sexta-feira, 18 de junho de 2021

COISAS MINHAS

 Durante 30 horas o pequeno Noah andou desaparecido e todos os canais falavam do assunto com mil e uma probabilidades do que teria acontecido pondo cenários macabros que ao fazer zeping um tal canal era do piorio. Da Polícia Judiciária nem um pio e digo-vos que mais uma vez tiro o meu chapéu a todos eles porque é um autêntica corrida contra o tempo.

O jornalismo serve para INFORMAR e não para fazer o INVERSO e desliguei a televisão. Só a liguei às 20h - jornal da SIC e a notícia de abertura foi...O pequeno apareceu e foi um autêntico guerreiro deitando por terra tantas "bacoradas" que foram ditas por "especialistas da especialidade" sem nunca dizerem que todas as crianças são diferentes. Passámos do 8 para o 80, embora já tivesse havido casos que digo "pobres crianças que nasceram em berço errado". A investigação sobre o seu desaparecimento continuará a ser feita, mas por favor respeitem o trabalho dos investigadores e eu aguardo o apuramento final.

Não consegui ouvir o telejornal porque choveram telefonemas da minha mãe, irmãos, sobrinhos, filhas genros e netos porque todos sabem do que me aconteceu tinha eu 3 anos contada pelos meus pais e tios ao longo da minha vida e a história é esta:

Os meus pais foram viver para uma casa sem água e luz e foram construindo tudo para que ficasse funcional. A minha irmã mais velha já tinha 3 anos e a minha mãe estava grávida de mim que lhe dei muito que fazer por ter sido gémea (que não vingou) e nasci com 4,950 gr e 58cm. Comecei a andar tarde e mal comecei não parava um segundo e volta e meia fazia coisas impensáveis que não lembrava ao diabo.

Já com 3 anos um dia desapareci e foi a loucura a procura da "menina" e o que mais intrigou foi que o meu amigo Kuanhama (cão pastor alemão) também não estava no quintal,

Em frente à casa havia uma estrada e depois um campo enorme cheio de capim e a 1km ou 2kms havia uma linha férrea onde passava o comboio.

A "pespineta" fugiu através de um buraco na cerca do quintal rodeada de buganvílias de todas as cores, atravessei a estrada e meti-me pelo capim bem mais alto do que eu e sempre a andar com o Kuanhama. Muito calor e tirei a blusinha e segui sempre descalça. Ouviu-se o os apitos do comboio e já perto da linha o Kuanhama agarrou-me pelos calções em forma de balão feitos pela minha mãe e puxou-me para trás sem nunca me largar. Ouve alguém que viu algo a mexer no meio do capim e o meu pai e vizinhos foram  a correr e ainda viram o comboio a passar. Eu que era muito branquinha e loura estava coberta de terra vermelha porque tentava "desgrudar-me" do Kuanhama. Aos vizinhos o cão rosnou sem me largar e só quando viu o meu pai arrastou-me ao encontro dele e largou-me numa de...toma lá a pestinha que eu já fiz a minha parte. 

Não me recordo nada as minhas memórias são mais a partir dos 5 anos que aprontava cada uma que é dose! Deve estar registado no disco rígido cerebral.

Hoje a educação das crianças é feita de tanto nham nham que me incomoda imenso e em vez de brincarem com elas e ainda no berço dão-lhes o telemóvel e afins. Muitos pais e avós substituem jardins/parques por hiper mercados ou então sentadinhos em frente a uma televisão.

A minha filha mais nova por volta dos seus 2/3 anos tinha o fascínio por fósforos que o pai deixava a caixa em qualquer lugar. Ralhava etc etc...e um dia e eu já farta, deixei-a fazer e claro de olho nela, acendeu e queimou levemente um dedinho. Nunca mais o fez. 

Julgar é fácil mas a meu ver é muito mais saudável crescer numa aldeia do que numa grande cidade embora diga que todo o cuidado é pouco para os que são mais atrevidos e desenrascados que por vezes e até em segundos podem fazer asneira.

Nunca por nunca deixei as minhas filhas e ou netas sozinhas quando bem pequenas.

PARA TU QUE TIVESTE A PACHORRA DE LER DESEJO UM BOM FIM DE SEMANA!

sábado, 12 de junho de 2021

TÉNIS - ROLAND GARROS 2021









Tstsipas supera Zverev e estreia-se numa final do Grand Slam

O tenista grego Stefanos Tsitsipas garantiu hoje a estreia na final de Roland Garros, após ultrapassar o alemão Alexander Zverev na primeira meia-final do segundo 'major' da temporada, disputada na 'catedral' da terra batida parisiense.(...)




