segunda-feira, 15 de abril de 2013

Política de Interesse

Em Portugal não há ciência de governar nem há ciência de organizar oposição. Falta igualmente a aptidão, e o engenho, e o bom senso, e a moralidade, nestes dois factos que constituem o movimento político das nações.
A ciência de governar é neste país uma habilidade, uma rotina de acaso, diversamente influenciada pela paixão, pela inveja, pela intriga, pela vaidade, pela frivolidade e pelo interesse.
A política é uma arma, em todos os pontos revolta pelas vontades contraditórias; ali dominam as más paixões; ali luta-se pela avidez do ganho ou pelo gozo da vaidade; ali há a postergação dos princípios e o desprezo dos sentimentos; ali há a abdicação de tudo o que o homem tem na alma de nobre, de generoso, de grande, de racional e de justo; em volta daquela arena enxameiam os aventureiros inteligentes, os grandes vaidosos, os especuladores ásperos; há a tristeza e a miséria; dentro há a corrupção, o patrono, o privilégio. A refrega é dura; combate-se, atraiçoa-se, brada-se, foge-se, destrói-se, corrompe-se. Todos os desperdícios, todas as violências, todas as indignidades se entrechocam ali com dor e com raiva.
À escalada sobem todos os homens inteligentes, nervosos, ambiciosos (...) todos querem penetrar na arena, ambiciosos dos espectáculos cortesãos, ávidos de consideração e de dinheiro, insaciáveis dos gozos da vaidade.

Eça de Queiroz, in 'Distrito de Évora (1867)

14 comentários:

  1. Respostas
    1. é mesmo e não aprendem com a história!

      Beijos e obrigado

      Eliminar


  2. A nossa realidade!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente e para nosso mal!

      Beijos e obrigado

      Eliminar
  3. Eu sempre disse que esse Eça de Queiróz era um visionário!!!
    Ou isso ou Portugl já anda mal desde essa altura!!!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente foi um visionário, como agora existem poucos, mas existem e apelidam-nos de quê? de loucos! Portugal sempre andou em crise mas agora e inseridos numa UE esta vai de mal a pior!

      Beijos e obrigado

      Eliminar
  4. Respostas
    1. ó meu amigo o povo mudar? Será que a minha geração soube passar esse testemunho de mudança? Não sei...só sei que quase todos os políticos, e digo quase porque há quem seja realmente bom e que viva para a política e não da política, são irresponsáveis, sem noções básicas de honestidade e acima de tudo estão lá à nossa custa porque no dia em que não conseguirem mais receita fiscal eu quero ver como tudo funcionará. Uma tristeza!

      Beijos e obrigado

      Eliminar
  5. Também sinto o mesmo...e como dizia o meu pai...a história repete-se porque os homens não aprendem nada com os erros!

    Beijos e obrigado

    ResponderEliminar