sexta-feira, 27 de março de 2015

Sempre fui a tua menina dos porquês...Porquê pai?


(foto minha)

Estava um dia lindo, muito sol e uma luminosidade excelente. Olhei para o céu e vi três aviões que seguiam a sua rota deixando estas formas.

Pensei no meu pai e recordei-o aos comandos de um avião. Lembro-me das viagens que fazia com ele e do enorme orgulho que sentia. De seis em seis meses era avaliado exaustivamente com todo o tipo de exames e testes. Alguns acidentes aéreos provocavam em todos nós uma instabilidade emocional. Todos eles com falhas mecânicas!

Pai, o que dirias hoje ao saberes destas tragédias em grande escala apesar de haver muito mais meios tecnológicos do que no teu tempo?

Sabendo como eras sei o que responderias: quando o dinheiro tem mais valor do que a própria vida humana, tudo pode acontecer filha!

Coincidente ou não, no dia seguinte deu-se a tragédia nos Alpes. A conta-gotas vai-se sabendo as causas. A correria ao local das figuras principais de uma ou numa União Europeia completamente desprovida de tudo onde a palavra de ordem é "CORTAR NOS POVOS EM PROL DE MERCADOS SEM ROSTO, DOS BANCOS E OU DOS SEUS PRÓPRIOS UMBIGOS" que levam ao seu desespero e a um corredor aterrador, com imensas faces ou máscaras mas drasticamente corrosivo...DEPRESSÃO.

Depois de casa arrombada trancas na porta. Psicólogos ajudam os familiares das vitímas o que eu acho muito bem.

Mas inquieta-me muito, mas muito, a falta dos mesmos nos hospitais, nas escolas, nos Centros de Saúde de forma a ajudarem a vencer as consequências desta crise que atravessamos.

Pai, estejas onde estiveres, ajuda-me a nunca perder o norte e sobretudo os valores morais e educacionais que recebi de ti. Acredita pai que continuo a ACREDITAR E A SORRIR!

14 comentários:

  1. Respostas
    1. Não faz mal amiga e compreendo. Digo-te apenas que neste emaranhado de notícias fiquei abismada com uma: desde 2000 que os pilotos não fazem testes psiquiátricos. É certo que no actual mundo laboral a pressão é dantesca onde vale tudo e sobretudo a mão de obra barata.
      Não consigo perdoar ao jovem co-piloto porque poderia fazê-lo sozinho e não arrastar 149 pessoas com ele...mas por outro lado respeito profundamente o "túnel da depressão" com mil formas, com mil rostos e que muitas vezes escapa até aos mais próximos.

      O meu pai tinha razão e a prova está à vista!

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  2. E os psi que há nos serviços publicos têm tantos utentes que não conseguem dar uma resposta consequente.
    E há qualquer coisa perniciosa, silenciosa, que é transversal a todas as classes sociais, áreas grograficas, escalões etários. Uma falta de esperança, um cinzento opaco que se instala.
    Voar continua a ser um meio de transporte seguro! A sociedade actual é que não é "segura" por tão instavel e inxconsequente.
    Não sei a solucao.
    Sei que precisamos de esperança!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que continua a ser o meio de transporte mais seguro e preferia andar de avião do que de carro, mas a precariedade, a desesperança, a luta diária para manter o emprego e até a sua busca, as pressões de mandantes e a brutal carga de cortes + impostos...provocam o que dizes.

      Até os grandes países como a Alemanha - a dona disto tudo - levou com esta dose e metem-me nojo todos que se apresentam com as condolências que cheiram a falso, a hipocrisia, a mofo que só à bofetada! Chiça!

      Precisamos de esperança sim e temos a obrigação de a transmitir e esbater o cinzentismo.

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  3. Foste a menina dos porquês? Porquê?
    Beijocas e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre fui e sou e porquê amigo? Porque preciso de entender bem as coisas, as ideias, o que está por detrás de tudo que acontece:)

      Beijocas e bom fim de semana extensíveis aos teus!

      Obrigado

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Perguntava sim e ainda pergunto:):):)

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  5. E o Pai, onde quer que esteja, sorri por ver que a sua menina - para os pais os filhos não têm idade :) - continua às voltas com os "porquês", só que estamos a atravessar uma fase em que a explicação dos ditos se torna praticamente impossível, tal o espanto perante as diversas calamidades que afligem a Humanidade.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade tudo o que dizes, mas faço sempre por tentar entender e o porquê de tudo que nos apoquenta. Com o tempo essa dúvidas vão-se dissipando num exercício difícil mas não impossível.

      A minha neta mais velha nisso é igual a mim e por vezes é uma sequência de porquês:) e tenho resposta para todos:):):)

      Beijocas e obrigado

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  6. Parece que o homem era um convertido ao islão e os média estão a fazer, uma vez mais, de tudo para escamotear isso que é para não chocar as pessoas, principalmente a dignidade dos muçulmanos, pois muitos foram já os casos recentes de atrocidades envolvendo muçulmanos ou convertidos.

    Beijinhos e bom domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei mas muitas vezes o que parece não o é, sei apenas que padecia desse terrível túnel de horrores-depressão.

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  7. A minha menina dos porquês (Catarina) já faz hoje 17 anos.
    Passou tão rápido!!
    Beijocas, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parabéns para ela e hoje ela terá a noção desses porquês:) Hoje também faz anos o meu irmão e cúmplice porque de todos sempre fomos uma dupla de peso hehehehe.


      Beijos para a tua princesa e para vós pais. Boa semana

      Eliminar