quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Primeiro foi Cavaco agora é Passos Coelho?

Primeiro-ministro português diz ter pouco dinheiro para comer bacalhau


Lisboa - O primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho (PSD), queixou-se, durante visita, segunda-feira, ao Salão Internacional do Setor Alimentar e Bebidas, em Lisboa, do preço do bacalhau, um dos produtos-base da alimentação nacional.

Passos Coelho disse ser "pouco abonado", ou seja, pessoa com pouco dinheiro. Durante uma prova de bacalhau, o primeiro-ministro, citado pela rádio TSF, afirmou que o bacalhau é cada vez mais um produto para "pessoas abonadas".

Na ocasião, disse também esperar que as exportações portuguesas cheguem a 52% do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2020.

PORTUGAL DIGITAL - 17/02/2014

16 comentários:

  1. Só me deu para dar uma valente gargalhada ao ler isto:)
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu amiga e na volta não gosta como eu, mas tem que comer e desculpa-se que não tem dinheiro para o dito bacalhau. É uma afronta a quem já não tem nada!

      Eliminar
  2. Tadinho... pouco abonado e cara de pau! Quem sabe seja apenas uma peça para marketing do bacalhau português? Assim os endinheirados de fora do país procurarão pelo produto. :)
    Beijus,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual amiga e todo ele, o nosso 1º ministro é "marketing" mas do pior que já vi. Longe vão os tempos que o bacalhau era o comer dos mais pobres, hoje muito mais caro mas dizer o que ele disse...é gozar com quem já não tem nada para comer.

      Eliminar
  3. Os políticos não são especialmente bem pagos. O problema é outro. É utilizarem os cargos que ocupam como "trampolim" para outros voos. Esses sim pagos principescamente. Não me choca que um ministro aufira 3000 euros. Revolta-me é que enquanto lá está "crie todas as condições" para quando sair ir ganhar 30000 para uma empresa que tutelou ou com a qual manteve negócios...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo amigo...sem tirar nem pôr...e 99,9% deles fazem isso e mais...quando chegam à justiça têm todos os defensores e mais alguns e o povo é que se lixa.

      Eliminar
  4. Pouco abonado??!!
    A língua portuguesa é muito traiçoeira!!! :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fizeste-me rir amigo, já que "abonado" é tendencioso para a malandragem...e um 1º ao aplicar essa palavra é...olha deixa p'ra lá...temos é de pensar em fazer um peditório para lhe dar um bacalhau...na cabeça de preferência:)

      Eliminar
  5. Abonado?? Isso tem a ver com dinheiro mesmo? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó meu amigo ele como é imensamente educado...claro...tem a ver com dinheiro:)

      Eliminar
    2. Ah, pensei que se referia a outra coisa. É que aquilo e o bacalhau não têm muito a ver. :)

      Eliminar
    3. Malandro:)))) e se ele tivesse referido "a essa outra coisa" jamais eu falaria dela porque seria dar valor a algo que não me interessa nem me diz respeito!

      Eliminar
  6. Estes gajos, para além de serem uns ordinários e embusteiros, são extremamente insultuosos para com o povo! Nojentos! Nauseabundos!!

    ResponderEliminar
  7. Se calhar é necessário a malta se "ajuntar", fazer uma vaquinha, comprar um dicionário ao senhor Primeiro Ministro, só naquela de perceber o que significa abonado. Depois de perceber que é abonado já pode comprar todo o bacalhau que desejar. Se for bom coração até o distribui pelos pobrezinhos. Os senhores abonados dizem "pobrezinhos".

    ResponderEliminar