sábado, 17 de janeiro de 2015

Gosto muito desta arte!

O graffiti intitulado “Rapaz dos Pássaros” que decora a fachada do Auditório José Afonso, em Setúbal, da autoria do artista de nacionalidade portuguesa, Sérgio Odeith, foi eleito pelo movimento internacional “I Support Street Art” como um dos 24 melhores murais do mundo elaborados no passado ano de 2014.




A obra do artista português foi inaugurada em Março de 2014 e é uma reprodução de um registo de Américo Ribeiro, antigo fotógrafo. O graffiti faz agora parte de uma lista constituída pelos melhores murais de 2014 eleitos pelo movimento.

A obra de arte é constituída por uma paleta de cores neutras, com excepção das árvores que dela fazem parte, estas coloridas. O graffiti é uma reprodução "com apontamentos de interpretação artística de uma fotografia com sensivelmente oitenta anos", salientou a Câmara Municipal de Setúbal na altura da inauguração.

A fachada do auditório em Setúbal pode ser avistada a centenas de metros de distância. A criança retratada na pintura de Odeith, que vendia pássaros na cidade de Setúbal, tem hoje cerca de 90 anos, chama-se Vicente Inácio Martins.

A obra de 20 metros de altura “mistura pintura com rolo e de graffiti", segundo o autor. Demorou mais de uma semana a estar pronta. Odeith confessa que o processo de criação parou a meio porque "o Benfica jogava nessa altura".

As obras eleitas pelo “I Support Street Art” demonstram a diversidade de street art que foi criada no ano passado. Entre os nomeados estão obras de todo o mundo, como Estados Unidos, Canadá, Grécia, entre muitos outros.

Do Jornal I

10 comentários:

  1. Interessante, sem dúvida. Com a vantagem de aligeirar o espaço envolvente.
    Beijinho e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Numa semana fazem um trabalho destes...e concordo contigo!

      Bom fim de semana

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  2. Espetacular!
    Há graffitis que são verdadeiras obras de arte!
    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Esse Odeith é afro-português, né? Penso que é o mesmo que "embelezou" o centro de estágios do Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei, sei apenas que nasceu em 1976 na Damaia.

      Sim foi o que uma obra genial no centro de estágios do Benfica no Seixal, julgo eu!

      Beijocas

      Eliminar
  4. É um tipo de arte que, quando de qualidade, me agrada particularmente.
    Na Av. Fontes Pereira de Melo havia graffitis lindíssimos, agora não sei, já há um tempo que não passo por lá.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto imenso de ver. Quanto aos da Av. Fontes Pereira de Melo que eram magníficos não faço a mínima ideia se ainda existem, porque há pelo menos dois anos que não vou para esses lados.

      Beijocas

      Eliminar
    2. Na Fontes Pereira de Melo, lá estão mas ... meio escondidos.

      Eliminar
    3. Obrigado amigo pela informação:)

      Eliminar