sábado, 6 de janeiro de 2018

Apregoam para o uso das tecnologias e quando as mesmas são surdas e mudas????

Sou eu que pago tudo do que a minha mãe precisa e estou sempre atenta à sua conta na Caixa Geral de Depósitos onde recebe a sua reforma e a pensão do meu pai.

Informei-me das taxas e taxinhas impostas pelos novos gestores e a minha mãe está isenta dos 5 euros trimestrais cobrados "para manutenção da conta".

Eis que em Dezembro foi-lhe retirado 18 euros como "anuidade"! CAIXA-DIRECTA? em Manutenção! Telefonar? toca, toca e ninguém atende.

Fui ao banco e sinceramente fico incomodada com o que os funcionários, que sem culpa alguma, ouvem de muitos clientes que por vezes roçam uma tremenda falta de respeito e educação. Perguntei a que se referia o tal débito e antes disse que preferia falar com o ou os "gestores daquilo tudo", uma vez que a minha mãe estava isenta. Levava a papelada dos preçários e depois de muitas folhas aparece a tal anuidade sem qualquer explicação.

Fiquei boquiaberta com a informação: Os 18 euros são cobrados anualmente a quem não faz compras anuais no valor de 600 euros. Como? Sim...pagamentos, farmácia, água, luz, vestuário etc. mas os levantamentos não contam!
Mas a Caixa sabe perfeitamente que a minha mãe está num lar e todos os meses é feita a transferência para pagamento do mesmo. Então a culpa é do cartão multibanco? Ficou entupido e agradeci mas que isto vai ser devolvido ai vai, vai, porque 18 euros é um rombo na "grande reforma" que aufere e para mim é algo enganador...não tiram de uma forma tiram de outra.

Falo disto porque muitos podem não saber e ou nem darem por isso. É assim que ganham milhões roubando tostões? Pois é!!!!

Agora percebo porque é que muitos velhotes voltaram aos velhos "Vales de Correio" e acabaram com as contas.

Também recebe um pequeno apoio da ADSE para o Lar. Tudo tem corrido pelo melhor e sem qualquer imprevisto. Mando o original do recibo do lar em carta registada com aviso de recepção. Quando recebem por exemplo o de Janeiro é logo desbloqueado e creditado na sua conta o de Dezembro.

É outra coisa que controlo e verifico na ADSE-DIRECTA. Está já em pagamento o de Dezembro e esqueceram-se o de Novembro, que está lá mas "paradinho da costa". Abro o documento e está tudo em ordem e não vejo a razão para tal situação.

Já mandei três e-mails ou pedidos de esclarecimento directos e até agora nenhuma resposta, Outros tantos para o "geral" e nada de resposta.

Terá vindo por carta? Nada recebi (por aqui não têm havido problemas com a entrega de cartas) e telefonar fora de questão porque toca, toca e ninguém atende.

O funcionalismo no seu melhor...embora não avalie tudo e todos pela mesma bitola!

Pobre dos velhos de quem não tem quem olhe pela sua conta, deveres e comparticipações a que têm direito.

Neste país são mesmo "descartáveis"!!!!

Já não digo o mesmo no que toca ao Hospital Fernando da Fonseca (Amadora Sintra). A sua consulta externa foi adiada por duas vezes pela greve e na terceira mandei e-mail e pedi ao Lar para mandar também porque a minha mãe estava muito constipada e febril. Isto em Novembro e pedi/pedimos para remarcarem para Janeiro. Dois dias depois tive/tivemos resposta que a mesma seria a 5 de Janeiro de 2018. Recebi igualmente a carta a confirmar.
Fui ontem à consulta, foi muito bem atendida apesar do tempo que esperámos e está tudo bem! A
eles o meu maior OBRIGADO!

8 comentários:

  1. Eh lá, Fatyly, até fiquei cansada e não é nada comigo. Bolas, bolas e mais bolas, não lhe gabo a paciência. Isso deve dar cabo dos nervos de uma pessoa.

    Já tentou falar com alguém mais acima, não os funcionário que estão ao balcão da Caixa, mas algum superior hierárquico. Pode ser que funcione...

    Desejo-lhe sorte, não é pêra doce.

    Beijinho para si e outro para a sua mãe :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que me dá cabo dos nervos e o apregoar dos "mandantes" que usem as tecnologias e que está lá tudo etc e tal. Por vezes e quem está a trabalhar nas porras directas é isto. Talvez ainda estejam a digerir alguma rabana ou bolo rei:)))

      Irei falar sim no balcão onde está filiada a sua conta, mas vou aguardar as reclamações que já fiz. Caso nada digam irão aguentar comigo.

      Não é fácil Maria e penso tanto naqueles que estão completamente sós, que não se deslocam...arrastam-se e saem ainda mais confusos do que estavam.

      Agora estou a carregar baterias para a sua outra consulta de oftalmologia que será dia 15 mas na Reboleira. Até lá o TIR está encostado noutras paragens:)))

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  2. Na caixa fazem sempre isso, à tua mãe, à minha, até a mim!
    Ainda bem que a tua mãe está afinadinha:)
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha mãe esteve sempre isenta e esta taxa de 18 euros só entrou em vigor a Janeiro de 2017 e como não fez compras no total que refiro...venha de lá o dinheirinho.

      Roubalheira!!!!

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  3. São as vantagens da banca pública. Agora temos de pagar os "empréstimos" aos Berardos e aos Sócrates desta vida. Temos de pagar as reformas das dúzias de administradores que PS e PSD lá foram colocando ao longo dos anos. Temos de pagar as dividas perdoadas às empresas em cumprimento da função social do banco do Estado sempre reclamada pelos sindicados.

    E que ninguém me diga que a banca privada é a mesma coisa. Tenho conta num banco privado e não pago um cêntimo de comissões. Nunca paguei. No dia em que me cobrarem é o dia que mudo de banco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subscrevo inteiramente e o meu privado no em que cobrar mudo de banco.

      Beijocas e obrigado

      Eliminar
  4. Se soubesse as discussões que tenho tido com um Banco aqui!!
    Fdp são ladrões encartados.
    Não me calo, não me vergam!
    Beijos, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mal é haver poucas reclamações porque muitos não dão por isso. No caso da minha velhota vamos a ver no que dá e não mudo de banco porque teria de ir com ela para assinar e coitada já está muito em baixo. Nem lhe falei no assunto.

      Beijocas e obrigado

      Eliminar