mal de A e B era preferível não ir e sobretudo não estar atento etc. Incutia sempre o espírito de família, amizade, respeito por todos os que não acreditavam e solidariedade. Tudo sem fanatismos! Todas as semanas cada um trazia "apenas o que podia" nem que fosse 5 feijões, ao contrário de alguns que traziam kgs - feijão, arroz, leite, farinha de mandioca e de milho etc. etc. No final do mês lá iamos dar aos pais de dois por vezes três do grupo mais necessitados e entregues nas suas casas e ou cubatas.
      Como se pode obrigar uma criança a seguir tudo à risca sem se dar asas à sua imaginação crescer, amadurecer e voar? Eu ensinei muitas vezes em jardins ou a dar a volta ao quarteirão, que Jesus tinha sido criança como eles e que se tornou como qualquer um...mas despegado de bens materiais e em defesa de bem morais e espirituais, com defeitos e qualidades e com isso os garotos fugiam dos outros catequistas e eu terminava o ano com cento e tal miúdos. A Igreja do meu bairro era uma das mais simples de Luanda e eu e muitos dávamos catequese no quintal debaixo de algumas árvores de fruto ainda dos meus pais devido ao calor. Os livros tinham figuras lindas, os de hoje são pavorosas.
      Nem imaginas a abertura e cumplicidade que tive com eles.
      Fui tantas vezes ao Bispo de então, discuti/questionei tantas coisas que nunca soube a razão porque não fui corrida.
      Contei isto para te dizer que ainda hoje sou tal!
      Não te preocupes amigo, já o meu avô materno me dizia o que dizes "que temia pelo futuro daquela garotada e da nossa claro"! O futuro a Deus pertence e ninguém sabe e o que fizeres cá será cá que pagarás com juros.
      Não preciso de ir à missa para falar com Deus, falo com Ele à beira mar ou até a conduzir, porque todos aqueles rituais e homilias que 90% não percebe nada e em igrejas com uma "riqueza assustadora" mete-me impressão quando Jesus foi tão simples, e sempre o vi em TODOS os que são fracos, marginalizados e perseguidos!
      És trintão mas Fire eu sou velha SIM, jamais IDOSA (detesto esta palavra) e com os netos esqueço a idade e nada de tvs, mas sim conversar (falamos muito da crise e do poupar, tal como falei com as minhas filhas), saltar, jogar à bola, por vezes saí uma palmada, saltar o muro para ir buscar a bola etc,etc. e ensinar a fazer os brinquedos do meu tempo onde tudo era reciclado!

      Já perdi tudo na vida por 3 vezes, lutei e venci e sempre vivi em crise, mas não de valores morais! Nada e nem ninguém me tira A ESPERANÇA, O SORRISO E A VONTADE DE LUTAR e incentivar os outros para que não caiam na malha da depressão e dos "vendedores milagreiros da banha da cobra que proliferam em períodos de crise".

      Se Deus quiser irás chegar a velho e depois verás que afinal perdeste energia no que de facto não valia a pena LOL! e escreve o que te digo sem tomares isto como uma lição de Moral o que odeio, mas uma experiência de vida.

      Um beijo em cada bochecha e vou dormir:):):)

      Eliminar
    5. Observador
      É sim senhora...mas todos nós temos defeitos e qualidades e como tal a minha liberdade termina quando começa a de outro.

      Gostei!

      Um abraço amigo

      Eliminar
    6. Fatyly,

      Eu sabia que não posso entrar em discussões teológicas e de defesa da Igreja Católica porque estou certo que não nos iríamos entender quanto a isso. Não sei se conheces a minha faceta fundamentalista católica e intolerante perante outros sistemas idolátricos, mas vou supor que sim que é para não aprofundarmos tanto no cerne da questão.