Djokovic 'verga' Nadal na terra batida de Paris e passa à final

O número um mundial, Novak Djokovic, derrotou hoje nas meias-finais o espanhol Rafael Nadal, 13 vezes campeão de Roland Garros, e garantiu o regresso à final do segundo 'major' da temporada, que venceu em 2016.(...)
DE: SAPO DESPORTO
Vi os dois jogos intervalando com os afazeres da casa. Fiquei com cabeça mais livre de problemas e ou preocupações e foram umas horas geniais. DOMINGO DIA 13 será a final.

JUDO - JORGE FONSECA É CAMPEÃO DO MUNDO

 









O bicampeão mundial de judo Jorge Fonseca disse que o título mundial hoje conquistado em Budapeste veio dissipar as dúvidas daqueles que consideraram ter sido sorte a medalha que conquistou em 2019.

“Na primeira vez em que fui campeão do mundo duvidaram, que foi por sorte, hoje não tem que dizer que foi sorte, foi muito trabalho, muita determinação e foco, e acabei por realizar aquilo”, disse o judoca, em declarações à SportTV.

Jorge Fonseca conquistou hoje a segunda medalha de ouro da sua carreira em Mundiais, e do judo português, ao vencer na final da categoria de -100 kg o sérvio o sérvio Aleksandar Kukolj, por ippon.(...)

DE: SAPO DESPORTO

quinta-feira, 10 de junho de 2021

Anda a sentir falhas acentuadas de memória? António Damásio explica porquê

 








O neurobiologista esteve na Fundação José Neves para explicar a importância dos sentimentos na nossa vida e na saúde mental. E dizer-nos como a consciência é o princípio para a regulação e equilíbrio do nosso corpo

Se depois deste confinamento pandémico começou a ter falta de memória, não é de admirar. Este pode ser um quadro generalizado ao ser humano depois da crise pandémica. Esquecemo-nos dos nomes (até dos colegas), dos sítios, do que deveríamos fazer… A que se deve? Ao “retiro do treino individual”, na opinião do neurobiologista António Damásio, que esteve à conversa com José Neves no evento anual da Fundação.

“A falta de treino acarreta falta de memória”, porque o nosso cérebro “precisa de uma reativação constante para que se mantenha no nosso mundo”, explica o neurobiologista atualmente a viver em Los Angeles, Estados Unidos. “Há coisas que as pessoas só agora se vão aperceber”, avisa, alegando ainda que “há toda uma série de fenómenos que terão de ser estudados” decorrentes desta disrupção causada no mundo pela pandemia. “E que podem abrir novos caminhos no campo da Ciência”, projetou o cientista, mostrando-se esperançoso e otimista.

“Sentir, saber e ser” foi o mote da conversa de António Damásio com o próprio José Neves, no quadro de um dos pilares primordiais da FJN, o do desenvolvimento pessoal, para a qual lançou a aplicação 29k FJN. Lamentou-se o modo como as emoções são desvalorizadas pelas sociedades atuais, e “como os sentimentos emocionais” são vistos como “um empecilho” às nossas vidas.(...)

CONTINUAR A LER NA: VISÃO

sexta-feira, 4 de junho de 2021

BOM FIM DE SEMANA

 Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Augusto Cury

terça-feira, 1 de junho de 2021

DESABAFO MEU!

1- Ontem a minha mãe fez o tratamento à sua vista e correu tudo bem. Hoje vou de novo com ela que o médico quer a ver e dizer o que se seguirá. 

2- O Lar já abriu as saídas dos utentes com os familiares e amigos para convívio. No sábado iremos juntarmo-nos num lanche com os mesmos de sempre. 

3- O futebol é lindo pá...os marmanjos é que não. Depois de toda a bagunçada adianta " chorar sobre o leite derramado"? 

4- Vamos a caminho de mais um acto eleitoral e ouvir algumas personagens é no mínimo escabroso em vez de falarem "gritam" atacando sempre os adversários. Já sei em quem irei votar e farei greve aos discursos endoidados.

5-  A "Marquise do Ronaldo" é a montra exacta de quem tem dor  de cotovelo e perseguem-no como vespas. Para mim é e será um "não assunto" quando sabemos de obras OPORTUNISTAS feitas após os incêndios de ou em Pedrogão e não só!!!!

