domingo, 21 de junho de 2015

Fúria do Açucar - Eu gosto é do Verão



Ao contrário de muitos, com todo este calor...tudo me passa e a alma fica renovada!!!!

24 comentários:

  1. Verão sim mas sem calor em excesso.
    Bom domingo.
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim e é preciso estar atento ao excesso sobretudo na praia. Até hoje sinto-me bem com este calorão e jamais ir à praia nas piores horas e enchentes. Hoje fui, molhei-me imenso e às 10h já estava em casa. Nem te digo à hora que fui para não me chamares maluca, digo apenas que a praia era toda minha e de mais dois casais que andavam por lá:))))))

      Bom domingo

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
    2. Não meu amigo às 6 horas da madrugada:):):):)

      Eliminar
  2. Aqui estamos no inverno. Prefiro o outono sempre!
    beijogrande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois estão! Eu prefiro o Verão, mil vezes o Verão:)

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  3. Esta música é antiguinha e na altura fez furor:)
    Calor, muito, ai amiga sabes como sou.lololol
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É antiga mesmo e o mais engraçado é que agora a canalha miúda anda a cantarolar de novo:):):)
      Sei amiga, és da equipe da minha mãe e irmãs que sei bem como sofrem com este calor. Mas hoje o dia está muito mais fresco, pelo manos por aqui e neste momento estão 15º graus

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  4. Eu acho que esses muitos gostam mais do calor do que do frio, mas mesmo assim não se coíbem de falar mal do calor quando está de facto calor! Afinal de contas, morre-se mais gente por causa do calor do que do frio...

    Já eu sou como tu, tu gostas do calor e eu gosto do frio e isso não muda. Mesmo que esteja mesmo muito frio eu não falo mal do frio, mas falo agora mal do calor porque gosto do frio. E tem feito mesmo imenso calor por aqui que tu não imaginas! Como isto aqui é super húmido, fica abafado! Sem ar condicionado não sobreviveria aqui!

    Beijinhos e boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo contigo e não gosto nada do frio mas adianta falar mal dele? Respeito os gostos de cada um, mas lá está, gosto do calor mas sei bem o que sofri com os ares condicionados quer quentes, quer frios.

      O calor de cá é bem diferente do calor da minha terra. Até hoje sinto-me bem com ele mas por exemplo a minha mãe e irmãs usam ar condicionado e quando vou à minha mãe...assim que chego ela desliga porque começo a espirrar que nem louca:):)

      Boa semana ou o resta dela:):)

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
    2. Então é porque tu deves ser alérgica ao ar condicionado. Em Angola de certeza que faz muito mais calor do que em Portugal, caso contrário a população original de Angola não seria escurinha, hehehe.

      O frio também faz falta, amiga. Aliás, uma das características dos países desenvolvidos é precisamente o facto de fazer frio. Ou melhor, é o facto de ter neve. Isso até está cientificamente e historicamente explicado. Nos países frios as pessoas precisavam de trabalhar mais e produzir. Nos sítios quentes a tendência para se deitar à sombra e bater a sorna sempre é mais alta, daí o subdesenvolvimento de África ou da América Latina, hehehehe.

      Beijinhos.

      Eliminar
    3. Fazendo parte da "população natural de Angola" mas mais branquela que o OMO:) aguentava como aguento cá, as altas temperaturas do Verão mas no inverno tenho frio de lascar. Claro que sim, o frio faz falta e a natureza cumpre os seus ciclos.
      "São raros os trabalhadores no duro", que se deitam à sombra da bananeira, isso não passa de um mito e quantas vezes participei na colheita do algodão, do café e de outras coisas.
      Nunca fui de sestas a seguir ao almoço, porque sim!

      Beijocas


      Eliminar
    4. Sim sou alérgica aos ares condicionados e sei bem o que sofri nos quase quarenta anos de serviço. Como tal aguento muito bem o calor e o frio visto várias camadas de roupa e com isso...tá-se bem amigo:)

      Eliminar
    5. Eu não insinuei nada. Eu sei bem que és de naturalidade angolana e que és branca. Como disseste bem fazes parte da "população natural de Angola" simplesmente porque és natural de Angola, como são também por exemplo dois primos brancos meus que nasceram em Luanda. Mas os "originais", ou os "nativos" ou "autóctones" (embora nem sempre concorde com o significado que dão a esses adjectivos) de Angola são os negros. :)

      Beijinhos.

      Eliminar
    6. Sim meu amigo eu percebi e claro que são!

      Beijocas

      Eliminar
    7. Sim meu amigo eu percebi e claro que são!

      Beijocas

      Eliminar
  5. E eu aqui no gelo das temperaturas abaixo de 2 dígitos, sonhooooo com ele!!!! :S lol :P
    Boa semana e boas leituras!:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cabe a todos...também já passamos a onda do frio e houve dias que aqui onde moro as temperaturas foram abaixo de zero. Agora é este calor maravilhoso:):):)

      Boa semana

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  6. Eu também gosto do Verão.
    mas aqui chegou acompanhado do primeiro tufão do ano :(
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso dos tufões deve ser bem assustador, mas a natureza é quem mais manda.

      Boa semana

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  7. Eu cá sou mais de primaveras e Outonos!
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora de repente ouvi a minha mãe:):) ela também é como tu:):):)

      Beijocas

      Eliminar
  8. Conheço muito bem esta canção. Quem não conhece?! É só passar por alguns locais no pico do Verão e lá está ela. A gritar-nos aos ouvidos. Na rádio é até à exaustão. Eu gosto. Deixa sempre uma pessoa animada. E ó se precisamos de alguma animação nestes dias que correm.

    Calor... Fatyly, sou daquelas pessoas que precisa de algum calor para se sentir feliz. Com certeza que me adapto ao frio, que remédio, mas sendo natural da ilha da Madeira fui habituada a um clima ameno durante o ano inteiro. Recordo-me muito bem de andar de manga curta, ou mesmo sem manga, em pleno inverno quando era miúda. Vivi na Madeira durante alguns anos com os meus avós, avós esses que são madeirenses de gema. Não sei se pode associar de gema a um madeirense, mas agora já está. A ilha da Madeira foi o meu berço, a mão e o braço do meu avô o que o embalou, a mão da minha avó para a cozinha fez com que eu, ainda hoje, não consiga comer comida dita plástica. Coisas que a vida nos dá e que não têm preço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma música alegre e o mais engraçado é que a canalha miúda sabe-a de cor:):):)

      Apesar do frio por vezes toldar-me as ideias:):) aguento sem protestar mas o calor, aí o calor que me anima, que me faz mais leve, que...que...:)

      Tenho amigos(as) do tempo de escola, que vivem na Madeira e estão fartos de me convidar para lá ir mas nunca calhou.

      A descrição que fazes do teu berço é simplesmente bela e recheada de afectos e calor humano. Lindo!!!!

      Beijocas e obrigado

      Eliminar