sábado, 30 de novembro de 2019

Procedimentos...




Dizes mal de tudo
dos políticos, da sociedade,
dos familiares, dos amigos
dos vizinhos
de quem não conheces
dos animais, da natureza
até do que não percebes!
Chega! Basta!
Já é demais
deixa de ser besta!
Faz tu melhor
o que apontas aos outros
Faz tu melhor
no espaço que ocupas
Faz tu melhor
sem mágoas e lamentos
Faz tu melhor
dando exemplos!
Pega na pá com o coração
amanha a terra do teu ser
ao teu jeito e então verás
que tudo na vida
tem a sua razão de ser
que ninguém é perfeito
que a tua imperfeição
é maior, bem maior
do que daqueles
que queres ver
no chão!
e Eu? sim eu...
imperfeita como sou
sempre fiz
da areia da praia
a minha cama
do mar calmo ou bravio
o meu lençol
iluminei o meu caminho
com o brilho do sol
nas noites escuras
peço à lua um carinho
nunca pisei ninguém
no meu caminho
mas...
com dó olho para ti
porque sei e tu sabes
se continuares assim
tão convencido
mas perdido
que existe ali
na estrada da vida
a mesma tabuleta
igual para todos, sim
com a palavra FIM!

Fatyly (2006)

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Dia Internacional dos Direitos das Crianças

Origem da Data

A origem do Dia Internacional dos Direitos da Criança é bastante clara e significativa: foi a 20 de novembro de 1959 que se proclamou mundialmente a Declaração dos Direitos das Crianças e a 20 de novembro de 1989 que se adotou a Convenção sobre os Direitos da Criança. O objetivo da data é salientar e divulgar os direitos das crianças de todo o mundo.

Em Portugal realizam-se atividades solidárias como é o exemplo do Dia Nacional do Pijama, onde as crianças vão de pijama para a escola, relembrando o direito de todas as crianças a terem um lar, uma família e a proteção da sociedade.

( Perdi link:( )

A meu ver...os dias de... foram criados para apelar à consciencialização para casos gritantes que proliferam como cogumelos por todo o mundo. Ora como eu não tenho uma varinha mágica para transformar o mundo...faço o que posso pelas crianças e não só até onde os meus braços chegam.

Os portugueses são imensamente solidários e quando os sinos tocam a rebate poucos são os que ficam indiferentes, mas infelizmente existem muitos "abutres" que se apoderam dessa solidariedade para fins próprios.

Revolto-me até dizer chega e não sei como acabar com esse lado negro da solidariedade.

Por hoje é tudo!!!!

domingo, 10 de novembro de 2019

"Casados à Primeira Vista", "Árvore dos desejos" e um pedacinho "do mundo da bola"

1- Vou vendo aos bocados o programa "Casados à Primeira Vista" e perco a paciência. Uma equipe de mulheres em que são muito complicadas em termos emocionais. Das duas uma: ou não se desfizeram das cargas do passado ou então estarão ali pelo que ganham e desfrutam em termos de passeios, jantares,  etc, etc. A equipe dos homens são mais comedidos excepto o que saiu porque era imensamente picuinhas. Pensava eu que para se proteger a manteiga bastaria pôr a tampa...mas ao contrário nunca tinha visto. Todos falam em amizade e para tal era preciso irem a um programa? A mim tanto me faz mas em nenhum(a) concorrente vejo a total transparência, paciência e sorriso do "DAVE" na finalidade do programa anterior. O dinheiro que gastam com tudo isto deveriam aplicar no

2- Programa "A Árvore dos desejos" que perco a noção do tempo quando vejo. O Manzarra é excelente e não consigo imaginar o enorme trabalho que estará por detrás da hora e tal de transmissão. Ver os diversos desejos dos garotos fico por vezes tão emocionada e com o tal "dinheiro do acima referido" poderiam dar asas a mais desejos.

3- Num é com adultos a fazerem teatro e noutro é com crianças sempre genuínas e verdadeiras e como metem num chinelo os adultos.

4- Como se não houvesse amanhã a toda a hora e momento falam até à exaustão dos 4 jogadores do FCP sancionados e não vão fazer parte da equipe do próximo jogo por terem andado na borga na véspera de um jogo. Ora como adultos não sabem as regras profissionais que assumiram? Quando ouvi a palavra "recolher obrigatório às 11h" encolhi-me porque fui lá atrás à gaveta que tento não abrir...mas sabendo que são pagos a peso de ouro deveriam era ser "corridos".

Há quem ganhe o ordenado mínimo nacional e muitos até menos, são despedidos por dá cá aquela palha.

Tenho dito!