      Próprio Jesus Cristo foi fundamentalista e intolerante - o que contraria a visão romântica e cor-de-rosa que muita gente tem dEle, em regra gente que não conhece nada ou pouco do Cristianismo (e que nunca terá lido sequer a Bíblia) -, pois Ele foi claro quando disse que quem não está com Ele, está contra Ele, e que quem não cresse no Evangelho será condenado. Como disse certa vez um padre italiano que tivemos aqui em Alverca, Cristo não foi um "fofo". Até porque as profecias têm de se cumprir, e estão a ser cumpridas, e muita gente que acredita que anda a fazer bem está na verdade a fazer o mal e será condenada sem acreditar nisso - porque a vontade de Deus é para ser feita e tem que ser aceite, pois não nos compete discuti-la ou rejeitá-la: é sim ou sopas. E no Cristianismo crer significa obedecer, daí a existência dos mandamentos. Jesus Cristo foi meigo e ajudou os outros mas também nunca teve problemas em ser rude (como quando expulsou os vendilhões do templo) ou em condenar quem teve que ser condenado (Ele chamava os fariseus de raça de víboras, que iriam para o fogo eterno). Ele foi radical e fanático ao ponto de nunca ter tirado uma só vírgula naquilo que veio trazer e defender. Foi anti-relativista e anti-ecuménico, pois sendo Deus, não era Ele que tinha de ser salvo, mas sim os homens - e para isso têm que O aceitar do jeito que Ele quer e não como as pessoas O querem aceitar.

      Não ir à missa é pecado porque a missa é a renovação do calvário de Cristo; foi Ele próprio que disse aos discípulos para o fazerem em memória dEle, partindo a fracção do pão no primeiro dia de cada semana em comunhão com os fiéis. Em relação à suposta riqueza, a Igreja é a maior instituição caritativa do mundo, com inúmeras instituições de caridade, orfanatos, escolas, etc. espalhados por todo o planeta, dando ajuda a inúmeras pessoas que nem sequer são católicas e que não têm quem mais a quem recorrer. Em muitos países pobres de África ou da Ásia, e eu posso confirmar isso porque estive em países como a Malásia ou a Tailândia, a Igreja é frequentemente a única instituição que dá a cara pelos oprimidos e marginalizados. Em relação à beleza das igrejas, das catedrais, etc., é tudo uma ordem de Deus, pois como próprio Cristo disse, haverá sempre pobres no meio de nós e mesmo que tu dês todo o teu dinheiro para a caridade a pobreza não acabará jamais... ao invés, os templos são locais de culto e são para Ele destinados, logo têm que ser feitos com o melhor material que houver, até porque tudo o que há na Terra é parte da criação. Do mesmo modo que Moisés preparou o tabernáculo mais perfeito que podia para albergar Deus, ou o facto de Nossa Senhor ter sido especialmente concebida sem pecado para poder ser a Mãe de Deus. Para Deus toda a honra e glória, logo merece o que de melhor as mãos do homem conseguem fazer. As igrejas são casas de Deus, logo não são casas quaisquer. Muito menos espeluncas dos pobres.

      Eliminar
    7. Se todos os caminhos servem (para a salvação), para quê teria então Deus vindo à terra? Se Ele que é Deus não agradou a todos, é óbvio que nem todos queiram ser cristãos. Se todos os caminhos servem, cai-se no relativismo e todos se salvam. Se todos se salvam então o homem é o próprio redentor de si mesmo, não precisando de aceitar a Cristo para se salvar. Isso é um atitude gnóstica e a Gnose é a verdadeira religião oculta da História. Já desde os tempos do Génesis, que mais tarde se confirma no livro do Apocalipse, Deus estabeleceu inimizade entre os filhos da Mulher e os filhos da Serpente (Demónio): de um lado a Igreja Católica, fundada por Cristo, de outro lado a Gnose, do Demónio, que inclui todos os sistemas idolátricos que existem porque, se estudares bem todas as restantes "religiões", verás que todas elas têm base gnóstica.