6- Agora vou andando para mais um passeio com a minha mãe...ó valha-me Deus como me sabia tão bem ficar em casa após o dia de ontem, mas lá terá que ser!

7- Fiquem bem e a todos um BOM DIA DA CRIANÇA.

quinta-feira, 20 de maio de 2021

Portugal com prata e dois recordes no quarto dia dos Europeus de natação adaptada

 









Ao quarto dia de competição, Portugal segue com duas medalhas, a de prata conquistada hoje, e uma de bronze, conseguida por Renata Pinto nos 100 metros bruços SB9.

Ler mais no SAPO DESPORTO 

sexta-feira, 14 de maio de 2021

BOM FIM DE SEMANA





Telefonaram agora mesmo para agendar a vacina COVID para segunda-feira às 9h onde devo estar dez minutos antes.👍🙏

sexta-feira, 7 de maio de 2021

BOM FIM DE SEMANA

5. Em todos os jardins, Sophia de Mello Breyner

Em todos os jardins hei-de florir,
Em todos beberei a lua cheia,
Quando enfim no meu fim eu possuir
Todas as praias onde o mar ondeia.

Um dia serei eu o mar e a areia,
A tudo quanto existe me hei-de unir,
E o meu sangue arrasta em cada veia
Esse abraço que um dia se há-de abrir.

Então receberei no meu desejo
Todo o fogo que habita na floresta
Conhecido por mim como num beijo.

Então serei o ritmo das paisagens,
A secreta abundância dessa festa
Que eu via prometida nas imagens.

 

domingo, 25 de abril de 2021

Maria José Morgado defende tribunais especializados e sentenças negociadas








Em entrevista à TSF e ao JN, a procuradora-geral jubilada argumentou que “não há na magistratura judicial a especialização necessária em sede de julgamento” e apontou que “o juiz que recebe os processos de criminalidade económica e financeira é o mesmo que julga roubos e homicídios, e terá de fazer um esforço imenso de adaptação e assimilação do tipo de prova específica, tendo de aprender isso do nada”.

Continuar a ler aqui no SAPO24

 

sábado, 17 de abril de 2021

JUDO - EUROPEUS 2021 EM LISBOA

 Europeus de Judo: Telma Monteiro sagra-se campeã da Europa em casa e o bronze a João Crisóstomo
















DE:SAPODESPORTO

quinta-feira, 15 de abril de 2021

Pintainho do cuco após o sucesso do golpe (ciclo de vida do cuco).




Na minha terra havia imensos Cucos e recordo que em ninhos mais baixos o seu ovo era retirado e posto num ninho vazio tudo porque "É uma espécie parasita, o que significa que, em vez de construir um ninho, deposita os seus ovos nos ninhos de outras aves"

sexta-feira, 9 de abril de 2021

CANSADA, MAS...

 









Serei sempre diferente neste areal escaldante e cinzento!












Sinto uma leve aragem
galopando sem destino
o que me dá coragem
a seguir o meu caminho!

domingo, 4 de abril de 2021

ANIVERSÁRIO

 









PARABÉNS MINHA FILHA POR MAIS UM ANIVERSÁRIO E QUE CONTES MUITOS, CONTINUANDO A SER A FILHA, MÃE E MULHER DE GARRA. AMO-TE MUITO!

quinta-feira, 1 de abril de 2021

ANIVERSÁRIO

 









PARABÉNS MINHA FILHA POR MAIS UM ANIVERSÁRIO E QUE CONTES MUITOS, CONTINUANDO A SER A FILHA, MÃE E MULHER DE GARRA.

AMO-TE MUITO E JÁ NÃO NOS VEMOS DESDE SETEMBRO DO ANO PASSADO.

sexta-feira, 19 de março de 2021

Quim Barreiros - Hino D'Amizade





POR TER GOSTADO MUITO, DEDICO A TODOS OS MEUS AMIGOS E AMIGAS DE CORAÇÃO ESTE EXCELENTE HINO BEM PORTUGUÊS!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

PEQUENOS AZARES DA MINHA VIDA

 


Hoje arranjei tudo o que a minha mãe precisava para ir ao lar entregar. Mas o Hoje passou para Amanhã porque com tudo no carro o "gajo" resolveu não ter bateria. Apelei logo ao mecânico que veio artilhado com os cabos e levou-o porque realmente tem de levar uma nova. 

Agora já estou menos zangada porque mais vale isto do que outra coisa bem pior!


segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

TÉNIS: Open da Austrália: Novak Djokovic vence em Melbourne e conquista 18.º ‘major‘

 








O sérvio Novak Djokovic, número um mundial, conquistou hoje o nono título do Open da Austrália em ténis e o 18.º ‘major’ da carreira, ao derrotar o russo Daniil Medvedev na final em Melbourne Park.