      Mas uma coisa também é certa: Cristo não obrigou ninguém a segui-lO. Caso contrário Ele próprio ter-se ia contradito, pois deu o livre arbítrio ao homem. Não tenho dúvidas que não é Deus que condena, mas sim o próprio homem que se condena ao não aceitar a revelação divina. E o que difere um católico de verdade de um gnóstico (ou descrente, ou ateu, etc.) é o facto de ele ter tudo a ganhar, ao contrário dos outros. Se Cristo mentiu e o Cristianismo é uma treta, no limite estou na mesma situação que os gnósticos e terei sempre um hipótese de pagar pelos meus supostos erros numa outra existência, para me aperfeiçoar. Mas se o Cristianismo realmente for a verdade, são os gnósticos que não terão nenhuma outra chance para se redimirem porque depois da morte virá o juízo.

      E eu pelo menos sei do que falo porque eu também não sabia o que hoje sei e já fui eu próprio um grande gnóstico durante muitos anos da minha vida. Mas tal como o filho pródigo, em boa hora à Casa do Pai retornei. E como disse o Pe. António Vieira, antigamente baptizava-se os convertidos: hoje é preciso converter os baptizados. Fanatismo? Fundamentalismo? Só assim é que se defende a verdade - que não é relativa - e os demais valores absolutos. Como disse muito bem o cardeal Fulton Sheen, se não incensarmos um absoluto verdadeiro, acabamos por incensar um absoluto falso.

      Desculpa lá esta minha catequese... embora nada disso se aprenda hoje em dia na catequese devido ao modernismo instalado. São profecias que se cumprem... já Nossa Senhora e outros santos nos tinham alertado para o que está a acontecer nos dias de hoje...

      Eu pelo menos faço por chegar a velho. Tenho 30 anos e mesmo assim há muita gente que me dá bem menos idade, assim 20 e poucos anos. Já é uma grande vitória. Agora a minha maior preocupação é dar um jeito na minha vida, pois isto não pode continuar assim por muito mais tempo... Este país não tem, infelizmente, futuro nenhum.

      Quando ao facto de eu gastar energia no que tu achas que não vale a pena... como escreveu o poeta, tudo vale a pena se a alma não é pequena. Lá está, são valores e cada qual tem os seus... sem eles, o que é que seria das nossas vidas? ;)

      Beijinhos.

      Eliminar
    8. Observador,

      Porreiro vem de porra. :P

      Eliminar
    9. Gostei, a sério que gostei da tua lição de catequese o que respeito na integra!

      Ainda és tão jovem e acho bem que sigas o teu futuro porque infelizmente Portugal está a negar tudo aos jovens!

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
    10. E eu agradeço por respeitares o meu ponto de vista e não o criticares. Nestas coisas da Fé, eu sou como o Blaise Pascal, que escreveu a "Aposta de Pascal". E termino o pensamento dizendo o seguinte: "para os que não acreditam, nenhuma explicação é possível; para os que acreditam, nenhuma explicação é necessária".

      Beijinhos. :)

      Eliminar
  6. Parabéns para a tua neta, beijinhos grandes com um abraço, que ela seja sempre feliz. outro abraço para ti.
    para a semana faz o mue anjo a Maria :) :)

    ResponderEliminar
  7. Setesois
    Obrigado amigo e ela estava toda contente e também sei que és um tio super babado e que elas adoram-te e sei que irá ter um dia belo e aconchegante como é a tua família:):):)

    Aquele abraço sincero e verdadeiro

    ResponderEliminar
  8. Lá ando eu sempre atrasada.
    Um beijinho à tua neta e que seja muito feliz.
    Um abraço à avó.
    Kao.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não andas nada atrasada há que haver prioridades porque todos temos uma vida fora desta tela:)

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  9. Beijinho muito grande de parabéns (atrasados) à neta e avó babada, espero que tudo tenha corrido conforme planeado!

    Beijinho e boa semana, cara amiga!

    ResponderEliminar
  10. Obrigado amigo e correu tudo lindamente:)

    Beijocas e boa semana

    ResponderEliminar
  11. Parabéns minha amiga desculpa vir atrasada mas tive tanto que fazer! E vim de longe muito longe,
    Parabéns pelas sete velas e para ti, já sabes aquele abraço
    kis .=)

    ResponderEliminar