SAPODESPORTO

Foi um grande jogo e pena que Medvedev se tenha desconcentrado.

E assim termina o que mais gosto de ver sobretudo numa altura tão complicada para todos nós.


domingo, 21 de fevereiro de 2021

TÉNIS:NAOMI OSAKA VENCE OPEN DA AUSTRÁLIA

 











A tenista japonesa derrotou na final de Melbourne a norte-americana Jennifer Brady, 24.ª do ranking mundial, por 6-4 e 6-3.

 

É o quarto Grand Slam para Osaka, terceira da tabela WTA, depois do US Open em 2018 e 2020 e do Open da Austrália de 2019.

 

A nipónica leva 21 encontros consecutivos a vencer.


DE: A BOLA

sábado, 20 de fevereiro de 2021

BOM FIM DE SEMANA

 1- Está um temporal tremendo. Espreito pela janela e apesar dos avisos vejo que a rua está quase deserta. 

2- Nas próximas horas, nesta zona, na zona de Lisboa e Setúbal poderá ocorrer inundações.

3- Ontem podaram as árvores da minha rua e o pouco lixo que ficou hoje serve de tampão às sargetas e como não sou de ficar quieta já fui apanhar e meti no lixo e assim a água escoa como deve ser.

4- Molhada para não dizer encharcada vou tomar um duche quente e sair daqui porque volta e meia a luz vai abaixo, etc e tal

5- Fiquem em paz e sobretudo em segurança.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

TÈNIS: Open da Austrália: Tsitsipas impõe-se a Nadal e segue para as meias-finais









(...)Depois de ceder as duas primeiras partidas, o jovem helénico, de 22 anos e sexto colocado no ‘ranking’ ATP, conseguiu dar a volta ao encontro e impor-se ao esquerdino de Manacor, de 34 anos, em cinco renhidos ‘sets’, com os parciais de 3-6, 2-6, 7-6 (7-4), 6-4 e 7-5, em quatro horas e cinco minutos.

DE: SAPODESPORTO

Foi um grande jogo e gostei muito da postura deste jovem sereno/sem tiques alguns e com uma postura genial e jogou fabulosamente bem. 

Mafalda Veiga - Pássaros do Sul

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

TÉNIS: Open da Austrália de 2021 arranca a 8 de fevereiro e termina a 21 de Fevereiro

 








Com todas as medidas de segurança devido à pandemia e o público reduzido a metade.

Ontem já vi um grande encontro e vou continuar a ver um desporto que gosto muito!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Permitir-se a estar triste é essencial para a saúde mental: as explicações de duas psicólogas

No nosso dia a dia, temos por hábito hiper-valorizar tudo aquilo que consideramos bom e positivo, queremos sempre que as pessoas à nossa volta estejam bem, satisfeitas e felizes. E sim, é inquestionável que todos gostamos de nos sentir bem.






No entanto, saúde mental não significa sentirmo-nos bem o tempo todo. É importante estarmos bem e expressarmos que estamos bem, mas apenas quando genuinamente o sentimos. Aquilo que nos preocupa é que, por vezes, para passarmos a imagem de que estamos bem, passamos uma boa parte do tempo a colocar ‘máscaras’ a tudo aquilo  que sentimos, como forma de encobrir o que está menos bem.

Quando colocamos essas ‘máscaras’ exercemos uma grande força de bloqueio a muitas das nossas emoções, nomeadamente, à tristeza. No fundo, não nos permitimos a estar tristes e isto acontece porque fomos ouvindo demasiadas vezes ao longo do nosso crescimento “não chores”, “não fiques triste” e fomos interiorizando que é assim que deve ser, que estar triste não ajuda em circunstância alguma. E, de repente, podemos considerar que de facto não ajuda, no entanto, estar triste é permitirmo-nos a respeitar o ritmo do nosso corpo, a metabolizar as experiências e as emoções que vamos vivendo, dando-lhes um significado.

A grande questão no meio disto tudo, é que é momento em que não nos permitimos a estar tristes que nos distanciamos de nós próprios e abrimos espaço ao adoecer psicológico. Ou seja, como não metabolizamos a tristeza em tempo real, mais tarde, em fim de linha, acabamos por adoecer. Podemos dizer que é também à custa de muitas tristezas que consecutivamente fomos guardando para dentro de nós que, mais tarde, se geram os quadros depressivos, por exemplo.

Neste seguimento, é essencial, termos consciência que todos nós vivenciamos um sem fim de emoções que se, em tempo real, não formos capazes de as identificar, expressar e gerir, vão ficando a pairar dentro de nós, tornamo-nos incapazes de pensar sobre elas e de fazer uma equação de síntese daquilo que nos estão a transmitir, assim, vão se acumulando umas sobre as outras, e criando uma espécie de ruído de fundo, que vai contaminando o nosso dia-a-dia.

Por isso, o essencial é permitirmo-nos a estar tristes nos momentos certo, permitirmo-nos a fragilizarmo-nos, a chorar e a procurar um colo que seja capaz de suportar a nossa dor.

No fundo, se pensarmos bem, todos sabemos que é impossível conseguimos estar sempre de bem com a vida e felizes o tempo todo. Por isso, só seremos plenamente felizes, se aceitarmos, integrarmos e dermos significado a tudo o que se vai passando dentro de nós e na relação com os outros e isso também implica momentos de recolher interno e de tristeza. Só assim, aceitando tudo o que vivenciamos, nos respeitamos a nós próprios e criamos um espaço de encontro com a felicidade e o bem-estar pessoal. Por isso, não nos esqueçamos, por muito estranho que possa parecer, só quando nos permitimos a estar tristes nos momentos certos, abrimos espaço ao bem-estar, á felicidade e à saúde metal.

SAPO: Um artigo das psicólogas Cátia Lopo e Sara Almeida, da Escola do Sentir.

terça-feira, 26 de janeiro de 2021

ANIVERSÁRIO EM TEMPOS TÃO CONTURBADOS


 







Hoje é um dos dias que mais gosto do ano, mas não me posso juntar aos meus como manda o figurino. Já passei por muitas situações igualmente ou ainda piores e o que importa é não perder a esperança que melhores dias virão.

Obrigado a todos que me têm aturado😍

sábado, 16 de janeiro de 2021

DESABAFOS MEUS NESTE MUNDO TÃO ESQUISITO

 1-  A  campanha eleitoral não passa mais do mesmo...ideias? Resoluções? Esperança? ZEROOOOOOOOOO e nem falo no Trump à portuguesa.

2- As coisas no lar da minha mãe continuam a correr bem. Ordem, higiene, poucas visitas, já constam na lista da DGS para a vacinação e a minha mãe já se pronunciou que quando ocorrer quer ser a primeira. Recebo relatórios semanais que também reencaminho para os meus irmãos. O que mais me espantou é que ela já não votava há anos e anos e juntou-se ao grupo que disse que sim. A urna irá até lá e está toda contente. 

3- A minha neta mais velha e restantes colegas estiveram em isolamento profilático por ter surgido um ou dois casos positivos na turma.

4- Não teve qualquer sintoma exceto erupção cutânea nos dedos dos pés e em dois dedos das mãos. Foi às urgências do Hospital  com a mãe. Foi bem atendida, viram-lhe o corpo todo e não havia mais nenhuma lesão embora a médica "em estado de chega para-lá" sem aquele dever médico de acalmar. Vieram outros dois médicos esses sim com modos e muito calmos disseram que tudo indicava que eram "frieiras-dedo COVID" (leiam ou pesquisem) e que passaria em semanas mas tinha que fazer o teste e aguardar em casa pelo resultado. Assim foi e deu NEGATIVO. Quando telefonaram à minha filha disseram para continuar a fazer o tratamento que os colegas tinham recomendado ao que ela respondeu que não receitaram nada mas que iria à consulta de dermatologia que tinha marcado. Foi e a dermatologista já conhecida delas explicou o que tinha a explicar sem alarmes e receitou pomadas para cinco dias e depois apenas e tão só qualquer creme gordo/hidratante, Sem pressas fazer análises a tudo porque as últimas que fez foi há uns quatro anos. Para descanso irá fazer o teste serológico para saber se o COVID entrou e fugiu mas ficando com anticorpos, porque estes sintomas têm aparecido em crianças e jovens devido ao frio seco que se instalou em Portugal. Não dói, nem dá comichão mas noutros pode dar! Pode ir à escola já na próxima terça-feira, porque não contagiará ninguém mas tomar todas as regras sanitárias que são impostas. Outra coisa...não usar luvas nem meias altamente quentes que podem provocar mais alergias. 

5- Hoje está quase a 100%

6- Tu que leste este meu longo texto desejo tudo de bom!